quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Companhia aérea japonesa é a primeira a receber novo Boeing 787

A companhia aérea japonesa All Nippon Airways (ANA) foi a primeira a receber nesta quarta-feira, com mais de três anos de atraso, o novíssimo avião 787 Dreamliner da Boeing.

A aeronave pousou por volta das 9h locais (21h em Brasília) no aeroporto Haneda de Tóquio, em um evento acompanhado pelos meios de comunicação, empresários e por fãs da aeronáutica.

A Boeing afirma que seu novo avião consome 20% a menos que os aparelhos do mesmo tamanho no mercado, um critério fundamental para companhias cada vez mais confrontadas com a alta nos preços dos combustíveis.

A produção do 787 foi marcada por vários problemas técnicos, que custaram bilhões de dólares a Boeing e provocaram muitos cancelamentos.

A ANA, que fez um pedido de 55 aparelhos, esperava receber seu primeiro avião antes dos Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008.

O diretor-geral da ANA, Shinichiro Ito, reafirmou nesta quarta-feira que o Boeing 787 terá um "papel-chave" na frota do grupo e em sua expansão internacional.

A primeira rota internacional do 787 será entre Tóquio e Hong Kong, seguida por Tóquio-Pequim, no final do ano, e por Tóquio-Frankfurt, no início de 2012.

A aeronave de longo alcance custa US$ 200 milhões e tem um elegante design. A Boeing vendeu mais de 800 Dreamliners, que competirão com o futuro Airbus A350, que ficará pronto provavelmente em meados desta década.

A Boeing espera elevar a produção do 787 para 10 unidades por mês até o final de 2013, enquanto acelera a produção do 737, que passou por uma atualização, e se prepara para montagem do cargueiro 767 para a força aérea dos Estados Unidos. FONTE: FRANCE PRESSE/REUTERS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário ou sugestão: