sábado, 24 de novembro de 2012

Ensaio traz beleza refletida em 'espelho natural'

O fotógrafo amador Roger Merrifield, de 46 anos, registrou uma série de imagens retratando a natureza do Reino Unido, sempre refletida nas plácidas águas de lagos no norte do país.

As fotos de Merrifield foram feitas durante a mudança de estação característica do outono e flagram as cores características dessa estação, com tons vívidos de vermelho, laranja e marrom.

Os efeitos dos reflexos que ele registra por vezes são tão fortes que as imagens chegam a dar a impressão de que foram criadas artificialmente com o auxílio de computadores.
Merrifield diz que o outono é sua estação favorita do ano e que a maior parte de suas fotos costumam ser registradas nesta época do ano.

Ainda que um amador, ele é bastante obsessivo e passional em relação aos temas de suas imagens.

E viaja várias vezes ao ano às regiões onde mais aprecia registrar fotos, entre elas as Terras Altas da Escócia, para flagrar ''o esplendor do outono''. FONTE: BBC BRASIL

Turco que viajou oito meses em iate para se casar com britânica é deportado

Um homem turco que viajou cerca de 4.000 quilômetros em um iate de cinco metros, durante oito meses, para tentar encontrar sua amada britânica será deportado do Reino Unido, após ter tentado entrar no país sem visto ou passaporte.

Ramazan Noyan Culum, 38, ficou obcecado por Courtney Murray, que conheceu quando ela trabalhava como garçonete em um restaurante no Chipre, em 2005.

Ela o serviu apenas uma vez, mas ele começou a frequentar o lugar constantemente. Ele teria obtido seu telefone e começado a assediá-la. Em uma ocasião, ele a teria ameaçado com uma faca. O incidente fez com que ele acabasse sendo detido e deportado do Chipre.

Apesar de ela nunca ter demonstrado interesse por ele e ter se casado com outro homem ao regressar à Grã-Bretanha, Culum tinha esperanças de que conseguiria fazê-la mudar de ideia e se casar com ele.

No ano passado, Culum encontrou o perfil da britânica no Facebook e começou a escrever para ela.
 
'DISPOSTO A MORRER' - Após ter se preparado por três meses, ele partiu em 23 de abril do porto de Bodrum, na Turquia, a bordo de seu iate. Antes da partida, ele ainda escreveu para a britânica: ''Courtney, estou indo. Reze por mim''.

Ao longo de sua jornada de oito meses, Culum enfrentou tempestades enquanto cruzava os mares Adriático e Mediterrâneo, passava pelos estreitos de Messina e Gibraltar e a região costeira da França, Espanha e Portugal.

Nesse período, ele manteve também um blog, no qual postava fotos suas e comentários a respeito da mulher que amava, pela qual dizia estar ''pronto para morrer''.

Ele contou que foi deportado várias vezes, preso, fez greve de fome e dormiu ao relento.

Ele também chegou a escrever à própria Courtney, dizendo coisas como: ''Eu amo você demais. O mundo não é lindo sem você. Não quero seguir vivendo sem você. Você quer se casar comigo?'' Ou por vezes adotando um tom agressivo chamando-a de ''menina estúpida'', que ''não entende por que estou indo para a Grã-Bretanha''.

A tia da britânica chegou a escrever-lhe dizendo que Courtney estava casada e feliz e que se ele tentasse se aproximar dela, a família dela entraria em contato com a polícia.

Os sonhos de Culum se viram frustrados após ele ter alcançado o canal da Mancha e sido interceptado e detido por autoridades britânicas. FONTE: BBC BRASIL

Associação britânica lista as cinco piores dietas 'da moda'

Com a aproximação das festas de fim de ano e do verão, cresce a tentação em sucumbir a dietas radicais para perder peso.

Mas muitas das dietas "da moda", ainda que endossadas e praticadas por celebridades, são pouco recomendadas por especialistas.

A Associação Dietética Britânica (BDA, na sigla em inglês) divulgou nesta quinta-feira a lista (compilada anualmente) das cinco que considera as dietas mais "suspeitas", a serem evitadas pelas pessoas:

5) A dieta do livro "6 Weeks to OMG"
O título do livro de Venice Fulton pode ser traduzido como "Seis semanas para que você diga 'Oh meu Deus'". O adendo promete: "Fique mais magro que todos os seus amigos".
A dieta, explica a BDA, sugere exercícios físicos cedo pela manhã (depois de uma dose de café preto), seguidos de um banho frio para estimular o corpo a queimar gordura acumulada. Café da manhã, só mais tarde, às 10h.

O autor argumenta que "algumas frutas bloqueiam a perda de gordura", rejeita pequenas refeições ao longo do dia e defende as proteínas.

Mas a BDA diz que ninguém terá "o tempo e a energia de seguir essa dieta" e critica o livro por "selecionar pesquisas em vez de (oferecer) uma visão equilibrada de como a rotina de muitas pessoas não consegue acomodar" os mandamentos do autor. Também defende a inclusão de um "café da manhã" saudável e se opõe ao caráter "competitivo" da dieta, alegando que ele estimula o "comportamento extremo".

4) Dieta da "Alcorexia"
É apontada como uma dieta comumente praticada por top models e celebridades, por consistir em ingerir pouquíssimas calorias durante o dia para "guardar" espaço para ingerir grandes quantidades de álcool.

A dieta é chamada de "loucura" pela BDA, por não fornecer as quantidades adequadas de calorias, vitaminas e nutrientes necessários para "sobreviver e funcionar".

"Você se sentirá cansado, fraco, sem energia e facilmente irritável", adverte a associação. "Evitar comida para dar lugar ao álcool é absolutamente estúpido e pode facilmente resultar em coma alcoólico ou mesmo em morte."

3) Dieta intravenosa, ou "Party Girl IV Drip"
Bolsas de soro são usadas em hospitais para alimentar e medicar pacientes em hospitais. Mas esse método é usado em uma dieta em que paga-se caro para receber, de forma intravenosa, uma solução que costuma incluir vitaminas, magnésio e cálcio.

Mas, argumenta a BDA, "há poucas provas de que isso funciona". Além disso, os efeitos colaterais podem incluir tontura, infecções, inflamação de veias e, em último caso, choque anafilático.
Se é para ingerir nutrientes, a organização sugere que isso ocorra pela via "tradicional": pela ingestão de alimentos e bebidas saudáveis.

2) Dieta Congênita de Nutrição Enteral (KEN)
Também apontada como uma "dieta de celebridades", a dieta KEN consiste em não comer nada.
"Em vez disso, durante dez dias de um ciclo, uma fórmula líquida é liberada diretamente no estômago, por meio de um tubo de plástico que chega até o nariz do paciente", explica a associação.
A BDA diz, porém, que tubos naso-gástricos foram na verdade criados para pessoas com doenças crônicas e critica seu uso para emagrecimento. E ressalta um efeito colateral sério: os seguidores dessa dieta provavelmente terão que tomar laxativos, já que não vão estão ingerindo fibras.

1) Dieta Dukan
A dieta é baseada no consumo de proteínas e divide-se em quatro fases - a primeira prometendo "resultados imediatos" e as seguintes reforçando e consolidando a perda de peso.

Mas, segundo a BDA, "há pouca ciência por trás" da dieta. "Ela funciona com a restrição de alimentos, calorias e controle de porções. Cortar grupos alimentares não é aconselhável. A dieta é tão confusa, rígida e consome tanto tempo que, em nossa opinião, é muito difícil de ser sustentada".

A associação agrega que o próprio autor da dieta, Pierre Dukan, "adverte sobre problemas colaterais como falta de energia, constipação e mau hálito". FONTE: BBC BRASIL

Membros da Marinha dos EUA são punidos por consultoria ao game "Medal of Honor"



Sete membros da equipe de elite Seal da Marinha norte-americana, incluindo um que participou da operação que matou o líder da Al Qaeda, Osama bin Laden, foram repreendidos e multados por divulgar material confidencial para ajudar a produzir o jogo "Medal of Honor: Warfighter", disseram autoridades.

Todos os sete integrantes das forças de operações especiais que foram punidos eram membros da divisão de elite Seal Team Six, de acordo com a CBS News, que foi a primeira emissora a noticiar as punições. A CBS disse que os sete trabalharam por dois dias no primeiro semestre como consultores pagos para uma empresa de videogame.
                                                   
Uma autoridade dos EUA, falando sob condição de anonimato, confirmou os detalhes da punição. Uma autoridade da Defesa, também falando em condição de anonimato, disse que outros membros da equipe ainda estão sob investigação em ligação com o caso.

Dois chefes do alto escalão de operações especiais e cinco chefes de operações especiais receberam uma reprimenda na quarta-feira por seu envolvimento na produção do jogo intitulado "Medal of Honor: Warfighter", lançado pela Electronic Arts, afirmou um oficial da Marinha, que falou sob condição de anonimato.
Cena do jogo "Medal of Honor: Warfighter"
Todos os sete foram punidos em um processo administrativo pela divulgação de informações sigilosas e por mau uso de equipamentos de comando durante o trabalho com os produtores do videogame, que anunciam que o jogo é mais preciso por causa da ajuda que tiveram das forças de operações especiais.

Cada um recebeu uma carta punitiva de reprimenda e teve o pagamento cortado pela metade por dois meses, disse uma autoridade da Marinha. Uma autoridade da Defesa disse que todos os funcionários do Pentágono são obrigados a seguir a orientação do Departamento de Defesa sobre empregos externos, uma medida posta em prática para garantir "o melhor comportamento ético".

O almirante Garry Bonelli, vice-comandante do Comando Especial Naval de Guerra, disse que a Marinha trata alegações de má conduta seriamente e também faz cumprir os acordos de confidencialidade assinados por marinheiros que se juntam às forças de operações especiais.

"Nós não toleramos desvios das políticas que determinam quem somos e o que fazemos como marinheiros da Marinha dos Estados Unidos", disse ele em um comunicado após a punição administrativa ser proferida.

"As decisões de punição não-judiciais feitas hoje mandam uma clara mensagem por toda a nossa Força que nós temos e teremos um alto padrão de prestação de contas", afirmou.

A punição das sete marinheiros do Seals vem cerca de dois meses depois de o Pentágono ameaçar tomar medidas legais contra o ex-Seal da Marinha dos EUA Matt Bissonnette por escrever um livro não autorizado sobre o ataque de comandos 2011 que matou bin Laden. FONTE: REUTERS

Crianças com deficiência inventam formas de brincar

Gabriel, 10, craque no vídeogame
Gabriel Fernandes, 10, é fera no videogame, nem lembra quando perdeu um jogo de corrida pela última vez. Lamiss Taghlebi, 7, adora brincar de escolinha. Fernanda de Souza, 5, é a artilheira no futebol do seu quintal.

Além de craques da brincadeira, os três possuem outra coisa em comum: têm deficiência intelectual e física e andam de cadeira de rodas. "Criança sempre dá um jeito de brincar. Não importam as limitações", diz Lina Borges, terapeuta ocupacional da AACD (Associação de Assistência à Criança Deficiente).

Emily, 10, gosta de brincar na rua
Para driblar as deficiências, as atividades são adaptadas. No futebol, por exemplo, a bola é mais pesada para que role mais lentamente, e as crianças jogam sentadas no chão.

Lamiss, 7, adora pensar que é professora
Há duas semanas, durante o Teleton (evento do SBT que arrecada dinheiro para a AACD), Ivan Fontenelli, 4, andava pra lá e pra cá com seu skate. Com má formação das pernas e dos braços, é com ele que o menino se locomove. "Brinco de futebol, corrida, tudo. Tenho até duas namoradas", conta baixinho para a mãe não escutar.

No próximo sábado, dia 1º, começa a 3ª Virada Inclusiva, organizada pelo governo de São Paulo em mais de 80 cidades, com lazer e esportes adaptados. Termina em 3/12, Dia Internacional da Pessoa com Deficiência (viradainclusiva.sedpcd.sp.gov.br). FONTE: FOLHA.COM

Inglês pesca "enguia mostro" de mais de 43 kg



O pescador inglês Andy Parker(foto) mostrou, orgulhoso, a enorme enguia que pescou: o peixe tem mais de 43 kg.

Após um “confronto com o monstro”, Parker se tornou o responsável pela maior pesca desse ano na Inglaterra, segundo o tabloide britânico The Sun.

Parker lutou com a enguia por mais de 40 minutos antes de conseguir imobilizar o animal, em Devon.

Enquanto tentava puxar o peixe para dentro de seu barco, Parker viu a haste da embarcação dobrar, após a enguia comer a isca e tentar voltar para o fundo do mar.

— Foi como uma luta de boxe. É a maior enguia que eu já vi, ainda mais em pescaria.

O inglês diz que não acreditou no tamanho da enguia ao pescá-la.

— Parecia um monstro do fundo do mar, direto de um filme de terror.

Parker e os colegas que o acompanhavam na pescaria ficaram impressionados com o animal e tiraram fotos

antes de colocar a enguia de volta na água.

— Foi muito difícil capturar a enguia, mas valeu a pena no final. FONTE: R7/THE SUN

Ex-boxeador morre aos 50 anos

Dramas infelizmente ocorrem no mundo do esporte e casos de violências tornam eventos em tragédias lamentáveis. O ex-pugilista Héctor Camacho foi a última vítima famosa desta triste estatística. Baleado em Porto Rico, ele teve os aparelhos desligados e a morte confirmada neste sábado (24), dois dias depois de ter morte cerebral constatada. Durante 30 anos de carreira, Camacho conquistou 79 vitórias (45 por nocaute), três empates e apenas seis derrotas, trajetória que lhe garantiu quatro cinturões mundiais. FONTE: R7

SENADORES: Eles gastam e nós, o povo, pagamos... o pato!

Voce já recebeu a primeira parcela do décimo terceiro salário?

Você sabe que ela é maior do que a segunda parcela porque na segunda vai ser abatido o imposto de renda e outros descontos.

Logo, você paga imposto de renda sobre o décimo terceiro. E o décimo quarto e décimo quinto salários?

Antes que você descubra que não ganha tantos salários por ano, esclareço que os senadores ganham. E não pagaram o imposto de renda sobre eles. E vão pagar? Não.

O senado vai pagar por eles, em outras palavras, nós, contribuintes vamos pagar pelos senadores.

Como você se sente contribuindo para que os pobres parlamentares recebam o seus salários limpinho, limpinho? O senado não descontou de suas excelências o imposto, e como já devem ter gasto o dinheiro comprando uns presentinhos de Natal, não tem como pagar.

É o PP.

Vou traduzir: o povo paga. FONTE: BLOG DO HERÓDOTO

Sancionada lei para SUS atender paciente com câncer em até 60 dias

A presidente Dilma Rousseff sancionou nesta sexta-feira (23) lei que estabelece um prazo de até 60 dias para que pacientes com câncer recebam o primeiro tratamento no Sistema Único de Saúde (SUS). O texto foi publicado na edição desta sexta do "Diário Oficial da União".

 Se o caso for grave, o prazo pode ser menor, destaca o texto. Esse intervalo de dois meses é contado a partir da confirmação do diagnóstico, e o tratamento pode ser cirurgia, quimioterapia ou radioterapia. A lei  também prevê acesso "gratuito e privilegiado" a analgésicos derivados do ópio (como morfina) a pacientes que sofram com dores intensas.

Os estados que possuem grandes espaços territoriais sem serviços especializados em oncologia deverão produzir planos regionais para atender à demanda dentro do prazo estabelecido. A lei entra em vigor em 180 dias contados a partir desta sexta-feira (23), data da publicação.

A proposta inicial, feita em 1997 pelo ex-senador Osmar Dias, falava apenas sobre tratamento com remédios contra a dor. Na Câmara, o projeto foi ampliado para essa nova versão.

Segundo a relatora do substitutivo, a senadora Ana Amélia (PP-RS), a demora em começar um tratamento contra o câncer é o principal problema dessa terapêutica no Brasil. Na opinião dela, a aprovação do projeto trará grandes benefícios para as mulheres com câncer de mama.

Ana Amélia disse, ainda, que não se deve esperar que a aprovação da lei "resulte na extinção das mortes por câncer no Brasil", mas que o Estado fará sua parte para combater a doença.

Segundo um levantamento publicado pelo Tribunal de Contas da União em outubro de 2011, o tempo médio que o SUS leva para iniciar um tratamento de quimioterapia é de 76,3 dias após o diagnóstico. Na radioterapia, o tempo aumenta para 113,4 dias.
 
Dentro da recomendação médica - Para o oncologista clínico Aldo Lourenço Dettino, do Hospital do Câncer A.C. Camargo, em São Paulo, o período de dois meses entre o diagnóstico e o início do tratamento é adequado. Segundo ele, a recomendação da Organização Mundial da Saúde é de entre seis e oito semanas -- ou seja, a nova lei está de acordo.

O atraso para começar o tratamento pode dar tempo para que o câncer avance, por isso é importante começar rápido. "No mínimo, quanto antes começar, menor a ansiedade", apontou o especialista.

No entanto, ele ressaltou que o prazo de mais de um mês é necessário para que os médicos escolham o melhor tipo de tratamento para cada caso específico. A decisão entre, por exemplo, uma cirurgia ou a quimioterapia, depende de exames que demoram para ficar prontos.

"Sem ter todos os dados, você pode não julgar idealmente o risco clínico e o risco oncológico", ponderou Dettino. FONTE: BEM ESTAR

Macarrão é condenado a 15 anos de prisão; ex-namorada de Bruno pega 5

Macarrão e Fernanda
O júri popular do caso Eliza Samudio condenou, na noite desta sexta-feira (23), no Fórum de Contagem, em Minas Gerais, os réus Luiz Henrique Ferreira Romão, o Macarrão, e Fernanda Gomes de Castro, ex-namorada do goleiro Bruno, por participação nas ações que resultaram na morte da ex-amante do jogador.

Macarrão pegou 15 anos de prisão - pena mínima por homicídio qualificado em razão de sua confissão -, e Fernanda, 5 anos em regime aberto. A sentença começou a lida às 23h50 da sexta-feira e terminou por vota de 0h10 de sábado.

Eliza sumiu em 2010 e seu corpo nunca foi achado. Ela tinha 25 anos e era mãe do filho recém-nascido do goleiro Bruno, de quem foi amante. Na época, Bruno era titular do Flamengo e não reconhecia a paternidade.

Conforme a sentença da juíza Marixa Fabiane Lopes Rodrigues, Macarrão foi condenado a 12 anos em regime fechado por homicídio triplamente qualificado (por motivo torpe, asfixia e uso de recurso que dificultou a defesa da vítima) e mais três anos em regime aberto por sequestro e cárcere privado. Ele foi absolvido da acusação de ocultação de cadáver. Ao ouvir a decisão, Macarrão chorou.

Fernanda foi culpada por dois crimes de sequestro e cárcere privado, de Eliza Samudio e de seu filho, Bruninho, condenada à pena de 5 anos a ser cumprida em regime aberto. FONTE: G1

E AGORA? Anatel tenta evitar que sistema contra celular 'xing ling' barre originais


A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) estuda medidas para verificar se aparelhos originais importados e ainda não homologados no Brasil também serão bloqueados pelas operadoras brasileiras a partir do primeiro trimestre de 2013.

Com o novo sistema de ativação de chips, em fase de implantação pelas operadoras Claro, Oi, TIM e Vivo, usuários de aparelhos "piratas", também conhecidos popularmente como celulares "xing ling", não homologados no país não poderão ativar os seus chips de voz ou dados.

A medida gerou dúvidas sobre aparelhos originais comprados no exterior. Pela nova regra, quem comprou o aparelho importado só poderia ativá-lo após a homologação pela agência, mas nem todos os aparelhos vendidos no exterior são homologados no país. Outra questão envolve a troca do chip de um aparelho usado, que não foi certificado no Brasil.

A Anatel disse que o sistema de ativação de chips ainda passará por uma fase de testes e coleta de informações antes que todas as medidas sejam definidas. A agência também se mostrou preocupada com a ativação de aparelhos trazidos por estrangeiros ao país, especialmente diante de eventos internacionais como a Copa do Mundo de 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016.

“Quanto aos terminais adquiridos no exterior, sejam eles com ou sem uso, mas ainda não certificados no Brasil, estão sendo estudadas soluções alternativas, tendo em vista que o Brasil será sede de grandes eventos internacionais”, disse a agência por e-mail.
 
Por enquanto, a recomendação da Anatel é que, ao comprar aparelhos no exterior, o consumidor brasileiro opte por modelos já homologados no Brasil. “Se comprar algum modelo que ainda não foi homologado, aguarde o fim da certificação para usar o aparelho”, afirmou o órgão regulador. FONTE: G1

Morre Larry Hagman, o vilão J.R. Ewing da série 'Dallas'

O ator Larry Hagman, que ficou famoso por viver o vilão J.R. Ewing na série televisiva "Dallas" e por integrar o elenco de "Jeannie é um gênio", morreu nesta sexta-feira (23), aos 81 anos, nos Estados Unidos, em decorrência de complicações surgidas em sua luta contra o câncer.

O ator morreu às 16h20 (local) em um hospital em Dallas, indicaram integrantes da família.

No momento da sua morte, que coincidiu com a celebração do Dia de Ação de Graças nos EUA, a família e os amigos mais próximos se encontravam junto a ele, segundo precisou um comunicado familiar. "Quando expirou, estava cercado por seus entes queridos. Partiu tranquilamente, como ele teria desejado", diz a nota.

Larry Hagman, nascido em 21 de setembro de 1931, em Fort Worth (Texas), ficou mundialmente famoso por seu papel como John Ross Ewing, mais conhecido como J.R., na série "Dallas", na qual vivia um homem de negócios sem escrúpulos, malicioso e manipulador.

O ator também integrou o elenco da série de TV "Jeannie é um gênio (em inglês, "I dream of Jeannie), transmitida entre 1965 e 1970 nos EUA e que também fez sucesso no Brasil.
Hagman interpretou o astronauta Anthony Nelson, que tinha em casa uma moça chamada Jeannie, que era um gênio das histórias das "Mil e Uma Noites".

O ator era casado desde 1954 com a decoradora sueca Maj Axelsson, com quem tinha dois filhos. Desde 13 de junho, apesar da idade, ele voltara a Dallas para dar vida a J.R. na nova série "Dallas 2.0", produzida pela rede de televisão "TNT". FONTE: EFE/FRANCE PRESSE/REUTERS