sábado, 9 de julho de 2011

Presas de MT confeccionam roupas de frio para filhos que vivem nas celas

Detentas da Penitenciária Feminina Ana Maria do Couto May, em Cuiabá, aproveitam os retalhos de tecidos da fábrica de uniformes, que funciona no interior da unidade e onde algumas delas trabalham, para confeccionar roupas de frio para proteger seus filhos. A iniciativa, conforme a assessoria da Secretaria de Justiça e Direitos Humanos do Estado (Sedjuh), partiu das próprias reeducandas.
Alguns dos agasalhos, não por mera coincidência, são semelhantes aos uniformes usados pelas mães na unidade prisional. Além da fábrica de uniformes, as reeducandas também trabalham em uma oficina de costura e na confecção de bolsas e fabricação de salgados. Também dispõem de um salão de beleza. Hoje, 44 crianças vivem no interior da unidade na companhia das mães. A permanência delas nas celas, entretanto, é "inconcebível" na avaliação do promotor da Infância e Adolescência, José Antônio Borges. Ele pediu ao governo do estado a construção imediata de um espaço com estrutura necessária para abrigar os filhos das detentas, com exceção dos bebês com menos de seis meses, conforme assegurado na Constituição Federal. Para o promotor, a situação é grave, pois os filhos das reeducandas nascidos recentemente são obrigados a conviver com as crianças de até três anos, que vivem no local. "É preciso de um abrigo que ofereça assistência psicológico e social", defendeu, ao argumentar que é preciso deixar algumas crianças com os respectivos parentes e que apenas visitem as mães. O secretário de Justiça e Direitos Humanos do Estado, Paulo Lessa, alegou que há um projeto em andamento para a instalação de um berçário para abrigar os filhos das reeducandas. Segundo ele, a obra está em processo de licitação. FONTE: G1

Estudo associa estilo de vida pouco saudável à impotência

Manter um estilo de vida pouco saudável, que envolve excesso de peso, sedentarismo, consumo elevado de álcool, tabaco e drogas, está associado à impotência masculina, de acordo com um estudo do centro de estudos Statens Serum Institut, na Dinamarca.
Pesquisadores liderados pelo professor Morten Frisch, utilizou dados de uma pesquisa com 5.552 homens e mulheres dinamarqueses com idades entre 16 e 97 anos, em 2005, para estudar a associação de fatores de estilo de vida com a inatividade e disfunção sexual. Os resultados indicaram que características pouco saudáveis se associaram ao maior risco de não ter uma vida sexual com o parceiro em até 78% dos homens e 91% em mulheres. Entre aqueles que tinham um parceiro sexual, o risco de sofrer de impotência foi maior nos homens que levam uma vida pouco saudável - 71% naqueles com circunferência da cintura e mais de 800% entre aqueles que usaram drogas pesadas. Mulheres que usaram haxixe tinham quase 3 vezes mais risco de sofrer de anorgasmia (dificuldade ou incapacidade de atingir o orgasmo durante a atividade sexual com um parceiro) em comparação as não-usuárias. - Saber sobre possíveis consequências negativas de um estilo de vida para a saúde sexual pode ajudar as pessoas a pararem de fumar, consumirem menos álcool, exercitarem-se mais e perder peso. FONTE:R7

Tratamento contra a hepatite C fica mais longo

O Ministério da Saúde vai atualizar o protocolo de tratamento de pacientes com hepatite C. Entre as novidades está a permissão ao médico de prolongar para até 72 semanas a terapia dos doentes que apresentam resposta lenta à medicação - cerca de 40% dos pacientes em tratamento.
Pela diretriz atual, o paciente é tratado até completar 48 semanas e, caso não esteja com a carga viral indetectável nessa fase, tem de pedir autorização para o Comitê Estadual de Hepatites Virais para conseguir a continuidade do tratamento. Os casos são analisados individualmente e precisam ser justificados. Outra novidade da portaria é que, em alguns casos específicos, a biópsia de fígado deixará de ser critério para que o doente possa ter acesso ao tratamento. Ela não será mais exigida para os pacientes com o tipo 2 e 3 da doença e também para aqueles com cirrose e sintomas bem estabelecidos. Hoje, o paciente do SUS (Sistema Único de Saúde) pode demorar até um ano para conseguir fazer o procedimento. Outro item abordado no documento será a inclusão de pacientes com os genótipos 2 e 3 da hepatite C no tratamento com interferon peguilado - droga mais moderna e com melhores resultados, que é usada atualmente apenas nos pacientes com o subtipo 1 do vírus, o mais comum. Hoje, esses pacientes recebem a droga convencional. FONTE: AGÊNCIA ESTADO

Passagens de ônibus podem ser remarcadas depois da data da viagem

Se você, como tantos brasileiros, consegue ter uma pausa no meio do ano e comprou com antecedência sua passagem de ônibus, fique de olho caso a viagem tenha que ser adiada: é determinado por lei que você possa trocar o bilhete - mesmo um ano depois de ter comprado.
Em vigor desde 2009, a legislação a respeito determina que as passagens de ônibus não utilizadas podem ser remarcadas para uso posterior. Entretanto, por conta do desconhecimento dos consumidores, muitas companhias rodoviárias ainda não cumprem a regra. De olho no descumprimento da nova medida, o Ministério Público Federal está investigando as empresas contraventoras e fazendo uma campanha para divulgar os novos direitos dos passageiros. Como esclarece o procurador da República Edilson Vitorelli, o prazo para a remarcação passou a ser de um ano após a data da emissão da passagem. - O passageiro que desistir ou, por algum motivo, ficar impedido de viajar, não precisa ir correndo até a rodoviária para devolver seu bilhete. Pela nova lei, ele terá o prazo de um ano para remarcar essa passagem. Entre as artimanhas que as empresas usam para descumprir a lei, há até a invenção de regras que não têm nenhum embasamento legal, como prazos de devolução que variam de três a 12 horas da antecedência da viagem, sob pena de perder o valor da passagem, ou a cobrança, totalmente indevida, de multas em caso de devolução. - Essa prática é completamente ilegal. O que está acontecendo é que as pessoas ainda não sabem que não perderão mais o valor investido na compra de passagens que não puderem ser utilizadas. Hoje, se a empresa se apropria desse valor, o consumidor deve procurar a Agência Nacional de Transportes Terrestres para registrar a ocorrência. A ANTT é obrigada a fiscalizar e exigir o cumprimento da lei. Pela lei, o consumidor também pode exigir o reembolso do valor integral da passagem até o momento do embarque. O procurador quer fazer com que a lei seja divulgada, para que “as pessoas não mais sejam enganadas e possam exercer e cobrar seus direitos da forma devida". Em Governador Valadares, o Ministério Público Federal expediu recomendação à empresa que administra uma rodoviária para que os passageiros sejam corretamente informados sobre seus direitos. O Ministério Público recomendou à empresa a afixação imediata de um banner, com dimensão mínima de um metro quadrado, no saguão principal da rodoviária, além de cartazes nos guichês de venda de passagens e nos terminais de embarque e desembarque informando os passageiros sobre as novas regras. FONTE: R7

Comissão da Câmara aprova pena maior para crimes cometidos por políticos

A CCJ (Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania) da Câmara aprovou um projeto de lei que aumenta em 1/3 a pena para agentes políticos que cometerem crimes relacionados ao exercício da função. A proposta agora segue para análise em plenário.
São considerados agentes políticos os chefes do Poder Executivo (presidente da República, governadores e prefeitos), integrantes dos poderes Judiciário e Legislativo, dos tribunais de contas e do Ministério Público, além de chefes de missões diplomáticas de caráter permanente. O objetivo da proposta é ampliar o rigor ético no exercício de funções públicas na administração direta e indireta, cujos titulares tenham poder de autorização de despesas. Atualmente, o Código Penal já prevê o aumento de 1/3 da pena para ocupantes de cargo em comissão ou para aqueles que exerçam função de direção ou de assessoramento em órgão da administração direta, em sociedade de economia mista, em empresa pública ou em fundação instituída pelo Poder Público. Segundo o texto aprovado, a pena será aumentada também quando o agente do crime for dirigente de autarquia ou de demais entidades da administração indireta, inclusive suas subsidiárias. Para o relator do projeto, deputado Brizola Neto (PDT-RJ), a proposta já deveria vigorar no país. - É absurdo que os ocupantes dos cargos mais altos da administração, que deveriam ter o maior cuidado no trato com a coisa pública, não tenham suas penas agravadas do mesmo modo que seus subordinados. FONTE: AGÊNCIA CÂMARA

Ex-miss Honduras é detida por suspeita de lavagem de dinheiro

A ex-Miss Honduras Bélgica Nataly Suárez González foi detida na última quarta-feira (6) em El Zamorano (a cerca de 30 km de Tegucigalpa, capital do país) com cerca de R$ 73 mil (33 mil euros) na bolsa. A polícia suspeita de envolvimento em esquema de lavagem de dinheiro.
Bélgica disse que o dinheiro foi recebido como pagamento feito por trabalhos de modelo realizados na Europa. O passaporte dela foi retido e, de acordo com a polícia, há registros de 19 viagens feitas só nos últimos meses, para o Reino Unido, a Espanha, a Rússia e a França. O dinheiro foi encontrado na carteira da modelo e em um estojo de jóias - ela ainda carregava na bolsa um colar de ouro branco e joias avaliadas em R$ 17 mil (US$ 11 mil). A polícia investiga agora a origem do dinheiro. Com ela foi preso o motorista nicaragüense Santiago José Jarquín Rivera. Os dois viajavam para o sul, rumo à Nicarágua, em um SUV (utilitário esportivo) Land Rover (com placas da Nicarágua) e foram presos perto da fronteira, segundo o jornal hondurenho La Tribuna. O veículo, por sua vez, está registrado em nome de Néstor Andrés Plasencia Torres – filho de um empresário do setor do tabaco, disse o porta-voz da polícia, Juan López Róchez. Bélgica Suárez representou Honduras em 2009 no concurso de Miss Universo realizado nas Bahamas. FONTE: R7

Cantor argentino é assassinado na Guatemala

O cantor argentino Facundo Cabral foi assassinado a tiros neste sábado (9) na capital da Guatemala, informou o agente do artista. Ele havia se apresentado na cidade durante a semana e os motivos do crime permanecem um mistério.
Cabral, de 74 anos, estava a caminho do aeroporto internacional La Aurora, onde iria pegar um voo para a Nicarágua, quando seu carro foi atacado a tiros por um grupo de desconhecidos. O artista foi baleado várias vezes e morreu na hora, no mesmo dia do aniversário da Independência da Argentina. Segundo o agente do cantor, David Llanos, declarou à imprensa no local do crime, os motivos do assassinato são um mistério. - Facundo é um homem conhecido em todo o mundo e acho que ninguém teria interesse em matá-lo. O presidente de Guatemala, Álvaro Colom, se declarou “consternado” com o crime, segundo um texto da secretaria de Comunicação Social da Presidência. A Guatemala tem uma das maiores taxas de homicídios da América Latina. Em média, são 18 mortes por dia, e a insegurança é o maior problema de seus habitantes. Cabral nasceu em 22 de maio de 1937 na cidade argentina de La Plata, ao sul de Buenos Aires, e, além de cantor, era conhecido por suas composições e produções musicais. Suas canções foram gravadas em vários idiomas e ele chegou a cantar junto de artistas como o americano Neil Diamond, o espanhol Julio Iglesias e o mexicano Pedro Vargas. Facundo Cabral era conhecido por um estilo que misturava ironia e reflexões sobre a vida, o amor e paz. FONTE: AFP

Jovem mutante é atropelado por trem e sobrevive

Se você ainda tinha alguma dúvida de que existem super-heróis na vida real, sua incredulidade acaba agora. Christian Latshaw, um garoto de 17 anos, sobreviveu a um grave acidente - por sorte e por conta de suas “habilidades especiais”.
O garoto de Iowa, nos Estados Unidos, passou a noite do último domingo (3) bebendo em um festival de música de sua cidade. Logo depois, saiu pela cidade e achou um “cantinho” para dormir. Acontece que Christian escolheu tirar uma soneca em cima dos trilhos de um trem. Os maquinistas avistaram algo na linha e tentaram parar, mas só conseguiram depois que os primeiros vagões passaram por cima do menino. De acordo com o site MSNBC, ele foi levado ao hospital com apenas alguns cortes na cabeça e machucados nas coxas. O garoto será acusado por ter causado riscos para a companhia de trens. É isso que você ganha por ter superpoderes? Um processo? Depois o menino se revolta, passa para o lado do Magneto e ninguém sabe o motivo. FONTE: ESQUISITICES

Justiça Eleitoral confirma eleições de 2012 para 7 e 28 de outubro

O primeiro turno das eleições municipais do ano que vem será realizado no dia 7 de outubro, e o segundo ocorrerá em 28 de outubro.
As datas foram publicadas nesta sexta-feira (8) pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) no Diário da Justiça Eletrônico. As eleições do ano que vem vão definir a escolha de prefeitos, vice-prefeitos e vereadores em 5.566 municípios. O calendário foi aprovado pela corte em plenário no último dia 28. A convenção dos partidos para a escolha dos candidatos deve ocorrer entre 10 e 30 de junho de 2012. Escolhido, o candidato deve ser registrado até de 5 julho. O calendário do TSE informa, ainda, que as legendas têm até um ano antes do primeiro turno - até 7 de outubro de 2011, portanto - para obter registro no TSE. Essa também é a data limite para filiações. Um dia após o registro do candidato, estará liberada a propaganda eleitoral, como comícios e propaganda gratuita na internet. A propaganda eleitoral gratuita no rádio e na TV começa no dia 21 de agosto e se encerra em 4 de outubro. Nas cidades onde houver necessidade de segundo turno, a propaganda estará liberada no dia 8 de outubro, mas em rádio e TV apenas a partir do dia 13, e se estende até o dia 26. Além disso, o calendário determina que os candidatos devem apresentar a primeira prestação de contas dos recursos recebidos para suas campanhas no dia 6 de agosto. A segunda parcial deve ser feita até 6 de setembro. FONTE: AGÊNCIA ESTADO

Governo precisa dos hackers para blindar sites oficiais

Os hackers, que nas últimas semanas atacaram e derrubaram diversos sites do governo brasileiro, são também a solução para o problema de segurança digital no país. Segundo especialistas consultados pelo R7, o governo deve contar com os hackers para blindar páginas e servidores oficiais e impedir futuros ataques.
Para José Antonio Milagre, advogado especialista em direito digital que estuda cyberguerra há dez anos, incluir o hacker na máquina pública “é a única solução” para desenvolver os sistemas de segurança e apurar a autoria das invasões. Segundo Milagre, existem inúmeros hackers éticos e pesquisadores de segurança que estão dispostos a colaborar com o governo. No entanto, eles estão de braços atados “porque não sabem a quem recorrer e [não sabem] se a atitude deles vai ser considerada prepotência”. - É preciso que o governo baixe a guarda e comece a aceitar a contribuição dos hackers, porque eles têm muito a ensinar ao governo em termos de blindagem de segurança. E, em caso de uma violação, [eles sabem] como apurar a autoria, conversando com as principais testemunhas, que são as máquinas. [Eles sabem] como chegar até os autores. A possibilidade de chamar hackers para ajudar na melhoria da segurança virtual já foi mencionada pelo governo. O ministro de Ciência e Tecnologia, Aloizio Mercadante, disse na última segunda-feira que quer chamar os hackers para trabalhar para o ministério, em projetos de transparência de dados e de sites. - Eles são jovens talentosos que mudam a tecnologia o tempo inteiro e que nós temos que dialogar. Para o especialista em Tecnologia da Informação Sandro Melo, que é professor da Faculdade de Tecnologia Bandeirantes (Bandtec), falta capacitação dos profissionais que trabalham com segurança digital. - As pessoas que estão atuando na área, principalmente no governo, conhecem de segurança e conhecem programação, mas não estão focadas em segurança como deveriam. Melo diz que há metodologias e ferramentas para investigar invasões hackers. O que falta, no entanto, são pessoas capacitadas para fazerem isso. - Não adianta ferramental arrojado se as pessoas não entendem como as coisas acontecem. É aí que entram os hackers. Milagre afirma que os hackers estão muito à frente dos investigadores digitais. - O cracker está muitos passos em termos de tecnologia e difusão de conhecimento na frente dos peritos cibernéticos. Segundo Melo, contratá-los é uma medida que “vale a pena e deve ser feita”. Mas ele alerta, no entanto, que, além do conhecimento que esses jovens têm de tecnologia, outros fatores devem ser considerados. - O valor ético é importante. Um jovem desse no governo sem valor ético vai gerar mais problemas. Melo sugere que o governo poderia abrir concursos públicos focados nesses tipos de profissionais. - Isso faz girar a roda. As empresas e cursinhos começarão a olhar essa demanda, que é grande, mas está reprimida e não-oficializada. FONTE: R7