sábado, 14 de maio de 2011

Sexo oral previne rugas e retarda o envelhecimento

O XVIII Congresso de Medicina Estética da América Latina trouxe uma notícia importante no combate as rugas e ao envelhecimento precoce da musculatura facial. A Dra. Mary Jonathan Richmann, PhD em Tonificação Bucomaxilofacial, apresentou seu estudo publicado na Revista Científica MedPress sobre a terapia do sexo oral. A Dra. Richmann realizou estudo com 150 homens e mulheres entre 40 e 50 anos e provou que a prática do sexo oral duas vezes ao dia por um período mínimo de 10 minutos pode tonificar a musculatura bucomaxilofacial evitando os sulcos nasogenianos, que são aquelas marcas de expressão fortes, na proximidade do nariz até o canto da boca, também conhecidos como ‘bigode chinês’. A ‘Terapia do Sexo Oral’ pode ainda alcançar melhores resultados com a não ingestão do líquido seminal, pois quando o mesmo é lançado no rosto da pessoa que o pratica o sêmen passa a ter nova finalidade. A Dra. Richmann concluiu em seus estudos que “a dimensão protéica do sêmen possui excelente propriedade como emulsão facial firmadora, devido ao seu elevado nível de dimetilaminoetanol (DMAE)”. A dica que deixamos para os interessados é que a ingestão do líquido seminal pode reduzir os efeitos da ‘Terapia do Sexo Oral’ e evitar uma economia mensal de até R$300, pois este é o preço que podem alcançar os cremes à base de DMAE. FONTE: TRAMADO POR MULHERES

Diretor do FMI é preso nos EUA acusado de abuso sexual

O diretor-gerente do FMI (Fundo Monetário Internacional), Dominique Strauss-Kahn, foi preso neste sábado em Nova York, sob acusação de abuso sexual. De acordo com informações do "The New York Times", Strauss-Kahn foi detido minutos antes de embarcar para Paris, no aeroporto John F. Kennedy. Possível candidato à Presidência da França contra Nicolas Sarkozy, Strauss-Kahn, foi tirado do avião da Air France por oficiais de Justiça e entregue a investigadores. O francês é acusado de abuso sexual contra uma camareira de um hotel na Times Square, praticado hoje mesmo, segundo as autoridades. FONTE: FOLHA.COM

Plantação quer chinesa virgem e peituda na colheita

Você consegue imaginar uma oportunidade de emprego em uma plantaçãos, apenas para chinesas virgens com seios grandes? Pois é.
A vaga tornou-se o assunto do momento na cidade de Henan, na China, segundo o site Weird Asia News. A plantação de ervas para chá só aceitará mulheres como funcionárias, e elas não podem ter cicatrizes ou machucados pelo corpo. Só isso já é meio estranho. Além do corpo ileso, elas precisam ter seios razoavelmente grandes. Chefe tarado? Eles dizem que não. É preciso carregar, no decote, a cestinha onde vão as ervas já apanhadas. Detalhe: eles vão fazer isso durante a noite. Quem topar a esquisitice será treinada e receberá cerca de R$ 120 por dia (500 yuan). Um porta-voz chamado Li Yong explicou ao site Emerging Asian que não é brincadeira. É uma tradição local, do "chá dos lábios de virgem". As meninas precisam colher com a boca, antes do dia 18 de maio. Sim, você deve estar se perguntando. "Lábios de virgem", certo? Correto. Além de tudo isso, a menina ainda precisa ser virgem. Senão, dá errado. FONTE: R7

Celulares fazem abelhas abandonar colmeia e morrer, diz estudo

Celulares podem estar confundindo e até matando abelhas ao redor do mundo, segundo uma pesquisa realizada por Daniel Favre do Instituto Federal de Tecnologia da Suíça. O estudo foi realizado em 2009, mas só foi publicado agora, em maio de de 2011. Para o experimento, Favre gravou os sons de abelhas expostas a sinais electromagnéticos emitidos por celulares, e observou a produção de sons semelhantes ao que abelhas produzem quando abandonam a colmeia.
Favre expôs a abelha a ondas de celulares por 20 horas. O pesquisador fixou esse período porque, segundo ele, estudos anteriores já mostraram que a exposição prolongada a celulares fez com que abelhas não mais encontrassem o caminho de volta para a colmeia, e deixando-a praticamente vazia entre 5 e 10 dias.
Mas já no período de 20 horas no experimento, as abelhas fizeram sons como se estivessem no processo de abandono da colmeia – quando elas saem para dar lugar a outras abelhas em um ninho “congestionado”.
No entanto, elas permaneceram na colmeia, o que significa que elas estavam confusas ou que outros processos poderiam se iniciar com uma exposição mais prolongada. De acordo com Favre, foi o primeiro estudo envolvendo a gravação de sons de abelhas quando expostas à emissões electromagnéticas de celulares.
Um relatório da Organização das Nações Unidas (ONU) publicado em 2010 revelou uma queda global na população de abelhas. Para a ONU, isso é motivo de preocupação porque entre os 100 produtos agrícolas responsáveis por 90% dos alimentos consumidos mundialmente, 71 são polinizados por abelhas.
Segundo o relatório, o uso de químicos, mudanças climáticas e poluição podem estar ligadas à essa diminuição. Com o novo estudo de Daniel Favre, o uso de celulares também pode entrar a lista de possíveis responsáveis. FONTE: G1

EUA se preparam para mega-alagamento na Louisiana

Autoridades dos Estados Unidos estão se preparando para alagar uma área de mais de 12 mil quilômetros quadrados no sul do Estado da Louisiana para proteger grandes cidades ao longo do rio Mississippi de enchentes. As fortes chuvas das últimas semanas elevaram as águas do rio Mississippi para seu nível mais alto em décadas. Pelo menos 25 mil pessoas devem ter de deixar suas casas na região. A abertura das comportas da represa de Morganza deve ajudar a reduzir a pressão sobre as barragens que protegem as cidades de Baton Rouge e Nova Orleans. As cheias do Mississippi já provocaram enchentes em várias cidades a montante do rio. A Louisiana, próxima à vazante, enfrenta as piores enchentes desde 1927.
Autoridades do Estado disseram na sexta-feira que as comportas seriam abertas num prazo de 24 horas. Segundo o governador da Louisiana, Bobby Jindal, a água será liberada aos poucos. Longa ausência - A abertura das comportas deverá canalizar a água do Mississippi para a bacia do rio Atchafalaya, evitando o alagamento de cidades maiores. Segundo as autoridades locais, se as comportas não fossem abertas, a cidade de Nova Orleans poderia ficar sob até 6 metros de água. As águas devem lentamente escoar até o Golfo do México ao longo de vários dias.
A maior parte da água deve alagar áreas pantanosas, igarapés e remansos de lagos, mas milhares de casas e fazendas na região também estão ameaçadas de alagamento.
'Minha mensagem para nosso povo é que não devem demorar', afirmou o governador Jindal. 'Levem seus pertences valiosos. Pensem para onde vão', disse. Moradores da cidade de Butte La Rose, que está no caminho da água desviada do Mississippi, disseram ter sido avisados para deixar suas casas e se preparar para uma longa ausência.
O governo americano afirmou que indenizará os fazendeiros que tiverem suas plantações destruídas pela cheia. FONTE: BBC

Grupo faz dezenas de reféns e explode agência bancária na Bahia

Um grupo de homens fez pelo menos 40 pessoas de reféns na madrugada deste sábado (14), no município de Sátiro Dias, a 250 km de Salvador, e explodiu uma agência bancária com bananas de dinamite. Os bandidos conseguiram fugir e a polícia local ainda não tem pistas sobre paradeiro.
De acordo com o sargento Jorge França, testemunhas relataram que doze homens encapuzados participaram da ação, mas que há possibilidade de que outros estivessem em retaguarda, nos três carros utilizados pelos bandidos, um Gol, um Doblò e um Eco Sport. Por volta das 11h, ele ainda aguardava o Departamento de Perícia Técnica para verificar a dimensão do estrago e se os bandidos conseguiram roubar o dinheiro. No momento do crime, apenas um plantonista estava na delegacia e dois guardas municipais faziam ronda na cidade. Segundo o sargento, todos os reféns estavam em uma lanchonete na Praça Juracy Magalhães, centro da cidade, quando os assaltantes chegaram e anunciaram o assalto ao banco, os ameaçando com fortes armas. “Eles colocaram as pessoas em fila indiana e fizeram com que se dirigissem à sede do banco”, descreve. Ele explica que o banco fica na Praça Heitor Dias, também no centro, mas a cerca de 300 metros da lanchonete onde estavam as vítimas. Os criminosos usavam armas grosso calibre, conforme conta o sargento, a exemplo de escopeta calibre 12, pistolas calibre 45, fuzis e metralhadoras. O assalto durou de 25 a 30 minutos e os reféns foram liberados logo em seguida. Ninguém ficou ferido. FONTE: G1

Irã adia aplicação de pena de homem condenado a ficar cego

O Irã postergou a cegueira forçada de um homem condenado por ter jogado ácido no rosto de uma mulher em 2004, informou neste sábado a agência de notícias semi-oficial Fars. Um tribunal sentenciou Majid Mohavedi em 2008 por ter tirado a visão de Ameneh Bahrami, ao jogar ácido em seu rosto depois de ela ter rejeitado um pedido de casamento. Sob a lei islâmica vigente no Irã, imposta depois da revolução de 1979, a qesas (retribuição) é permitida em casos nos quais há ocorrência de ferimentos corporais. "A punição de Majid tinha sido agendada para este sábado, em um hospital, mas foi postergada", disse à agência Fars uma autoridade que não quis se identificar. A fonte não deu mais detalhes. Em 2004, Mohavedi jogou ácido no rosto de Bahrami, cegando ambos os olhos a mulher de 24 anos, formada em eletrônica e que se recusou a casar com ele, apesar de várias tentativas por parte da família do agressor. Os parentes são considerados cúmplices do ataque. Bahrami, cujas mãos, pescoço e rosto foram desfigurados pelo ataque, afirmou não querer vingança, mas "impedir que isso ocorresse com outra pessoa." Mahavedi se apresentou à polícia e confessou o crime em 2005. FONTE: REUTERS

Funai não libera índia para ir à ONU criticar Belo Monte

A Funai impediu o afastamento de uma socióloga indígena que iria a um encontro da ONU (Organização das Nações Unidas), no qual criticaria a usina hidrelétrica de Belo Monte, a ser construída no rio Xingu (PA). Azelene Kaingáng, filha de indígenas e funcionária da Funai em Chapecó (PR), falaria, nos dias 17 e 19 deste mês, no 10 Fórum Permanente da ONU sobre Questões Indígenas, em Nova York (EUA). Anual, esse é o principal evento da entidade em relação ao assunto. Azelene foi a todas as edições, com as despesas pagas por organizações não governamentais internacionais. O mesmo aconteceria agora. Apesar de funcionária do órgão federal, no qual atua como auxiliar administrativa, ela nunca representou o governo, mas sim os povos indígenas brasileiros. Em todas as outras vezes, a Funai permitiu seu afastamento da função para a viagem. Dessa vez, não. Se viajasse sem a permissão, ela poderia sofrer um processo administrativo e acabar demitida. Em memorando, o órgão se justificou afirmando que mandará outros dois funcionários ao fórum, e que não é do "interesse da administração pública a participação de outros servidores". Os enviados do governo terão as viagens e diárias pagas com verba pública. Os dois não falarão no lugar de Azelene. Se fosse, ela teria ao menos três espaços para expor sua opinião sobre a mega-usina. No dia 17, falaria na plenária do encontro. Dois dias depois, participaria de dois eventos paralelos. Segundo ela, sua ideia era explicar aos participantes "como o Estado conduziu as consultas públicas feitas ao índios no processo de licenciamento de Belo Monte". Ações judiciais de ONGs e do Ministério Público Federal apontam essa como uma das principais falhas no rito da licença prévia à obra --cujo próximo passo é conseguir a chamada licença de instalação, que permite o início de sua construção. Ela também falaria sobre a recomendação da Comissão Interamericana de Direitos Humanos da OEA (Organização dos Estados Americanos) do mês passado para que o Brasil suspenda o licenciamento da usina. "Eu ia dizer que a medida da OEA não pode ser encarada como uma afronta ao Estado brasileiro", disse. Conforme a Folha revelou, a decisão da comissão irritou a presidente Dilma Rousseff, que ordenou suspender o repasse de verba à entidade previsto para este ano, de US$ 800 mil (equivalente a R$ 1,3 milhão). Para Azelene, sua não liberação é "um absurdo". OUTRO LADO - Procurada, a Funai reafirmou os argumentos usados no memorando mandado para Azelene. De acordo com a assessoria do órgão, "os servidores da Funai que irão participar do encontro falarão sobre questões indígenas e também sobre Belo Monte". FONTE: FOLHA.COM

Técnico da usina de Fukushima morre após perder a consciência

Um trabalhador da usina nuclear de Fukushima, no Japão, morreu neste sábado (14) após perder a consciência enquanto carregava materiais em um edifício da central, informou a agência japonesa Kyodo. A Tokyo Electric Power Company (Tepco), operadora da usina, indicou que não foram encontrados resíduos de substâncias radioativas no corpo do homem, que não apresentava feridas aparentes. Esta é a primeira vez que morre um operário de Fukushima enquanto trabalha, já que os outros dois empregados mortos foram vítimas do terremoto e do posterior tsunami que atingiram a usina nuclear em 11 de março. O operário, que trabalhava com outro companheiro, perdeu a consciência uma hora depois de iniciar sua jornada de trabalho, às 6h locais (18h de sexta-feira pelo horário de Brasília), quando entrava em uma sala médica das instalações de Fukushima.
A Tepco já recebeu críticas pelas falhas nas medidas de segurança de alguns operários, que precisam trabalhar muitas vezes em um ambiente com alta concentração de radiação, assim como pelas condições nas quais vivem seus trabalhadores dentro da central. Mais de 30 empregados de Fukushima foram expostos a altas concentrações de radiação enquanto realizavam suas tarefas diárias, alguns deles por não seguir medidas de proteção adequadas. Cerca de 15 técnicos ficaram feridos nos primeiros dias da crise pelas explosões nas unidades 1 e 3. A Tepco avança lentamente nas tarefas para estabilizar os reatores da usina, embora as medidas para resfriar as unidades e reduzir a contaminação tenham permitido na semana passada que os operários pudessem voltar a entrar no reator 1 pela primeira vez desde o início do acidente nuclear. FONTE: EFE

IMPRESSIONANTE: O país das maravilhas em miniatura

O país das maravilhas em miniatura está em construção por vários anos em um grande projeto. Uma seção de 150m ² da planta do aeroporto Knuffingen. A operação de teste está em pleno andamento. Nem tudo está como deveria ainda, mas aqui você vê as primeiras imagens que surgiram nas últimas semanas no país das maravilhas em miniatura. FONTE: SUPER PÉROLAS