domingo, 23 de outubro de 2011

Tremor pode ter deixado entre 500 e mil mortos na Turquia

O terremoto de magnitude 7,2 e suas réplicas que atingiram a região leste da Turquia na manhã deste domingo podem ter deixado entre 500 e mil mortos, alertou o Observatório Kandilli, o principal instituto geológico do país, segundo a emissora CNN Türk.

O vice-primeiro-ministro turco, Besir Atalay, disse em coletiva à imprensa que ao menos dez prédios desabaram na cidade de Van e que entre 25 e 30 edifícios foram destruídos no distrito de Ercis, também próximo ao epicentro do tremor.

Em nota, o gabinete do premiê Recep Tayyip Erdogan disse, sem mencionar números, que a situação é preocupante e que certamente há vários mortos, acrescentando que o mandatário já se prepara para ir à região para avaliar os danos.

Segundo o USGS (Serviço Geológico dos Estados Unidos, na sigla em inglês), o sismo teve profundidade de apenas 7,2 km e magnitude 7,2. Inicialmente houve indicação de que o tremor tivesse magnitude de 7,6, mas o valor foi revisado para 7,3 e por último foi estabelecido como 7,2.

Várias casas desabaram, informou a agência de notícias Anatolia, acrescentando que ao menos outros seis temores secundários ocorreram após o primeiro.

Em 1976, um tremor na cidade de Caldiran, na mesma província de Van, deixou 3.840 mortos.

Imagens das emissoras de TV da Turquia mostram pessoas desesperadas nas ruas e muitos prédios destruídos. Equipes de emergência foram enviadas para diversos locais da região e ao menos um prédio é alvo de uma operação especial por haver pessoas presas sob os escombros.

O tremor cortou a distribuição de eletricidade na região que é próxima à fronteira com o Irã.

Linhas de telefone também estão desativadas e o premiê, Recep Tayyip Erdogan, já partiu rumo à cidade de Van para avaliar os danos.

Riscada por falhas geológicas, a Turquia registra pequenos tremores de terra praticamente numa frequencia diária, mas grandes terremotos em 1999 deixaram mais de 20 mil mortos.

Em maio deste anos, dois morreram e 79 ficaram feridos quando um tremor atingiu a região de Simav, no nordeste do país. FONTE: AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário ou sugestão: