terça-feira, 13 de dezembro de 2011

ONU: Canadá continua obrigado a combater mudanças climáticas

A máxima autoridade da ONU sobre mudanças climáticas lamentou, esta terça-feira, a decisão do Canadá de se retirar do Protocolo de Kioto, e advertiu que de qualquer forma o país continua legalmente obrigado a contribuir com a luta contra o aquecimento global.

Christiana Figueres, secretária-executiva da Convenção-quadro sobre as Mudanças Climáticas da ONU, se disse surpresa de que o Canadá tenha anunciado a decisão em um momento em que mais de 190 países estão procurando chegar a um acordo sobre este tema em Durban, na África do Sul.

"O Canadá tem uma obrigação legal, conforme a Convenção à qual aderiu, de reduzir suas emissões e uma obrigação moral diante de si mesmo e das futuras gerações" de "contribuir para estes esforços", afirmou.

"Países industrializados como o Canadá, que aumentaram consideravelmente suas emissões de gases de efeito estufa desde 1990, estão em uma posição de fragilidade para pedir aos países em vias de desenvolvimento a limitar suas emissões", reforçou a funcionária internacional, em um comunicado. FONTE: AFP

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário ou sugestão: