quarta-feira, 27 de junho de 2012

Vettel assina contrato de três anos com Ferrari a partir de 2014, afirma emissora italiana

Sebastian Vettel já assinou contrato com a Ferrari para ser companheiro de Fernando Alonso na temporada 2014 da F1, é o que afirma o jornalista Giorgio Terruzzi da televisão italiana Mediaset Italia1. Ainda segundo Terruzzi, o vínculo do alemão com a equipe de Maranello será de três temporadas, indo até 2016.

Assim, de acordo com o italiano, a Ferrari deve decidir o companheiro de Fernando Alonso para a temporada de 2013 entre Felipe Massa e Mark Webber, que funcionaria como um tampão até a chegada de Vettel. Enquanto o brasileiro precisaria voltar a mostrar bons resultados para continuar no time, o australiano só deve custar € 5 milhões à equipe, enquanto Vettel deve ganhar € 15 milhões quando se juntar à Ferrari.

Vettel é mais um dos pilotos especulados na vaga de Felipe Massa. Nos últimos anos, além da atual dupla da Red Bull, o brasileiro viu seu lugar ameaçado – ao menos na onda de boatos – também por Nico Rosberg, Robert Kubica, Sergio Pérez, Paul Di Resta, Lewis Hamilton e Jenson Button.
Na última semana, Stefano Domenicali já havia afirmado que a Ferrari não teria problemas em contar com pilotos como Fernando Alonso e Sebastian Vettel. "Acho que eles são caras inteligentes e poderiam facilmente coexistir juntos”, opinou o dirigente, em entrevista à publicação ‘Sport Bild’, da Alemanha.

Na mesma entrevista, o chefão da F1, Bernie Ecclestone, concordou com Domenicali no sentido de que Alonso e Vettel podem ser companheiros na Ferrari, porém, disse que ainda não é o melhor momento para que o alemão siga para a Ferrari: "Ele é muito novo". FONTE: WARM UP

terça-feira, 19 de junho de 2012

Azul faz voo experimental usando combustível à base de cana


A companhia Azul Linhas Aéreas fez nesta terça-feira (19) um voo experimental usando biocombustível produzido à base de cana-de-açúcar. É o primeiro voo da empresa com este tipo de combustível. O jato Embraer 195 com convidados partiu do Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas(SP), no começo da tarde com destino ao Rio de Janeiro, cidade que abriga a Rio +20, conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável. O projeto Azul+Verde foi realizado em parceria com a empresa de produtos renováveis Amyris, a Embraer e a General Electric Company. O combustível renovável usado pela companhia foi desenvolvido para atender à necessidade de desempenho equivalente aos combustíveis convencionais derivados do petróleo, como o querosene de aviação.

Executivos da Azul e das empresas parceiras apresentaram o projeto a jornalistas e convidados em Viracopos durante a manhã. O voo experimental foi feito com 4,5 mil litros bioquerosene, misturado com querosene de aviação comum, que partiu do aeroporto de Campinas com destino ao Rio de Janeiro às 12h40. A Gol Linhas Aéreas também usou pela primeira vez o biocombustível nesta terça-feira, partindo do Aeroporto de Congonhas, em São Paulo (SP), com destino ao Rio. FONTE: G1

Rio +20: Arte na Rua

Nesses últimos dias vários artistas anônimos expõem seus trabalhos e suas criações referente ao tema que se discute na Rio + 20. Na maioria das vezes os fazem ali mesmo, sejam escultura ou performance para o visitante que por ali passa. FONTE: BLOG DA FLORESTA

QUEM GANHA ESSA: Façam suas suas apostas!

Justiça de MG decide que mulher traída deve receber indenização

Uma mulher conseguiu na Justiça o direito de ser indenizada em R$ 50 mil por danos morais e R$ 11.098 por danos materiais pelo fim do seu casamento. A decisão é da 2ª Vara Cível de Governador Valadares.

De acordo com o processo, a mulher se casou em 19 de dezembro de 2009. Na mesma data, depois da cerimônia, ela recebeu uma ligação informando que seu marido mantinha um relacionamento com outra mulher.

Ela se separou dez dias depois, quando seu marido saiu de casa e foi morar com a amante, levando alguns móveis da casa.

No processo, a mulher afirma que o fato ocasionou imenso constrangimento e humilhação. Ela ainda teria comprovado o prejuízo material.

O ex-marido alegou que foi ele quem pagou as despesas do casamento, enquanto a amante --que também foi processada-- afirmou que não poderia ser responsabilizada porque não teve culpa no fim da relação.

O juiz, porém, entendeu que os danos moral e material ficaram comprovados pelos depoimentos de testemunhas. Ainda de acordo com o juiz, no processo há provas de que, tanto no dia da celebração como nos primeiros dias do casamento, a amante ligou para a noiva falando sobre o relacionamento amoroso que mantinha com o homem com quem ela acabara de se casar.

Os dois ainda podem recorrer da decisão. FONTE: FOLHA.COM

Microsoft apresenta tablet Surface para concorrer com iPad

Nesta segunda, 18, num evento misterioso marcado de última hora pela Microsoft, Steve Ballmer (foto ao lado) apresentou o Surface, o tablet desenvolvido pela empresa para competir com o rival da Apple, o iPad.

O aparelho, claro, virá com o Windows 8 instalado de fábrica, em duas versões disponíveis: a RT e a Pro (a primeira voltada para o Surface que opera com processadores ARM, a segunda, para o aparelho munido com processadores Intel).

O portátil virá com uma capa de apoio e teclado touchscreen.

Outras especificações técnicas: o Surface com processadores ARM pesa 680 gramas, tem tela de 10,6 polegadas e 9,3 mm de espessura, com até 64 GB disponíveis para armazenamento; já a versão compatível com o Windows Pro terá espessura um pouco maior (13,5 mm), será um pouco mais pesada (903 gramas) e também terá maior capacidade de armazenamento (até 128 GB), além de suporte a USB 3.0.

A previsão é que o Surface rodando Windows 8 RT comece a ser vendido simultaneamente ao lançamento do sistema operacional, em outubro; a versão do Surface rodando o Windows Pro deverá entrar em mercado cerca de três meses depois. FONTE: SUPERDOWNLOADS

Estudante de 17 anos cria sistema de busca que pode mudar o Google

O estudante Nicholas Schiefer, de 17 anos, venceu a feira de ciências "Intel Foundation Young Scientist", que premia jovens cientistas. Ele ganhou na categoria "Ciências da Computação" por criar um algoritmo de buscas mais aprimorado que o Google. Esse sistema pode ser usado no futuro para criar um novo buscador ou para aprimorar o atual gigante da internet.

Schiefer explicou ao Wall Street Journal que os mecanismos de buscas atuais de sites e redes sociais (como o Facebook e o Twitter) exibem resultados limitados e usam palavras-chaves que não tem relação com o que os usuários realmente querem. Por exemplo, se você procura por "jogo" na internet querendo encontrar algum game, vai encontrar vários sites sobre jogos de tabuleiro, cartas e apostas. O novo algoritmo promete mudar isso.

O jovem agora disse que pretende aprimorar esse novo sistema e deixá-lo mais rápido e prático. Ele não comentou quando deseja colocar o sistema disponível aos internautas. FONTE: SUPERDOWNLOADS

domingo, 17 de junho de 2012

O dia 30 de junho de 2012 vai ter 1 segundo a mais

Esse ano vai ser mais longo do que você pensava. De acordo com uma postagem oficial do IERS (International Earth Rotation and Reference Systems Service ou, em português, Serviço Internacional de Sistemas de Referência sobre a Rotação da Terra), um segundo deve ser adicionado ao final deste mês, junho de 2012.

A proposta de se incluir um novo segundo foi colocada em debate no começo do ano, em uma reunião realizada entre o órgão e as Nações Unidas. A razão para se fazer isso é o “excesso de pontualidade” dos relógios ou, em outras palavras, um ligeiro atraso da nosso planeta Terra.

Os países ao redor do mundo utilizam relógios atômicos extremamente eficientes para controlar os seus horários. O problema é que a Terra não consegue acompanhar esse ritmo extremamente preciso durante o seu movimento diário de rotação, e acaba ficando um pouquinho para trás. Dessa forma, se faz necessário lançar mão de um pequeno “truque” para colocar tudo em ordem.

Essa não será a primeira vez que esse “segundo extra” será utilizado para essa readequação de horários. Em 24 outras ocasiões o órgão realizou o trabalho. A última foi recentemente, no dia 31 de dezembro de 2008. FONTE: MEGA CURIOSO

sábado, 16 de junho de 2012

‘Era doentia a paixão dele pela ex’, diz cunhado de mulher morta em Niterói

Casa onde Angelina Filgueiras foi morta pelo ex-marido
O cirurgião plástico Wagner de Moraes, marido da modelo Ângela Bismarchi, classificou de “doentio” o sentimento de Márcio Luiz Dias Fonseca, militar da Marinha, pela ex-mulher, Angelina Filgueiras, irmã da modelo. Os dois morreram na noite de sexta-feira (15), em Piratininga, na cidade de Niterói, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro, após uma briga na casa dela, que também envolveu o atual namorado de Angelina, Jolmar Alves Milato.

De acordo com o cirurgião plástico, Angelina, de 42 anos, contava que o ex-marido, de 48, não aceitava a separação, há cerca de três meses, após 17 anos de casados. Eles tinham uma filha, hoje com 15 anos. “Na noite anterior ao crime, na quinta-feira (14), Angelina foi visitar a filha, na casa do Márcio, em Olaria (subúrbio do Rio). Eles discutiram e ele a agrediu. Ela estava com manchas roxas no braço”, contou Wagner.

Segundo Wagner, que mora no mesmo bairro de Angelina, na noite de sexta-feira (15), um vizinho o avisou que haviam sido disparados tiros na casa dela, e que a cunhada do cirurgião plástico e o ex-marido haviam falecido. “Eu havia falado com ela uns dez minutos antes, e a alertei de que o Márcio tinha me ligado dizendo que iria fazer uma visita”, recorda ele. “Foi uma loucura. Uma loucura. Ângela e Angelina eram as únicas mulheres de sete irmãos. Elas eram as melhores amigas”, lamenta o cirurgião.

Delegado já ouviu namorado de vítima

O delegado Gabriel Ferrando de Almeida, titular da 81ª DP (Itaipu), na Região Oceânica de Niterói, afirmou que, segundo o depoimento de Jolmar, namorado de Angelina, Márcio havia invadido a casa dela, armado. Houve uma briga entre os três e ela, que é policial federal, acabou conseguindo desarmar o ex-marido. Segundo o delegado, Jolmar será indiciado por homicídio doloso.

“De acordo com o depoimento do namorado dela, Angelina teria disparado conscientemente contra o próprio peito”, afirmou o delegado. Segundo Almeida, familiares de Angelina relataram informalmente que ela teria um histórico de outras tentativas de homicídio. “Ela estaria, psicologicamente, muito debilitada, devido às ameaças que viria sofrendo do ex-marido, que dizia que mataria ela e o namorado”, complementou o delegado. Após Angelina ter supostamente disparado contra si própria, Jolmar teria conseguido pegar a arma e deu três tiros em Márcio, que morreu na hora. Angelina chegou a ser levada para o hospital, mas já chegou morta.

Até o final da manhã deste sábado, a modelo Ângela Bismarchi ainda não havia recebido a notícia da morte da irmã. Por volta das 10h30, Wagner seguia para a sede do programa A Fazenda, da Rede Record, do qual Ângela Bismarchi está participando, para dar a notícia à mulher. FONTE: G1

sexta-feira, 15 de junho de 2012

Espanha está próxima de pedir socorro para pagar contas

A economia da Espanha, uma das mais atingidas pela crise na Europa, deu nesta quinta-feira mais um sinal fraqueza.

Os juros que a Espanha precisa oferecer para atrair o interesse dos investidores pelos títulos da sua dívida chegaram aos perigosos 7%, nível que indica que o país está próximo de pedir socorro internacional para pagar suas contas. Grécia, Irlanda e Portugal precisaram de ajuda quando seus juros chegaram a esses 7%.

Na quarta-feira (13), a agência de classificação de risco Moody’s rebaixou a nota espanhola – uma consequência do socorro de 100 bilhões de euros concedido aos bancos do país em dificuldades.

Na Itália, o primeiro-ministro Mario Monti enfrentou protestos violentos contra as medidas de austeridade. Ao receber o presidente da França, François Hollande, Monti declarou que os progressos feitos até agora não foram suficientes para proteger o euro.

A primeira-ministra Angela Merkel, líder da maior economia da Europa, disse que os países precisam cumprir as regras e acabar com o círculo vicioso da dívida e que a Alemanha é forte, mas a sua força não é infinita. O rigor alemão vai ser confrontado mais uma vez com a fragilidade da Grécia. No domingo (17), o país realiza novas eleições. A Europa espera, muito preocupada, os resultados de Atenas, que podem revelar o destino da moeda única europeia. FONTE: JORNAL NACIONAL

Tabus, preconceitos e desejo de concretizar fantasias explicam a procura por prostitutas

Não seria correto dizer que o sexo é mais presente na vida das pessoas hoje do que foi no passado. O sexo, assim como a morte, sempre foi -e provavelmente será- o grande tema da vida das pessoas. A diferença é que agora é tratado de forma supostamente natural graças a uma abertura da sociedade. Homens e mulheres querem ser "bons de cama" e nada é proibido entre quatro paredes. Toda essa liberdade e sexolatria, entretanto, não parecem ter alterado o negócio da prostituição, que continua indo muito bem. Mas com tanta oferta gratuita, por que os homens ainda procuram os serviços de prostitutas?

Carmen Lucia Paz, de 47 anos, prostituta desde os 17 e formada em Ciências Sociais com e pós-graduação em Direitos Humanos, questiona essa liberação. "Ainda há dificuldade para se discutir sexualidade em todos os âmbitos da sociedade. Conosco, os homens têm liberdade de conversar sobre o que quiserem, sem medo de críticas. Eles podem liberar a fantasia, que é o nosso ganha-pão", diz ela, que é sócia-fundadora do Núcleo de Estudos da Prostituição, em Porto Alegre (RS) e militante na Rede Brasileira de Prostitutas, grupo que promove a defesa dos direitos da categoria.

Elisiane Pasini, antropóloga e doutora em ciências sociais pela Unicamp, que estuda a prostituição de mulheres há 15 anos, também discorda da ideia de total liberdade sexual. "A sociedade ainda controla a sexualidade de todas as formas. Os papéis de homens e mulheres continuam fechados. A sexualidade está numa caixinha e a gente não consegue abrir. Temos muitos preconceitos que impossibilitam as pessoas de viverem sua sexualidade como desejam”, afirma ela. "Acho que a maioria das coisas que acontecem na zona são papai-mamãe em 10, 20 minutos, pelo que percebi. Muitas vezes, o homem não brigou com a mulher, a ama, mas está lá para viver outras experiências", diz Elisiane.

HÁ AFETO - A relação entre cliente e prostituta não é totalmente destituída de sentimentos, ainda que seja breve. Mesmo sendo comercializada, é uma relação afetivo-sexual. "É assim porque envolve alguma dimensão de afeto, que, em psicanálise, diz respeito a qualquer emoção e sentimento. Assim, angústia é afeto, raiva é afeto. São relações que têm dimensão afetiva e realização sexual”, afirma Almira Rodrigues, doutora em sociologia pela UnB (Universidade de Brasilia), psicanalista e membro da Sociedade de Psicanálise de Brasília.

Para Almira, a busca dos homens por prostitutas passa pela questão psíquica e solidão. "Tem a ver com desejo e fantasia. De alguma maneira, essas pessoas não conseguem ter prazer em casa, satisfação na relação com o cônjuge e vão buscar com outras mulheres. E tem também os homens que são sozinhos, sem oportunidade de acesso ao prazer sexual, a não ser pagando", diz a psicanalista.

A antropóloga Mirian Goldenberg, que acaba de lançar o livro "Tudo o que Você Não Queria Saber Sobre Sexo" (Editora Record) e que estuda a sexualidade na classe média carioca desde 1988, ouviu várias respostas interessantes de homens que buscam prostitutas (chamadas, nesse meio social, de garota de programa). "Eles nunca usam a palavra prostituta. Garota de programa é diferente: é mais bonitinha, inteligente, cobra mais, tem classe social um pouco melhor. Elas sabem fazer sexo e não querem vínculo", diz Mirian.

SEM VÍNCULO, SEM COBRANÇA - Estar livre de vínculos e de cobranças é um dos motivos que levam os homens a procurar uma prostituta. Entre as entrevistas que antropóloga Mirian Goldenberg fez para suas pesquisas, ela lembra um rapaz de 27 anos, rico, bem-sucedido e bonito. "Ele disse que a namorada era tudo de bom, mas sempre queria discutir relação. Para ele, saía mais barato a garota de programa, a quem pagou R$ 500 para ter alguns momentos gostosos. Sexo com a namorada custava conversa, ir ao cinema, jantar, compromisso. Ele não queria isso", diz Mirian. Ela também comenta o caso de um homem casado, de 55 anos, que amava a mulher, mas pagava R$ 200 para transar com uma garota de programa. "Ele não gostava mais de fazer sexo com a mulher, não tinha tesão, mas não queria se separar."

Não ter vínculo afetivo é importante para os homens, segundo a antropóloga Elisiane Pasini. "Transam e vão embora, sem precisar voltar nem telefonar no dia seguinte. Isso fecha a história. O dinheiro dá sensação de poder e controle a eles". Segundo ela, ao procurar uma prostituta, os homens também se livram da pressão de ter de provar que são bons em competir por uma mulher. "Em uma danceteria, se querem alguém, terão de disputar. Na zona de prostituição eles não precisam, pois vão pagar. Ele sempre vai sair de lá se sentido gostoso. Ele foge da pressão de ter de ser o bom em tudo e não tem de se esforçar", diz Elisiane.

Breve história da prostituição no Brasil

No Brasil dos séculos 17 e 18, prostituir-se era uma forma de sobrevivência. "No século 18 se tornou um negócio mais organizado, nas chamadas casinhas, que ficavam ao redor das cidades. Havia verdadeiras gerações de avós, mães e filhas que iam se prostituindo para manter parentes idosos e filhos pequenos", conta a historiadora Mary Del Priore, que estuda a sexualidade no Brasil ao longo dos séculos e autora do livro "Histórias Íntimas - Sexualidade e Erotismo na História do Brasil" (Ed. Planeta) e de "A Carne e o Sangue" (Ed. Rocco).

A partir da metade do século 19, surge uma modificação: o fenômeno da exploração de mulheres por homens nos bordéis. "Esse tipo de comércio é desenvolvido sobretudo por europeus que fazem o comércio das polacas. Elas são chamadas de cocotes e promovem a ascensão das loiras no Brasil. A clientela é rica e, para um senador do império ou senhor de engenho, ter uma cocote era sinal de prestígio", conta Mary.

No final do século 19 e início do 20, o empobrecimento da Europa às portas da primeira Grande Guerra provoca uma onda de prostitutas a caminho do Brasil que aumentou com as brasileiras que vão se prostituir por serem mulheres de moral duvidosa para a sociedade.

A chegada da Aids promoveu uma valorização das relações monogâmicas. No final dos anos 1980 e começo dos 1990, surge a garota de programa, meninas de classe média que veem na prostituição uma forma de ganhar dinheiro sem que a família saiba.

"No passado, elas eram vistas como uma saída, um ralo pelo qual deveria escoar o desejo dos homens, para que não ambicionassem mulheres casadas ou virgens casadoiras. Ela tinha a função de satisfazer esse desejo. Não haveria risco de uma virgem ser ameaçada pelo desejo de um homem. Mas, com as transformações culturais e morais, isso tudo caiu por terra." FONTE: BOL

Rússia diz que não repassará mais helicópteros para a Síria

A Rússia informou na manhã desta sexta-feira (15) que não vai mais repassar helicópteros para a Síria, num gesto que pode ser considerado a primeira mudança de postura vinda de Moscou na questão, uma vez que o país vinha se mostrando aliado do governo do presidente Bashar al Assad.

É cada vez maior a pressão para que o governo sírio sofra sanções na tentativa de interromper o massacre contra oposicionistas e até mesmo contra a população civil. FONTE: G1

Laudo do IML indica que executivo da Yoki foi decapitado ainda vivo

Um laudo que faz parte do inquérito que apura a morte do empresário Marcos Matsunaga, diretor-executivo do grupo Yoki, indica que a vítima foi decapitada quando ainda estava viva. Nesta quinta-feira (14), a polícia entregou o inquérito à Justiça de Cotia, na Grande São Paulo, com um pedido de prisão preventiva para que Elize Matsunaga fique na cadeia até o julgamento.

Para a polícia, o caso está encerrado. Durante a investigação, a mulher de Marcos confessou que matou e esquartejou o empresário no apartamento da família, na Zona Oeste de São Paulo. Ela disse que, durante uma discussão sobre a traição do marido, levou um tapa no rosto, pegou uma pistola na gaveta e atirou, a mais de 1,5 metro de distância.

O laudo dos peritos aponta outra versão: no momento do tiro, Marcos estava abaixado. Elize estava de pé quando atirou, de cima para baixo e à queima roupa. Os vestígios de pólvora no rosto da vítima, vindos da arma, indicam que a distância era curta.

O laudo indica que Marcos Matsunaga morreu por choque traumático, causado pela bala, e asfixia respiratória por sangue aspirado devido à decapitação.

Para o advogado Luiz Flávio D'Urso, que representa a família Matsunaga, o crime foi premeditado e o documento desmente a versão de Elize, que disse ter esquartejado o marido dez horas depois da morte. "O que leva à conclusão de que estamos diante de disparo de arma de fogo que não o matou e que, posteriormente, segundo o laudo, em razão de ele ter tido o pescoço cortado ainda vivo, se asfixiou com o sangue decorrente desta degola", disse D'Urso.

O professor de medicina legal da Universidade de São Paulo (USP) Henrique Soares explicou ao Jornal Nacional o que significa o resultado do laudo. “Significa que a vítima ainda estava viva quando foi decapitada. Tomou um tiro, provavelmente estava inconsciente, em estado de coma, e nesse estado foi submetido à decapitação, momento no qual houve a aspiração do sangue. Estou lendo um laudo, não participei da necropsia”, disse.

O advogado da família diz que, com esse laudo, deveria ser investigado se Elize premeditou o crime. "Isso precisa ser melhor apurado. A questão da premeditação mais do que nunca agora deve ser profundamente investigada", afirmou D'Urso.

Na conclusão do inquérito, uma dúvida da investigação foi esclarecida: onde estava a babá no momento do crime? As imagens do elevador divulgadas pela polícia mostram que ela chegou com a família na noite de 19 de maio. Depois disso, só Marcos Matsunaga aparece diante da câmera. Agora se sabe que a babá foi embora pelo elevador de serviço, às 19h30 da noite, como mostra uma foto obtida pela polícia.

Trâmite na Justiça - Os próximos passos do caso serão dados na Justiça, que vai decidir se o processo fica em Cotia, onde o corpo do empresário foi encontrado, ou se ficará na capital paulista, onde aconteceu o assassinato. A decisão deve ser tomada nos próximos cinco dias.

Elize Matsunaga está presa na cadeia de Itapevi, também na Grande São Paulo. O advogado dela, Luciano Santoro, disse que não teve tempo para analisar os laudos anexados ao inquérito e que vai aguardar a Justiça se pronunciar sobre a conclusão das investigações e o pedido de prisão preventiva.

A morte - O empresário foi morto com um tiro na cabeça e esquartejado com uma faca na noite de 19 de maio no apartamento do casal, na Zona Oeste da capital paulista. No dia 27 do mês passado, pedaços do corpo foram encontrados em sacos plásticos em Cotia.

Elize foi presa em 5 de junho. O prazo da prisão temporária é de 15 dias. Para a Polícia Civil, após ouvir o depoimento de nove pessoas, a investigação concluiu que o crime foi passional e não premeditado.

Elize contratou um detetive particular que flagrou Marcos traindo a mulher com uma garota de programa, função que a indiciada também exercia até conhecer o executivo.

Em seu interrogatório no Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP), a viúva disse que discutiu com Marcos ao descobrir a traição e que só atirou com uma pistola após ter sido ofendida e agredida por ele. Ela levou cerca de quatro horas para desmembrar o corpo e colocar em três malas.

A faca e as malas não foram encontradas. A arma passou por perícia. Elize foi indiciada (responsabilizada formalmente pelo crime) por homicídio duplamente qualificado, por motivo cruel e fútil, e ocultação de cadáver.

Herança - A confissão de que assassinou o marido pode levar Elize a perder qualquer direito sobre a herança e até mesmo sobre a administração dos bens da filha do casal.

A declaração de indignidade, porém, como é chamado o procedimento que exclui um herdeiro dos direitos sucessórios, não é automática, e depende de uma ação proposta por outros herdeiros ou pelo Ministério Público.

“Se Elize não tivesse praticado nenhum crime, ela teria direito a concorrer com os filhos do executivo pela herança, mas diante da prática e da confissão do crime, ela deve ser declarada indigna. Essa declaração, no entanto, não é automática. Algum outro herdeiro precisa entrar com a ação para que o juiz declare formalmente a indignidade”, afirmou ao G1 o advogado Nelson Susumu, presidente da Comissão de Direito de Família da OAB/SP. A Justiça prevê o prazo de quatro anos para que se promova a ação de exclusão de herdeiro por indignidade.

O crime exclui Elize dos direitos de herança do marido, mas a filha do casal irá herdar todos os bens do pai junto com seus outros filhos, segundo advogados ouvidos pelo G1. Já o direito de administrar esses bens, pelo menos enquanto Elize estiver presa, em julgamento, ou após uma possível condenação, não deverá ser da mãe da criança.

“O ato de indignidade regula uma pena civil para o crime, por isso ela perde também, neste momento, o direito de administrar os bens da filha. Quem deverá cuidar dessa herança será o tutor, aquele que tiver a guarda da filha do casal”, explica César Klouri, presidente da Comissão de Direito Civil da OAB/SP.

O advogado Braz Martins Neto, que cuida dos interesses da família Matsunaga na área civil, afirmou que a criança permanece sob os cuidados de uma tia, no apartamento do casal. A família Matsunaga vai visitar a menina quando quer. O advogado afirmou ao G1 nesta quinta-feiraque Elize não deve estar entre os herdeiros de Marcos Matsunaga. “Por força do dispositivo 1814 do Código Civil, Elize será excluída da sucessão”, afirmou.

O código prevê que o autor, co-autor ou partícipe de homicídio doloso não receberá herança. Segundo ele, a exclusão independe de uma solicitação da família. “Nesses casos, o Ministério Público deve fazer esse pedido em favor da filha do casal. Como se trata de um menor, os direitos não permitem nenhuma concessão”, disse. FONTE: G1

quinta-feira, 14 de junho de 2012

Aos 18 anos, jovem ganha prêmio de R$ 2 mil por semana até o fim da vida

Apenas dias depois de ter concluído o segundo grau nos EUA, um estudante teve a surpresa que mudaria toda sua vida. Robert Salo acertou os números de uma loteria cujo prêmio é US$ 1 mil (cerca de R$ 2 mil) por semana pelo resto da vida.

Em entrevista à emissora ABC News, o estudante disse que não conseguiu dormir a primeira noite que soube que tinha ganhado na loteria. “Fiquei acordado a noite inteira, andando pela casa. Não conseguia comer, beber, estava muito feliz”, disse.

Segundo a emissora, Robert também continua no seu emprego. Ele teve apenas alguns minutos para dar entrevista enquanto trabalhava. Morador do Brooklyn, em Nova York, ele contou que não costumava comprar bilhetes de loterias, mas dessa vez sentiu que seria diferente.

“Algo me atraiu àquela loteria. Eu estava no lugar certo, na hora certa”, contou o estudante, que afirmou ter gastado apenas US$ 2 (cerca de R$ 4) num bilhete no dia 14 de maio em uma loja de conveniência em Coney Island.

Esta semana, Robert recebeu um cheque de US$ 1 milhão da mesma loja –o primeiro de muitos que ainda deve receber. O prêmio garante a ele uma pagamento mínimo de US$ 1 milhão pelos próximos 20 anos e um cheque anual de US$ 52 mil por ano pelo resto da vida.

Aos 18 anos, o adolescente é a pessoa mais jovem a ganhar o prêmio. Ele pode receber mais de US$ 3 milhões se viver até os 80.

O estudante disse que usará o dinheiro para pagar a universidade e ajudá-lo na carreira de engenheiro elétrico. No entanto, já está de olho no primeiro presente que quer dar a si mesmo. “Uma BMW, claro, tenho que dar uma volta numa”, comemora.

O prêmio veio num bom momento também para a mãe de Robert, que contou ao jornal New York Daily News que ainda não sabia como poderia pagar pela universidade do filho. “Eu tinha dito que se tivesse que trabalhar em dois empregos, trabalharia para que ele fosse para a universidade que quisesse”, disse. FONTE: G1

Após mostrar seio, Madonna abaixa a calça no palco durante show em Roma

Madonna mais uma vez abusou de seu dom especial: o de criar uma boa polêmica. Após a cantora surpreender uma multidão de fãs que acompanhavam um show ao mostrar o seio, agora ela foi ainda além.

Desta vez, a Rainha do Pop não pensou dua vezes antes de abaixar a calça e mostrar seu bumbum para o público, além de sua calcinha fio dental preta. O fato aconteceu na noite de terrça-feira (12), durante o show da turnê MDNA World Tour no Stadio Olimpico de Roma, na Itália.

A estrela da música pop chega ao Brasil em dezembro com a turnê do recém-lançado álbum MDNA. Os shows acontecem no Rio de Janeiro (1º/12), em São Paulo (4 e 5/12) e em Porto Alegre (9/12). A turnê prosseguirá até o início de 2013, com um último show na Austrália. FONTE: VÍRGULA

quarta-feira, 13 de junho de 2012

Casal é indiciado na Bósnia por escravizar alemã

Bettina Siegner é o local onde vivia como escrava
A justiça bósnia indiciou um casal local acusado de ter detido como escrava durante seis anos uma jovem alemã, Bettina Siegner, libertada em maio e mantida em uma "casa segura" na Bósnia, informaram nesta quarta-feira fontes judiciais.

"A promotoria indiciou Milenko e Slavojka Marinkovic por privação ilegal de liberdade realizada de forma cruel", declarou à AFP um porta-voz da promotoria, Admir Arnautovic.

"São acusados de ter sequestrado esta menina (...), de ter provocado ferimentos corporais, de tê-la tratado de forma desumana, de tê-la deixado sem comida e obrigado a realizar trabalhos agrícolas difíceis", acrescentou.

Enfrentam uma pena de dois a oito anos de prisão.

Bettina Siegner, de 19 anos, foi libertada em meados de maio pela polícia na localidade de Karavlasi (nordeste), onde estava detida desde "o fim de 2005", segundo a promotoria.

As autoridades foram alertadas por moradores de um povoado vizinho.

A mãe da jovem Bettina, Christine Siegner, havia confiado em 2005 a guarda de sua filha, quando ela tinha 12 anos, ao casal Marinkovic, que ela conheceu na Alemanha, para onde fugiram durante a guerra na Bósnia (1992-1995).

Segundo a promotoria, Siegner visitava a Bósnia de vez em quando. A promotoria também estuda acusar a mãe. FONTE: FRANCE PRESSE

Série de atentados deixa quase 60 mortos no Iraque

Pelo menos 56 pessoas morreram e mais de 100 ficaram feridas nesta quarta-feira em uma série de atentados com carros-bomba em Bagdá e várias localidades ao sul e ao norte da capital iraquiana, informaram fontes policiais à Agência Efe.

Segundo as fontes, 11 veículos carregados com explosivos foram detonados em diferentes pontos do país no começo da manhã. Os atentados aconteceram próximos a grupos de peregrinos reunidos para um festival religioso marca o aniversário da morte do imã xiita Moussa al-Kadhim.

O atentado mais mortífero ocorreu na cidade de Al Hilla, 100 quilômetros ao sul de Bagdá, onde pelo menos 20 pessoas faleceram e 40 ficaram feridas.

Dentro da capital, houve ataques no bairro de Al Kazamiya, no norte, onde pelo menos sete pessoas morreram e 22 ficaram feridas; e na Praça de Oqba Ibn Nafea, no centro, que deixou seis mortos e 12 feridos.

Além disso, pelo menos nove pessoas morreram e outras 21 foram feridas pela explosão de outro carro-bomba perto de um centro comercial em uma estrada ao sul de Bagdá.

Também foram registradas explosões similares na cidade de Al Madaem, 30 quilômetros ao sul da capital; e no cruzamento de estradas de Al Nahrawan, ao sudeste de Bagdá, que deixaram cinco mortos e 22 feridos.

As fontes indicaram que em Al Balad, 80 quilômetros ao norte de Bagdá, a explosão de dois carros-bomba matou quatro pessoas e feriu outras 20.

Em Tikrit, 190 quilômetros ao norte da capital, um policial e dois civis ficaram feridos por duas explosões similares.

Além disso, as forças de segurança desativaram duas bombas colocadas em veículos, em operações que não causaram vítimas.

A violência segue em elevação no Iraque, cenário de atentados dirigidos principalmente contra alvos xiitas e as forças de segurança. Esses ataques se intensificaram desde a saída das tropas americanas, em 18 de dezembro.

A isso se soma a crise política desencadeada após a ordem de detenção contra o vice-presidente sunita, Tareq al-Hashemi, um dia depois do recuo americano. FONTE: EFE

USP é eleita a melhor universidade da América Latina

O ensino superior do Brasil vai bem, pelo menos se comparado apenas com as universidades latinas.

É isso que mostra um ranking divulgado hoje pelo QS, grupo britânico responsável por uma das principais classificações universitárias do mundo, a Top Universities.

A listagem latina traz a USP como a melhor universidade da região. Entre as dez primeiras há mais duas brasileiras: a Unicamp (3º lugar) e a UFRJ (9º). As demais instituições do topo são do Chile, do México e da Colômbia.

Nesta edição, o Brasil tem 65 universidades entre as 250 melhores da região. Isso significa que uma em cada quatro universidades de qualidade nos 19 países latinos analisados pelo QS é brasileira.

Segundo Catarina Roscoe, consultora do QS, o bom desempenho se deve a um investimento maior em educação.

"O governo brasileiro tem claramente priorizado o investimento em educação. A porcentagem da despesa pública investida em educação cresceu de 10,5% em 2000 para 17,4% em 2008", diz.

Mas os resultados não são animadores para todo o país. A UnB (Universidade de Brasília), por exemplo, caiu do 11º lugar no ranking passado, quando foi feita a primeira edição latina, para o 25º, ultrapassada por seis brasileiras.

A queda da UnB pode estar relacionada a problemas no envio dos dados analisados -como a quantidade de professores com doutorado (o que vale 10% da nota que cada universidade recebeu).

Para o matemático Renato Pedrosa, coordenador associado do Centro de Estudos Avançados da Unicamp, os rankings não contam "toda a história". "Mas, se interpretados apropriadamente, podem indicar a direção de um sistema de ensino superior."

"O Brasil e a América Latina têm um longo caminho a percorrer. Talvez entender como Reino Unido, Austrália, Hong Kong e Coreia do Sul têm trabalhado seja um começo", afirma Pedrosa.

ADAPTAÇÃO LATINA - Na última listagem internacional divulgada pelo QS no ano passado, a USP apareceu em 169º lugar e a Unicamp, em 235º, dentre as 600 instituições avaliadas.

O desempenho do Brasil é pior do que o da China, mas está à frente de Índia e Rússia.

Para avaliar especificamente as universidades latinas, o QS adaptou os pesos de alguns dos critérios usados no ranking mundial.

A opinião dos empresários (foram consultados 11.580 nomes) sobre as universidades, por exemplo, teve o dobro do peso no ranking latino. FONTE: FOLHA.COM