terça-feira, 13 de setembro de 2011

Clientes da TAM perderam milhas após fraude, diz Pro Teste

O sistema de acesso às milhas do programa de fidelidade da companhia aérea TAM teria sido fraudado, o que fez com que alguns clientes perdessem pontos, segundo a Pro Teste (Associação Brasileira de Defesa do Consumidor).


De acordo com a entidade, passagens foram emitidas por desconhecidos. A Pro Teste informa que recebeu diversas denúncias de associados relatando o problema.

A recomendação é para que os cadastrados no programa monitorem as milhagens acumuladas.

Segundo a associação, o problema geralmente aparece ao entrar no site do programa, quando a senha do beneficiário é rejeitada.

"Quem foi lesado percebe que houve troca da senha para acesso ao sistema online", detalha. Para resgatar passagens, seria preciso informar duas senhas que, em caso de extravio, são reenviadas ao e-mail cadastrado no sistema.

A Pro Teste diz que a TAM tem se negado a ressarcir as perdas. "O fornecedor de serviços responde, independentemente da existência de culpa, pela reparação dos danos causados aos consumidores por defeitos relativos à prestação dos serviços", diz a nota.

A orientação da associação para o consumidor que perceber o problema é negociar uma solução com a empresa aérea. "Caso não tenha sucesso, deve recorrer ao Juizado Especial Cível. É importante se documentar com extratos e comprovantes do saque indevido das milhas", diz.

OUTRO LADO - A TAM informou que está apurando as ocorrências relatadas por clientes do programa TAM Fidelidade e diz que adota diversos procedimentos para garantir a segurança das informações de seu programa de fidelização.

"A companhia orienta que seus clientes fiquem atentos aos pedidos de confirmação de dados que recebem por e-mail. Toda e qualquer solicitação do programa TAM Fidelidade é direcionada ao site oficial da TAM ", diz em nota. Fonte: FOLHA.COM

Microsoft apresenta o Windows 8, que troca ícones por 'azulejos'

"Reimaginar o Windows". Foi batendo nesta tecla poética que a Microsoft apresentou nesta terça-feira seu novo sistema operacional, o Windows 8, criado para rodar em tablets, desktops e celulares com telas sensíveis ao toque.


Ainda não há previsão de lançamento, mas a expectativa é chegar às lojas em 2012.

"Começamos a pensar no Windows 8 em junho de 2009, meses antes de mandar às lojas o Windows 7. Naquela época não havia tablets [como hoje]", lembrou Julie Larson-Green, vice-presidente da divisão Windows, no evento em Anaheim, na Califórnia. "Passamos a ouvir o tempo todo que as pessoas queriam tocar a tela."

Qualquer computador com Windows 7 poderá rodar a nova versão, mesmo sem monitores touchscreen, via teclado ou mouse. "Eu garanto, é tão agradável que você vai querer tocar todas as telas daqui pra frente", afirmou Steven Sinofsky, presidente da divisão Windows.


Com um sistema operacional único, o conceito é facilitar o compartilhamento de dados entre aparelhos, todos conectados à nuvem, armazenamento na internet à distância.

Sinofsky e Larson-Green fizeram demonstrações de alguns aplicativos instalados num tablet com processador ARM. Segundo eles, todos os programas serão criados de "forma harmoniosa" e "totalmente imersivos"

O Windows 8 também foi instalado e apresentado num laptop HP (que rodava Windows 7) e a rapidez da inicialização, em menos de 10 segundos, arrancou aplausos da plateia, formada principalmente por desenvolvedores de aplicativos.

"Vocês estão vendo esta tela preta porque o sistema operacional é mais rápido até mesmo do que o monitor", disse um dos diretores da empresa. Fonte: FOLHA.COM