segunda-feira, 8 de abril de 2013

Prostitutas aprendem inglês e espanhol em BH de olho na Copa do Mundo

prost
Prostitutas de Belo Horizonte prometem não fazer feio no atendimento a turistas durante a Copa do Mundo em 2014. As profissionais do sexo se organizam para aprender inglês e espanhol e facilitar a comunicação com os clientes. 

Cerca de 30 profissionais procuraram a Associação de Prostitutas de Minas Gerais para saber se havia cursos disponíveis. A expectativa, agora, é que 300 mulheres frequentem as aulas, segundo Cida Vieira, presidente da associação. 

— A gente precisa ter diálogo. Nem todas as meninas estão capacitadas para o atendimento em outras línguas. Por isso, algumas procuraram a associação com esta preocupação: como falar com os turistas. Como essas mulheres vão conversar, saber o que os turistas querem? 

Os cursos serão ministrados por professores voluntários. A gestora Carolina Vieira analisa a importância de aprender uma nova língua para oferecer melhor os serviços. 

— O mercado precisa se preparar para que possamos atender com qualidade os nossos turistas. A demanda que vem da Copa deixa um legado, já que boa parte dos turistas acaba retornando se sentir bem servido.R7