quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Suposta flatulência interrompe reunião do Conselho de Ministros em Honduras

O salão de reuniões do Conselho de Ministros na Casa Presidencial de Honduras foi tomado nesta terça-feira por um "cheiro estranho e muito forte", que primeiro provocou a reação do presidente do país, Porfirio Lobo, e depois, ataques de risos de seus colaboradores mais próximos.

"Estamos sentindo aqui um cheiro estranho, é um cheiro muito forte. Não acho que um corpo humano seja tão potente para gerar esse cheiro", disse Lobo, enquanto o estatal Canal 8, que toda terça-feira transmite ao vivo a sessão do Conselho de Ministros pela TV, interrompeu seu sinal.

Um dos ministros comentou brincando com jornalistas por telefone que "a dúvida ficou no ar, porque não se sabe se o mau cheiro, parecido com gás metano, vinha do sistema de ar-condicionado ou de algum funcionário com um problema intestinal".

A fonte acrescentou que, com o fedor, foram abertas as janelas do salão, e que depois do riso generalizado dos funcionários do governo, a reunião do Conselho de Ministros, que durou cerca de quatro horas, continuou normalmente.

Minutos depois do incidente, o sinal do Canal 8 se restabeleceu sem que se informasse a causa do cheiro desagradável, enquanto outro ministro brincou dizendo que é preciso "mudar o menu" oferecido no café da manhã na Casa Presidencial nas sessões do Conselho de Ministros.

"Somos todos suspeitos de outra coisa", acrescentou outro ministro de Lobo. FONTE: EFE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário ou sugestão: