segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

Cientistas suecos criam computador mais esperto que 96% dos humanos

Um grupo de pesquisa da Universidade de Gotemburgo, na Suécia, projetou o primeiro computador que pode ser tecnicamente classificado como um “gênio”, informou o DailyMail. A máquina fez 150 pontos em um teste de QI, façanha conseguida por apenas 4% dos humanos. A maioria das pessoas – e dos robôs – não costuma ter uma pontuação superior a 100.

Para obter esse resultado, o programa usa uma mistura de lógica matemática e um pouco de psicologia, o que lhe permite imitar o padrão de pensamento humano. "Nós estamos tentando fazer softwares que sejam capazes de descobrir os mesmos tipos de padrões que os humanos podem ver", explicou o pesquisador Claes Strannegård, líder do grupo.

Testes de QI são baseados em dois tipos de problemas: aqueles envolvendo padrões visuais e os que envolvem deduzir sequências numéricas. Segundo Strannegård, a combinação de matemática com psicologia foi o segredo do alto desempenho do computador, que lhe teria permitido fugir do básico e encontrar respostas menos óbvias. 

"Um, dois - o que vem depois? A maioria das pessoas diria 3, mas poderia também ser uma sequência de repetição como 1, 2, 1 ou uma sequência de duplicação como 1, 2, 4. Nenhuma destas alternativas é mais matematicamente correta do que os outras. O problema é que a maioria das pessoas já aprendeu o padrão 1-2-3”. 

Para os pesquisadores, o método também pode ser usado para identificar padrões em quaisquer dados com componentes psicológicos, permitindo, por exemplo, fazer previsões sobre o mercado financeiro. fonte: UOL

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário ou sugestão: