sábado, 16 de junho de 2012

‘Era doentia a paixão dele pela ex’, diz cunhado de mulher morta em Niterói

Casa onde Angelina Filgueiras foi morta pelo ex-marido
O cirurgião plástico Wagner de Moraes, marido da modelo Ângela Bismarchi, classificou de “doentio” o sentimento de Márcio Luiz Dias Fonseca, militar da Marinha, pela ex-mulher, Angelina Filgueiras, irmã da modelo. Os dois morreram na noite de sexta-feira (15), em Piratininga, na cidade de Niterói, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro, após uma briga na casa dela, que também envolveu o atual namorado de Angelina, Jolmar Alves Milato.

De acordo com o cirurgião plástico, Angelina, de 42 anos, contava que o ex-marido, de 48, não aceitava a separação, há cerca de três meses, após 17 anos de casados. Eles tinham uma filha, hoje com 15 anos. “Na noite anterior ao crime, na quinta-feira (14), Angelina foi visitar a filha, na casa do Márcio, em Olaria (subúrbio do Rio). Eles discutiram e ele a agrediu. Ela estava com manchas roxas no braço”, contou Wagner.

Segundo Wagner, que mora no mesmo bairro de Angelina, na noite de sexta-feira (15), um vizinho o avisou que haviam sido disparados tiros na casa dela, e que a cunhada do cirurgião plástico e o ex-marido haviam falecido. “Eu havia falado com ela uns dez minutos antes, e a alertei de que o Márcio tinha me ligado dizendo que iria fazer uma visita”, recorda ele. “Foi uma loucura. Uma loucura. Ângela e Angelina eram as únicas mulheres de sete irmãos. Elas eram as melhores amigas”, lamenta o cirurgião.

Delegado já ouviu namorado de vítima

O delegado Gabriel Ferrando de Almeida, titular da 81ª DP (Itaipu), na Região Oceânica de Niterói, afirmou que, segundo o depoimento de Jolmar, namorado de Angelina, Márcio havia invadido a casa dela, armado. Houve uma briga entre os três e ela, que é policial federal, acabou conseguindo desarmar o ex-marido. Segundo o delegado, Jolmar será indiciado por homicídio doloso.

“De acordo com o depoimento do namorado dela, Angelina teria disparado conscientemente contra o próprio peito”, afirmou o delegado. Segundo Almeida, familiares de Angelina relataram informalmente que ela teria um histórico de outras tentativas de homicídio. “Ela estaria, psicologicamente, muito debilitada, devido às ameaças que viria sofrendo do ex-marido, que dizia que mataria ela e o namorado”, complementou o delegado. Após Angelina ter supostamente disparado contra si própria, Jolmar teria conseguido pegar a arma e deu três tiros em Márcio, que morreu na hora. Angelina chegou a ser levada para o hospital, mas já chegou morta.

Até o final da manhã deste sábado, a modelo Ângela Bismarchi ainda não havia recebido a notícia da morte da irmã. Por volta das 10h30, Wagner seguia para a sede do programa A Fazenda, da Rede Record, do qual Ângela Bismarchi está participando, para dar a notícia à mulher. FONTE: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário ou sugestão: