domingo, 14 de agosto de 2011

Grupo de travestis publica revista na Argentina

Um grupo de travestis edita na Argentina uma revista chamada "El Teje", a primeira da América Latina voltada para este público.
"A iniciativa tem como objetivo capacitar e fortalecer a comunidade travesti para enfrentar a discriminação e tentar acabar com preconceitos", explicou a diretora da revista, Marlene Wayar. Fonte: EFE

Desabamento de palco deixa 5 mortos e 45 feridos em feira nos EUA

Pelo menos cinco pessoas morreram neste domingo e 45 ficaram feridas no desabamento de um palco do recinto onde acontece a feira anual de Indianápolis (EUA) devido a uma forte rajada de vento, segundo informou o Departamento de Segurança de Indianápolis.
O porta-voz do departamento, o sargento Dave Bursten, declarou em entrevista coletiva que um dos feridos morreu no hospital, elevando para cinco o número de mortos por causa do acidente.
Bursten disse ainda que tem informação sobre 45 feridos, dos quais alguns estão em estado grave.
A Polícia revelou a identidade dos mortos após ter dado a notícia a seus familiares. As vítimas foram Tammy Vandam, Glenn Goodrich, Alina Bigjohny, Christina Santiago e Nathan Byrd, segundo a emissora de televisão local "WTHR13".
O cronista musical do jornal "The Indianápolis Star", David Lindquist, afirmou que o responsável pela operação policial, Brad Weaver, observou a "feia" tempestade que se aproximava e as autoridades chegaram a pensar em cancelar o show.
No entanto, a programação foi mantida e apenas se advertiu aos organizadores que o Coliseum Pepsi seria o ponto de refúgio para os 12 mil presentes caso tivesse início uma tempestade.
A rajada de vento irrompeu inesperadamente quando os presentes na feira esperavam o início de um show de música country do duo Sugarland, segundo o jornal "Indianapolis Star".
De fato, a cantora que abriu o show, Sara Bareilles, comentou ao acabar sua atuação que era uma bonita noite e 30 minutos mais tarde a estrutura do palco veio abaixo.
Equipes médicas e de resgate se deslocaram para o State Fairgrounds, onde é realizada anualmente esta feira na qual se comercializa gado e há diversas competições, além de música.
A feira foi fechada ao público neste domingo. Fonte: EFE

GAFE DAS GAFES: Globo coloca um minuto de pornô no meio do futebol, por engano

Por um acidente técnico, um minuto de vídeo pornográfico foi exibido ontem na Globo.com durante a transmissão de Botafogo x América-MG. Segundo comunicado da Globo, que se desculpou, somente assinantes do canal Sexy Hot teriam acesso às imagens.
Veja a íntegra do comunicado:
"Por um lamentável erro técnico, a imagem de um vídeo pornográfico foi exibida durante a transmissão em Tempo Real da partida entre Botafogo e América-MG de sábado, 13 de agosto. O vídeo, acessível apenas para assinantes do canal Sexy Hot, foi "chamado" equivocadamente e ficou no ar por aproximadamente um minuto durante o primeiro tempo da partida. Pedimos desculpas aos usuários pelo incidente." Assina a nota Globoesporte.com/Rio.
O Botafogo venceu por 4 a 2. Fonte: F-5

Apresentador do Multishow autuado por entrar no Parque Nacional do Pico da Neblina

Um apresentador do canal de TV a cabo Multishow foi autuado pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e pela Polícia Federal por entrar, sem autorização, nas terras do Parque Nacional do Pico da Neblina, em São Gabriel da Cachoeira (a 858 quilômetros de Manaus). A autuação aconteceu na semana passada, mas só foi comunicada pelo ICMBio na última sexta-feira (12).
Sandro Cardoso, que apresenta um programa de aventuras e ecoturismo, voltava de uma expedição às aldeias ianomâmis quando foi localizado pelos agentes federais. O Parque Nacional do Pico da Neblina tem uma área de 2,260 milhões de hectares (maior que o Estado de Sergipe) e fica localizado na fronteira do Brasil com a Venezuela e a Guiana. Dentro do parque também há a Terra Indígena Ianomâmi. Desde 2002, por recomendação do Ministério Público Federal, o Parque está fechado ao público. Segundo o chefe da unidade, Flávio Bocarde, apenas pessoas autorizadas pelo ICMBio e pela Fundação Nacional do Índio (Funai), além dos próprios índios e militares, podem entrar na área. Pedido negado - Sandro Cardoso conta que pediu autorização ao ICMBio e à Funai para filmar na Parque em dezembro de 2010, mas os pedidos foram negados. Ele diz que neste ano, recebeu um convite dos índios da comundade Maturacá e que só então decidiu entrar na área. “Isso tudo foi um grande mal entendido. Eu nem assinei a atuação por não concordar com ela. Eu só entrei porque tinha o convite dos índios, que, em última instância, são mais donos das terras do que qualquer um de nós ou mesmo do ICMBio”, diz Sandro. Flávio Bocarde rebate dizendo que o suposto convite não teria validade diante das negativas do ICMBio e da Funai. “Se fosse necessário apenas um convite para entrar numa área indígena ou num Parque Nacional, então não haveria sentido a existência dos agentes reguladores e fiscalizadores. Ele sabia que precisava das autorizações, tanto é que as pediu e, mesmo sem tê-las, passou por cima das nossas determinações”, afirma Flávio. Sandro Cardoso e seu cinegrafista foram multados em R$ 6 mil. Arbitrariedade - Sandro acusa os agentes do ICMBio e da Polícia Federal de terem sido arbitrários durante a autuação. “Eles colocaram o meu cinegrafista dentro de um carro da PF e rodaram a cidade à minha procura como se eu fosse um criminoso. Tentaram me obrigar a assinar uma autuação e eu só não assinei porque sei dos meus direitos. Vamos recorrer na Justiça e vamos ganhar”, afirma. Flávio, por sua vez, refuta as acusações. “Ele foi muito bem tratado por nós. Não houve violência ou truculência de nossa parte em momento nenhum. O que acontece é que quando uma pessoa infringe a lei, ela tende a se sentir mal-tratada por quem está cumprindo a lei”, se defende Bocarde. Procurada pela reportagem de A CRÍTICA, a assessoria de imprensa do canal Multishow informou que já está verificando a situação de Sandro junto à produtora responsável. Fonte: PORTAL A CRÍTICA

Igreja recorre a redes sociais para alcançar jovens

A Igreja Católica, que começou recentemente a utilizar as redes sociais, pretende que elas sejam seu principal meio de comunicação com o meio milhão de jovens que estarão em Madri para a JMJ (Jornada Mundial da Juventude), na semana que vem.
Pela primeira vez em um evento da Igreja Católica, a internet e as novas mídias ganharam posição central na estratégia de comunicação. A Jornada Mundial tem perfis oficiais em redes sociais como Twitter, Facebook, Tuenti e Youtube, administrados por uma equipe de 60 voluntários de todo o mundo, que escrevem em 21 idiomas. "Nosso objetivo é dar voz aos jovens que participam da JMJ e a viverão em primeira pessoa, e também informar aqueles que não puderam vir sobre tudo que está acontecendo", afirmou Benjamín Paz, 24, argentino que coordena os "community managers" (gerentes comunitários, na tradução para o português) da JMJ, em entrevista à Reuters. Madri sediará a Jornada Mundial da Juventude de 16 a 21 de agosto, que deve receber mais de um milhão de peregrinos e contará com a presença do papa Bento 16. A JMJ está presente na rede desde 2009, e até o momento conta com quase 11 mil seguidores de seu perfil em espanhol no Twitter e com mais de 160 mil no Facebook. E esse não foi o único passo que a Igreja deu para se modernizar. Em junho, o Vaticano, com assessoria de uma empresa espanhola, lançou o portal de notícias news.va, com o objetivo de promover a imagem da Igreja, especialmente junto aos jovens. "A Igreja sabe que os meios de comunicação mudaram muito e que precisa levar em conta as novas mídias. O papa conhece bem a importância das redes sociais, sobretudo para se comunicar com os jovens", disse Gustavo Entrala, presidente-executivo da Agencia 101, que assessora o Vaticano. O portal de notícias, que conta com versões em diversos idiomas e com perfil no Twitter no qual o primeiro tuíte foi escrito pelo papa Bento 16, lançará sua edição em castelhano na semana que vem, para coincidir com a JMJ. Fonte: REUTERS

Representante do Rio Grande do Sul ganha título de Miss Mundo Brasil 2011

Na noite deste sábado (13) aconteceu em Angra dos Reis (RJ) a final do Miss Mundo Brasil 2011, concurso que escolha uma representante da beleza nacional para o Miss Mundo, que este ano será em Londres (Reino Unido). A vencedora foi Juceila Bueno, representante do Rio Grande do Sul.
A gaúcha foi coroada pela Miss Mundo Brasil 2010, Kamilla Salgado, que passou a faixa para a nova representante do Brasil. Quem ficou com o segundo lugar foi a representante de Sergipe, que escorregou na passarela, no início do concurso. As outras três finalistas foram as representantes de São Paulo (3º lugar, Santa Catarina (4º logar) e Rio Grande do Norte (5º lugar). Durante esta semana, as 34 beldades participaram de provas classificatórias que as levam para as semifinais. O anúncio das 17 semifinalistas, que foram escolhidas na noite de sexta (12), durante desfile final de biquíni e traje de gala - contando com as já pré-selecionadas nas provas - será feito no início do concurso de hoje. As moças passaram por provas de Esporte, Talento, Criatividade, Biquíni, Passarela e outras. A representante de Pernambuco, Luzielle Vasconcellos, foi a escolhida pelos internautas, com 28,81% dos mais de 650 mil votos da enquete feita pelo UOL Tabloide, e também já está classificada para a semifinal. Um júri composto por especialistas em misses, experts em beleza, ex-vencedores do Miss Mundo, a atual Miss Mundo Brasil, Kamilla Salagdo, o Mister Brasil 2011, Lucas Malvacini, e convidados julgaram as candidatas, avaliando sua performance na passarela e em outros quesitos técnicos. Fonte: BOL