domingo, 11 de dezembro de 2011

Empresa chinesa polemiza ao se recusar a contratar pessoas de virgem ou escorpião

Uma empresa de Wuhuan se recusa a
contratar virginianos e escorpianos
Uma empresa chinesa vem recebido críticas na terra de Confúcio por se recusar a contratar funcionários dos signos de virgem ou escorpião. A companhia alega que o temperamento dessas pessoas é incompatível com os valores da firma. Ah tá...

De acordo com o jornal The Daily Telegraph, a companhia de treinamento para a língua inglesa, cujo nome não foi revelado, postou anúncios de emprego nos murais de uma universidade de Wuhuan. "Nós não aceitamos pessoas de escorpião ou virgem. Peixes e libra terão prioridade", dizia o anúncio.

"Contratei pessoas desses signos antes, e eles ou gostam de discutir com colegas ou não conseguem fazer o trabalho por muito tempo", argumentou Xia, uma das diretoras da empresa. Ela afirma que os escorpianos são muito suscetíveis a mudanças de humor, enquanto os virgens são críticos demais e não conseguem ficar no mesmo trabalho por muito tempo.

A empresa tem sido ridicularizada na Internet desde então, por meio do site chinês Weibo, semelhante ao Twitter. FONTE: VÍRGULA

"SORTUDO": Gato preto herda fortuna de R$ 24 milhões, na Itália

E quem disse que gato preto dá azar?Tommaso, um bichano preto italiano de quatro anos, deu muita sorte e acaba de herdar uma fortuna de nada menos que 10 milhões de euros (equivalente a cerca de R$ 24 milhões), de acordo com informações do site The Telegraph.

Tommaso recebeu a fortuna após a morte de sua solitária dona, a milionária Maria Assunta, aos 94 anos, há duas semanas.

A milionária resgatou o gatinho das ruas de Roma e se afeiçoou ao animal. No entanto, em razão da idade avançada, começou a temer pelo futuro do amigo.

Maria Assunta, então, escreveu um testamento em que passava toda sua fortuna - um império que inclui casas e apartamentos em Roma, Milão e Calábria - ao felino.

A mulher instruiu, ainda, seus advogados a encontrarem uma instituição de cuidado aos animais que se comprometesse a administrar o dinheiro e tomar conta de Tommaso. A exigente velhinha, no entanto, não encontrou uma organização que atendesse suas expectativas.

A responsabilidade de cuidar de Tommaso e administrar a fortuna, então, acabou ficando com a enfermeira da idosa, uma mulher identificada como Stefania.

"Prometi que cuidaria do gato quando ela não estivesse mais aqui. Ela queria ter certeza de que ele seria amado e cuidado. Porém, nunca imaginei que ela tinha tamanha fortuna", disse a desavisada Stefania. Enfermeira de sorte...

Tommaso, hoje, vive com sua nova dona e outro gato em uma casa na Itália. FONTE: VÍRGULA

Britânica ganha processo contra empresa cujo critério de contratação era tamanho dos seios

Se você é mulher e tem algum respeito por si mesma, evite enviar seu currículo para a empresa Cathelco da Inglaterra. Angelina Ashby (ao lado), uma ex-funcionária, garante que viveu o inferno na companhia, desde assédio sexual a bullying por suas características físicas. A informação é do site Daily Mail.

De acordo com Angelina, que ganhou um processo de 26 mil libras (R$ 73,5 mil) contra a empresa, o critério de contratação de funcionárias era o tamanho dos seios.

Angelina afirma que o pior carrasco era o gerente de vendas Peter Smith, pai de três filhos e casado, que encorajava as colegas de trabalho a agarrarem as partes íntimas dele, além de ver pornografia no trabalho. Em uma ocasião, ele correu atrás de uma mulher, colocou-a em seus joelhos e a espancou no bumbum. Angelina diz ter reclamado a seus chefes dos repetidos incidentes, mas nada foi feito.

Em uma reunião, quando Angelina estava recolhendo xícaras de chá em uma mesa, o executivoLaurie Wilson teria dito ao gerente: "Deixa pra lá, Pete. Você está com as tetas da Angelina na sua cara".

A ex-funcionária diz, ainda, que os homens da firma faziam desenhos ofensivos dela e quechegaram a chamá-la de "cara gorda" em um e-mail geral.

"Há uma atmosfera de 'clube dos homens' na Cathelco, em que as mulheres são vistas como sensíveis e emotivas se elas têm alguma reclamação", disse Angelina, no tribunal. Ela diz ter sofrido de ansiedade e depressão por conta do trabalho. FONTE: VÍRGULA

Presidente afegão culpa estrangeiros por corrupção no país

O presidente do Afeganistão, Hamid Karzai, acusou neste domingo os estrangeiros de alimentar a corrupção no país, ao conceder contratos a privilegiados e criar obstáculos à luta contra este tipo de irregularidades.

"Temos problemas tanto com afegãos como com estrangeiros. Nossos colegas estrangeiros não apenas não cooperam, como também criam obstáculos", afirmou o presidente durante um discurso em Cabul por ocasião do dia internacional contra a corrupção.

"Uma das formas de reduzir a corrupção é que os estrangeiros deixem de conceder contratos a pessoas próximas a altos funcionários governamentais. Devemos reformar o sistema de contratos", declarou Karzai.

De acordo com Karzai, afegãos e estrangeiros perderam a confiança mútua, já que as duas partes pensam que a outra é corrupta.

ATAQUES CONTRA XIITAS - O líder também forneceu um balanço atualizado dos atentados contra os xiitas na terça-feira passada em Cabul, considerados os primeiros ataques entre confissões religiosas desta magnitude no Afeganistão em 10 anos.

Os atentados deixaram 80 mortos, informou Karzai.

Os números anteriores dos atentados registravam 59 mortos e 150 feridos. Karzai acusou durante a semana os extremistas paquistaneses do grupo Lashkar-e-Jhangvi (LeJ) pelos atentados.

O primeiro ataque de terça-feira teve como alvo uma procissão xiita em Cabul por ocasião da festa da Ashura, uma das mais importantes do xiismo. O segundo aconteceu em Mazar-i-Sharif (norte do Afeganistão), onde uma bicicleta-bomba explodiu na passagem de um grupo de peregrinos xiitas. FONTE: FRANCE PRESSE