segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Brasileiros que estavam em base na Antártida chegam ao Rio de Janeiro

O voo com 41 brasileiros que estavam na base incendiada da Marinha na Antártida chegou ao Rio de Janeiro pouco depois de 1h desta segunda-feira (27). O grupo é formado por 26 pesquisadores, 12 operários do arsenal da Marinha, um alpinista, um funcionário do Ministério do Meio Ambiente e um militar ferido, de acordo com a Marinha. A Estação Comandante Ferraz foi atingida por um incêndio na madrugada deste sábado (25), que matou dois militares.

O militar ferido, o sargento da Marinha Luciano Gomes Medeiros, chegou no Rio de Janeiro de cadeira de rodas e será transferido de ambulância para o Hospital Naval Marcílio Dias.

O voo saiu de Punta Arenas, no Chile, durante a tarde deste domingo (26), para onde os brasileiros foram transportados pela Força Aérea da Argentina. Antes de aterrissar na Base Aérea do Galeão, na Ilha do Governador, a aeronave faz uma parada em Pelotas pouco depois das 21h de domingo (26). Três pesquisadores da Unisinos, de São Leopoldo (RS), e um funcionário de Ibama desembarcaram na cidade.

O ministro da Defesa, Celso Amorim, e o comandante da Marinha, o almirante de esquadra Julio Soares de Moura Neto estão na pista da Base Aérea do Galeão para acompanhar a chegada dos brasileiros. Segundo Amorim, os corpos do suboficial Carlos Alberto Vieira Figueiredo e do sargento Roberto Lopes dos Santos, que estão na base chilena Eduardo Frei, devem chegar ao Rio de Janeiro na terça-feira (28).

A Marinha do Brasil afirmou em nota neste domingo (26) que 70% das instalações da Estação Antártica Comandante Ferraz foram destruídas. Todo o prédio principal da base, onde ficavam o alojamento e alguns laboratórios de pesquisa, foi atingido pelo fogo. Ficaram intactos os refúgios – módulos isolados usados apenas em emergências – e os laboratórios de meteorologia, de química e de estudo da alta atmosfera, assim como os tanques de combustíveis e o heliponto. fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário ou sugestão: