sábado, 14 de abril de 2012

Governo do Rio cancela multa dada a deficiente durante blitz da Lei Seca

O governo do Rio de Janeiro divulgou nota oficial afirmando que cancelou a multa aplicada à carioca Esther Braescher Naveira, 36, que foi parada em uma blitz da Lei Seca, no Jardim Botânico, na última sexta-feira (06). Esther tem o lado esquerdo do rosto paralisado e, por isso, apresenta dificuldades na fala - o fiscal, entretanto, achou que ela estava alcoolizada e a multou. 

"Eu apontava para o adesivo, mas o fiscal insistia", contou ela ao UOL por telefone. O adesivo a que Esther se refere é o adesivo azul colado no vidro da frente do seu carro, que sinaliza que o condutor do veículo é uma pessoa portadora de necessidades especiais.

Segundo ela, mais de um fiscal acompanhava a blitz e, mesmo assim, ninguém checou os adesivos ou a ouviu quando disse que não bebia. Ela foi submetida ao teste do bafômetro --o qual não conseguiu fazer devido às limitações - e multada em R$ 957,70.

“Eles não têm preparo algum para casos como o meu”, desabafou. Na nota, o coordenador da operação, major Marco Andrade, pede desculpas à portadora de deficiência. fonte: UOL

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário ou sugestão: