domingo, 31 de julho de 2011

Acordo para evitar calote dos EUA será feito no prazo, diz Obama

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, fez um pronunciamento rápido na noite deste domingo sobre a renegociação do aumento do teto da dívida dos Estados Unidos.
Em um período de aproximadamente cinco minutos, Obama declarou que o acordo será feito dentro do prazo (cuja expiração ocorre em 2 de agosto), e que "os líderes de ambos os partidos desejam o acordo". O presidente também disse que o corte de gastos do país deve ser de US$ 1 trilhão ao longo de dez anos. No total, os cortes devem extrapolar US$ 2 trilhões, em uma segunda etapa do plano ainda não detalhada. Tanto os republicanos quanto os democratas concordam com a meta, segundo o presidente. "Não concluímos ainda. Eu quero alertar os membros de ambos os partidos para que tomem a atitude certa, e para que apoiem esse acordo", declarou o presidente, que também classificou como "devastador" o efeito de um possível calote do país norte-americano. Após o comunicado, Obama saiu sem falar com os jornalistas. O Senado deve votar a proposta já na manhã de segunda-feira, segundo informou a Reuters. Os mercados reagiram bem à declaração do presidente dos Estados Unidos: a bolsa japonesa teve ganho de 1,6%, enquanto o euro teve crescimento sobre o dólar e o iene, segundo o "The Wall Street Journal". Antes, o líder democrata Harry Reid declarou que a negociação com o presidente Barack Obama e com os republicanos para aumento do teto já chegara à conclusão. Agora, segundo informou o gabinete de Reid às emissoras NBC e CNN, o acordo dependeria apenas de ratificação dos parlamentares do Partido Democrata. NOVELA - O aumento do teto da dívida deve acontecer a fim de evitar que o país entre em default (suspensão de pagamentos), ao atingir o limite de seu endividamento na terça-feira. Também hoje, o Senado americano travou a tentativa do líder democrata, Harry Reid, de colocar sua nova proposta sobre o aumento do teto da dívida dos Estados Unidos em votação para evitar que o país entre em default (suspensão de pagamentos), ao atingir o limite de seu endividamento na terça-feira. Com o resultado de 50 votos a 49, o plano do senador Harry Reid não conseguiu a maioria necessária (60 votos) para avançar. Com a votação emperrada, as negociações sobre o assunto continuam hoje. A sessão, que estava prevista anteriormente para a 1h de hoje no horário local, havia sido adiada 12 horas dar mais tempo às conversas dos democratas com os republicanos sobre um acordo bipartidário. Mesmo que a proposta passe no Senado, ela ainda precisará ser votada na Câmara de Representantes, onde a oposição republicana possui a maioria das cadeiras. O líder republicano, Mitch McConnell, disse mais cedo que os negociadores do deficit estavam perto de um acordo de US$ 3 trilhões em cortes de gastos e que o plano incluiria um aumento de US$ 2,4 trilhões no limite do endividamento dos Estados Unidos --atualmente em US$ 14,3 trilhões. O novo valor seria suficiente para o governo arcar com suas obrigações até 2012. Na sexta-feira, os senadores recusaram o plano republicano sobre o tema, que havia sido aprovado cerca de duas horas mais cedo pela Câmara de Representantes. A proposta, apresentada pelo presidente da Câmara, o republicano John Boehner, buscava elevar o teto da dívida americana em duas etapas. Sem o aumento do teto da dívida até 2 de agosto, os americanos podem enfrentar elevação da taxa de juros e a queda do dólar. Com o aumento do custo das taxas de empréstimo, hipotecas e empréstimos estudantis ficam mais caros e o efeito é sentido por grande parcela da população. As controvérsias, entretanto, prosseguiram no começo da noite. Democratas da Câmara de Representantes (deputados) dos Estados Unidos podem se opor ao acordo de teto da dívida, cuja finalização foi anunciada hoje pelo senador Harry Reid, também democrata. A declaração foi dada pela líder do partido na Câmara, Nancy Pelosi. "Nós podemos não apoiar isso", declarou a deputada a repórteres nos Estados Unidos. TRÂMITE - Veja como, possivelmente, o aumento do teto se desenrolará no Parlamento: - Assim que for alcançado um acordo sobre o limite do endividamento do país, o líder da maioria no Senado, Harry Reid, buscará o apoio unânime para incorporar ao acordo condições impostas ao plano. - Se nenhum dos senadores fizer objeções, o Senado endossaria rapidamente a proposta revisada e a enviaria à Câmara dos Deputados, para votação. - Normalmente, a Câmara leva três dias entre a introdução de um projeto e sua aprovação final, mas essa regra foi deixada de lado e a votação poderá ser realizada horas depois de o Senado dar seu aval. - Assim que a Câmara aprovar a medida, a legislação sobre aumento do teto do endividamento do país será enviada para sanção do presidente Barack Obama. - Num outro cenário, se apenas um senador impuser objeções, Reid convocaria uma votação sobre procedimentos para a matéria a 1h da terça-feira (2h da madrugada em Brasília) para que o projeto possa seguir adiante. Essa votação poderá ser realizada mais cedo, se nenhum senador se opuser. - Se o projeto obtiver os 60 votos necessários para seguir adiante, uma votação final ocorreria às 7h de quarta-feira (8h em Brasília). Esse cronograma também poderá ser antecipado, se não houver objeções. - Depois disso, o projeto aprovado iria para a Câmara e, em seguida, para a sanção de Obama. FONTE: AGÊNCIAS INTERNACIONAIS

Pesquisas resultam em novas tecnologias e mais criatividade para uso do celular

Para muitas pessoas os aparelhos celulares servem apenas para receber e fazer ligações. Já para os pesquisadores do Instituto Nokia de Tecnologia (INdT) a função destes aparelhos vai além da básica e, diariamente, instigam a criatividade para dar uma cara nova ao celular.
Os últimos aplicativos criados permitem que os usuários apaguem velas de um bolo de aniversário soprando a tela do aparelho e que a tela inicial seja desbloqueada ao reconhecer o rosto de seu proprietário. O processo criativo destes profissionais é constante e pode surgir através de um tema pré-estabelecido ou mesmo em um bate-papo informal no cafezinho. “Estamos diariamente pensando em coisas novas e em maneiras diferentes, úteis e sustentáveis de usar o celular”, disse o líder do projeto “Feliz Aniversário”, Allan Bezerra. O aplicativo já foi traduzido para o espanhol e inglês e conquistou usuários da Nokia em todo mundo. Na tela o usuário vê um bolo de aniversário cheio de velas acesas e, ao fundo, a tradicional música “parabéns pra você”. Em m dado momento o programa emite a mensagem: “pode assoprar as velas” e com um sopro na tela as velas são digitalmente apagadas. Esse sistema é o mesmo utilizado no aplicativo “Heolix” onde o usuário sopra um cata-vento e recebe informações sobre o sistema eólico de geração de energia. De acordo com o desenvolvedor de software, André Pedralha, o segredo dos dois aplicativos é que eles captam o som emitido pelo sopro, através do microfone do celular. “Até então, discutíamos como fazer isso e em uma das nossas experimentações vimos como o microfone captava o som, e deu certo”. O grupo de pesquisadores do Instituto criou ainda um aplicativo - também acionado pelo microfone - para auxiliar tetraplégicos. “Hoje, o celular é muito mais que um aparelho de comunicação à distância”, diz Allan Bezerra. Segundo ele, outro aplicativo com função social é o do sensor que informa deficientes auditivos quanto a emissão de sons a sua volta. “Dependendo do grau de deficiência e da afinidade do usuário com o aplicativo ele consegue identificar e diferenciar o ruído de uma voz humana do som de uma campainha”. Todos estes aplicativos já renderam diversos prêmios ao grupo, composto em sua maioria por amazonenses. O último foi conquistado em Londres, com o aplicativo que ganhou o nome de “Facelock”. Na ocasião, a Nokia reuniu usuários do mundo inteiro e perguntou o que eles gostariam de ter no celular e para desenvolver os aplicativos convidou pesquisadores de vários países. Os profissionais, incluindo os do INdT - os únicos brasileiros - tiveram 72 horas para desenvolver os softwares. “Um dos usuários queria que o aparelho reconhecesse o rosto do usuário e criamos, em tempo recorde, o ‘Facelock’”, comemora Allan. Os aplicativos da Nokia, exceto o ‘Facelock’, estão disponíveis no site www.nokia.com.br. Parceria - Alunos da Universidade Federal do Amazonas criaram 12 aplicativos com o tema ‘sustentabilidade’ O Instituto Nokia de Tecnologia (INdT) tem parceria com a Universidade Federal do Amazonas (Ufam) e 15 alunos da instituição trabalham também na criação de aplicativos. Desde o início desde ano, o grupo criou 12 aplicativos todos baseados no tema sustentabilidade. De acordo com o coordenador do Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Tecnologia Eletrônica e de Informação (Ceteli), Vicente Lucena Junior, atuam no programa alunos dos cursos de design, engenharia elétrica e engenharia e ciência da computação. “São alunos dos cursos de graduação e de pós e são selecionados através de uma avaliação e do histórico escolar”, explica. Em média o grupo desenvolve um software por mês e, segundo Vicente, o prazo deverá ser estendido para dois meses para que os alunos possam detalhar ainda mais cada processo de criação. Diariamente, dedicam à criação, na própria Ufam, quatro horas/dia e ganham bolsa auxílio de pouco mais de R$ 600. Entre os últimos aplicativos criados está o “IMC Fácil” que calcula o índice de massa corporal do usuário de forma visual e dá dicas de saúde. Os softwares podem ser vistos no site ceteli.ufam.edu.br e baixados no site da Nokia (nokia.com.br). FONTE: PORTAL A CRÍTICA

Ciclista italiano é expulso do Tour do Rio após ofensa racista a brasileiro

Um bate-boca entre um italiano e um brasileiro no sábado terminou em expulsão no Tour do Rio de ciclismo. O italiano Marco Coledan, da equipe Trevidiani, foi acusado de fazer insultos racistas contra o brasileiro Renato Santos, o Centenário, que corre pela DataRo. Durante uma discussão na etapa Teresópolis-Rio das Ostras, Coledan teria chamado Renato de “negro sujo". A organização do evento decidiu excluir o italiano da disputa.
Murilo Ferraz, que também é da DataRo, morou na Itália durante oito meses e entendeu a ofensa proferida por Coledan. Ele contou para Renato Santos, e a equipe levou a reclamação à organização do Tour, que termina neste domingo. - Isso é inadmissível. A briga pode acontecer com qualquer um, mas não com palavras racistas. O Coledan me ofendeu com palavras racistas, falou “nero” e uma outra palavra que eu não consegui entender, e o Murilo me contou que era algo como “negro sujo”. Denunciei aos comissários, e isso desfez a equipe principal deles. Não vou levar o caso à polícia. O fato de ele não estar competindo já é uma punição – afirmou Renato. Técnico de Coledan na Trevidiani, Mirko Rossato minimizou a discussão: - Houve uma briga como em qualquer outra corrida. Na Itália essa situação é comum, mas foi uma decisão da organização, e a gente aceita. Renato ofendeu o Marco, e o Marco respondeu com uma palavra que na Itália não tem o menor significado racista – disse Rossato, sem entrar em detalhes sobre qual palavra foi usada. Murilo Ferraz discorda de Rossato e garante que houve racismo. - Foi racismo mesmo. Na Itália existe rivalidade, um esbarra no outro durante a prova, mas não a ponto de xingar e magoar outro ciclista – afirmou. FONTE: GLOBOESPORTE.COM

Elo entre sal e doenças do coração não é automático

Ninguém discute mais que o consumo excessivo de sal faz subir a pressão sanguínea. Mas um estudo em grande escala dos efeitos da redução do sal na dieta teve resultados inconclusivo, informa Ricardo Bonalume Neto em reportagem na Folha deste domingo.
A análise de sete pesquisas internacionais, envolvendo 6.257 pessoas, das quais 665 morreram (293 por doenças cardiovasculares) não apontou um elo claro entre a diminuição da pressão resultante do menor consumo de sal e a prevalência dessas doenças, ou a morte causada por elas. O trabalho foi feito pela Cochrane Collaboration, uma rede internacional de pesquisadores, e publicado na revista médica "American Journal of Hypertension". A equipe, liderada por Rod Taylor, da Universidade de Exeter, Reino Unido, garimpou 3.035 artigos e terminou com apenas sete estudos relevantes. O estudo não é uma "licença para comer salgadinhos", contudo; ele simplesmente mostrou que a redução do consumo de sódio não é necessariamente boa para todos. Houve até casos em que a redução do consumo foi nociva em pacientes com insuficiência cardíaca. O brasileiro consome em média 8,2 gramas de sal por dia (3,3 gramas de sódio), mais que as recomendações internacionais de ingestão de um máximo de 6 gramas (2,4 gramas de sódio), o equivalente a uma colher de chá. FONTE: FOLHA ONLINE

Teatro do grupo Silvio Santos fecha as portas neste domingo

Depois de cinco meses de casa cheia, chega ao fim neste domingo (31) --pelo menos por enquanto-- a temporada de "12 Homens e Uma Sentença", no teatro Imprensa. A montagem deve reestreiar no dia 9/9 no Tucarena.
A data marca o encerramento das atividades do teatro da rua Jaceguai, que tem 23 anos e pertence ao grupo Silvio Santos. O local é administrado pela filha do apresentador do SBT, Cintia Abravanel, e não ficou ileso às dificuldades financeiras que o grupo tem enfrentado nos últimos meses.
Além da peça de Eduardo Tolentino, o teatro também recebe "A Árvore Seca". FONTE: FOLHA ONLINE

Espero que ele seja limpo, diz vice-campeão sobre Cielo

Nem o italiano Luca Dotto acreditou quando viu o número dois ao lado de seu nome no placar eletrônico.

Em seu primeiro Mundial, o nadador de 21 anos já estava satisfeito por ter ido à final dos 50 m livre. A prata foi uma grata surpresa.

Campeão olímpico dos 100 m livre, o francês Alain Bernard ficou com o bronze.

"Eu acreditava que tinha chance, mas achava meio difícil. Tentei acompanhar o Cesar [Cielo] e pensei: 'Se estou no ritmo dele, significa que estou bem'", disse.

"Quando olhei o placar, pensei: 'Não é possível'.", disse o nadador, que vibrou mais com a medalha de prata do que Cielo com o ouro.

O italiano marcou 21s90, contra 21s92 de Bernard.

Questionado por jornalistas de seu país, Dotto disse que não pensa no que poderia ter acontecido caso o brasileiro tivesse sido suspenso no caso de doping.

"Espero, por mim, que ele seja limpo, acredito que seja. Podem discutir se deveria ser suspenso ou não. Mas não tenho que imaginar o que aconteceria se tivesse sido suspenso. Sou vice-campeão mundial e estou muito feliz com isso".

O italiano afirmou que ficou tenso na decisão, mas, mesmo assim, conseguiu melhorar seu tempo da semifinal, que era 21s97.

"É mais fácil fazer um bom tempo na semifinal porque não tem a pressão", afirmou o italiano, que citou Bruno Fratus como exemplo. Após fazer a melhor marca da semi, 21s76, o brasileiro foi 20 centésimos mais lento na decisão. FONTE: FOLHA ONLINE

Tempestade Nock-ten mata 52 nas Filipinas

Pelo menos 52 pessoas morreram nas Filipinas por causa da tempestade tropical Nock-ten, que atinge desde terça-feira (26) a ilha de Luzon, informaram as autoridades neste domingo.
Outras 27 pessoas estão desaparecidas, a maioria de pescadores jogados ao mar pelas ondas gigantes por causa de suas embarcações frágeis, informou o Conselho Nacional de Gestão de Desastres. O Nock-ten, o nome de um pássaro do Laos, continua progredindo para o Mar da China meridional depois de atravessar o norte montanhoso da grande ilha de Luzon, onde causou inundações e deslizamentos de terra. No total, 121 mil pessoas estão alojadas em centros de emergência, disseram as autoridades. FONTE: AFP

Cassações de prefeitos fazem Brasil ter mais de uma eleição por semana

Neste domingo (31), os 161.133 eleitores de Magé (RJ) devem voltar às urnas para a escolha do novo prefeito e vice, que ficarão no cargo apenas até o final do próximo ano. A nova votação faz parte do que já pode ser considerado um calendário eleitoral paralelo no Brasil. Desde 2009, quando teve início a atual legislatura municipal, o país já registrou 153 eleições suplementares, o que dá a média de 1,1 nova votação por semana. A média é quase cinco vezes maior que à da gestão passada (2005-2008).
Cada eleição suplementar segue o mesmo rito de uma votação comum, com calendário próprio (a votação acontece sempre aos domingos), campanha eleitoral e convocação de mesários e eleitores. No caso de Magé, a prefeita Núbia Cozzolino (PR) foi cassada por abuso de poder econômico e uso indevido de meios de comunicação na campanha eleitoral ainda em 2008. Recorreu até a última instância, quando foi derrotada no início do ano. Na nova eleição, seis chapas – uma delas apoiada pela ex-prefeita – estão na disputa. Todos os eleitores são obrigados a votar, assim como nas eleições tradicionais. Por conta do clima tenso, forças federais vão dar segurança durante a votação. Não há estatísticas oficiais sobre os principais motivos que levam prefeitos eleitos a serem cassados. Mas somente em 2009, ano em que os prefeitos assumiram os cargos após as vitórias em outubro do ano anterior, foram 76 eleições suplementares realizadas. No ano passado foram mais 50, enquanto 2011 já registra a marca de 27. Além dessas eleições que já ocorreram este ano, outras três (duas no Ceará e uma Piauí) já estão marcadas para agosto e setembro, além da que ocorre hoje no Rio de Janeiro. O Nordeste é o campeão em eleições suplementares, com 59 retornos às urnas em dois anos e sete meses de legislatura. O Sudeste vem em seguida, com 39. Minas Gerais é o Estado recordista em novas votações, com 24 eleições suplementares. Proporcionalmente à quantidade de municípios, o Piauí, com 18 eleições suplementares nos 229 municípios, tem média de uma eleição para cada 12 cidades. Eleições suplementares duas vezes - Alguns municípios já chegaram a realizar duas eleições suplementares depois de 2008. Foi o caso, por exemplo, do município de São Francisco do Maranhão (MA), que voltou às urnas no dia 28 de fevereiro de 2010, mas a eleição daquela data foi anulada porque o TRE (Tribunal Regional Eleitoral) proibiu os eleitores que não votaram no pleito de 2008 votassem na escolha do novo prefeito. O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) marcou nova eleição no dia 18 de julho do ano passado. Já os eleitores de Conceição do Mato Dentro (MG) foram às urnas duas vezes: 13 de setembro de 2009 e 6 de fevereiro de 2011. Nos dois casos, o motivo foi o mesmo: cassação do registro dos prefeitos eleitos. Segundo o TSE, outras quatro cidades também tiveram - ou terão - que voltar duas vezes às urnas: Valença (RJ), Umirim (CE) – que terá a segunda eleição no dia 4 de novembro -, Marcação (PB) e Macarajá (SC). O UOL Notícias entrou em contato com o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) para saber quantos processos de cassação ainda estão na pauta e qual o custo das eleições suplementares, mas foi informado que a consulta deveria ser feita a cada um dos 27 tribunais regionais eleitorais, “que marcam, organizam e disciplinam as eleições suplementares”. O TSE também não soube informar qual o número de eleições nas legislaturas anteriores. Apenas disponibiliza dados dos anos de 2007 e 2008, quando foram realizadas 20 eleições suplementares Estado com mais eleições, o Piauí ainda tem 86 processos que podem resultar em novas cassações e, consequentemente, novas eleições. De acordo com dados do TRE-PI, cada eleição custa em média R$ 10 mil. Segundo o TRE, a realização das eleições suplementares não atrapalha os serviços cotidianos, pois são “extemporâneos os trabalhos que antecedem o pleito”. “No dia do pleito, são realizados pela própria Zona Eleitoral do município, cabendo ao Tribunal apenas aprovar a resolução que disciplina o pleito e dar apoio logístico, com o envio de técnicos para dar suporte às urnas eletrônicas, para que a eleição possa ser realizada com sucesso”, afirmou o TRE, por meio de nota enviada para a reportagem do UOL Notícias. OAB diz que há mais participação popular - Para o advogado Paulo Brêda, presidente da Comissão Especial de Combate à Corrupção e à Impunidade do Conselho Federal da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), o número de eleições suplementares é recorde. Para ele, a mudança deve-se, principalmente, à maior participação popular, que resultou num número elevado de cassações de mandato. “A população passou a denunciar mais. Com um número maior de denúncias, há mais processos, há mais julgamentos e há mais cassações. Se a gente for fazer uma pesquisa, as cassações de mandatos parlamentares cresceram na mesma proporção. A verdade é que a sociedade acordou para a eleição limpa”, afirmou. Outro ponto ressaltado pela OAB é que a presença do CNJ (Conselho Nacional de Justiça), cobrando o julgamento de processos, agilizou a análise dos casos, que antes ficavam esquecidos nas mesas dos magistrados. “O judiciário está pensando de forma mais adequada. A presença do CNJ forçou a limpar a mesa dos juízes. Com mais tempo, eles podem julgar a parte eleitoral”, disse Paulo Brêda. O advogado explicou que a maioria das cassações dos prefeitos é por conta de compra de votos ou abuso de poder político e econômico. Para ele, o país ainda está longe de atingir uma maturidade eleitoral. "Essa maturidade só virá com a educação. Toda campanha feita nesse país é para suprir a falta de educação. Você campanha para dirigir sem beber porque o sujeito não foi educado. É assim com a vacinação, cinto de segurança e eleições limpas. A gente está caminhando, mas ainda é lento. Sem educação básica de qualidade, a gente está só enxugando gelo, principalmente no Nordeste", assegurou. O coordenador do Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE) em Alagoas, advogado Adriano Argolo, reconhece que a troca-troca de administradores pode causar problemas ao município, mas “a política do rouba, mas faz” é mais prejudicial do que qualquer ação positiva. “A partir de 1990, a lei 9.840 deu à Justiça uma maior rigidez em relação ao combate à corrupção. Antes, o político flagrado comprando votos sofria apenas multas e nada mais. Hoje, ele pode perder mandato e ficar inelegível por oito anos.” Argolo diz que a aplicação da nova lei e o recadastramento biométrico são pontos cruciais que estão mudando a mentalidade política do brasileiro. “Muitas pessoas tentam justificar o voto errado dizendo que aquele determinado político pode até roubar, mas ele está executando obras. O brasileiro tem de saber que isso não distribui renda, nem dá assistência as camadas mais necessitadas. Isso é um prejuízo imensurável”, afirma. FONTE: UOL

Após dar à luz três crianças, homem mostra barriga 'tanquinho'

O primeiro transexual a dar à luz, Thomas Beatie, mostrou sua boa forma 12 meses após o nascimento de seu terceiro filho.
Ele está malhado e sua barriga é tanquinho, ou seja, tem os músculos bem definidos. Beatie é um transexual de 37 anos, morador de Austin, no Arizona. Ele e a mulher Nancy, 46, têm três filhos, todos gerados na barriga dele. O casal chamou a atenção na primeira gravidez em 2007. Nancy passou por uma histerectomia, cirurgia para a retirada do útero, e, por isso, não pode ficar grávida. Ela amamentou as crianças, já que Beatie retirou os seios na cirurgia de mudança de sexo realizada em 2002 que o tornou legalmente homem. FONTE: FOLHA ONLINE

Votação sobre a dívida dos EUA fica para esta tarde

O líder do Partido Democrata no Senado dos Estados Unidos, Harry Reid, anunciou que adiou por 12 horas a votação de seu plano sobre a elevação do teto da dívida norte-americana. Para tentar costurar um acordo bipartidarista com os republicanos, solução que evitaria o calote do governo, aumavotação será realizada neste domingo (31) no Senado, às 14 horas de Brasília.
Reid disse que as negociações entre os líderes do Congresso e o governo estavam em andamento, mas que “havia ainda uma distância a percorrer” antes de um acordo ser alcançado. “Há muitos elementos para serem finalizados”, afirmou. O presidente dos EUA, Barack Obama, voltou a negociar com legisladores democratas e republicanos para elevar o teto da dívida, mas os planos de ambos os partidos desmoronaram nas duas câmaras. Na tarde do sábado (30), a Câmara dos Representantes (deputados), liderada pelos adversários republicanos de Obama, rejeitou um plano dos democratas do Senado para elevar o teto da dívida norte-americana, três dias antes do prazo limite fixado pelo Tesouro a partir do qual os EUA correm o risco de dar o primeiro calote de sua história. A elevação do teto da dívida permitiria ao país pegar novos empréstimos e cumprir com pagamentos obrigatórios. Neste sábado, governo e oposição deram sinais de que poderiam chegar a um acordo, mas não houve nenhum avanço oficial até a noite. Os representantes rejeitaram por 246 votos contra 173 o texto elaborado pelo democrata Reid. Com este voto, os republicanos da Câmara e seu líder, John Boehner, deram uma resposta à rejeição na sexta-feira pelo Senado de um texto republicano. Pressão, disputa política e muitas negociações marcam o fim de semana em Washington, já que o governo dos EUA está correndo contra o tempo para não colocar em risco sua credibilidade de bom pagador. Se até o dia 2 de agosto o Congresso não ampliar o limite de dívida pública permitido ao governo, os EUA podem ficar sem dinheiro para pagar suas dívidas: ou seja, há risco de calote - que seria o primeiro da história americana. Em maio, a dívida pública do país chegou a US$ 14,3 trilhões, que é o valor máximo estabelecido por lei. Isso porque, nos EUA, a responsabilidade de fixar o teto da dívida federal é do Congresso. Reuniões de emergência - Obama, seu aliados políticos e os republicanos fizeram reuniões de emergência neste sábado em Washington. O presidente se reuniu com as duas principais lideranças de seu partido, o senador Reid, e a líder dos democratas na Câmara dos Representantes, Nancy Pelosi. Além disso, o presidente americano também conversou pelo telefone com o líder dos republicanos no Senado, Mitch McConnell. Mais cedo, Obama voltou a pedir que democratas e republicanos cheguem a um acordo rápido lembrando que há "áreas significativas" de concordância para isso. Impasse - Obama defende um plano bipartidário definitivo, que prevê cortes de gastos e põe fim a isenções de impostos aos mais ricos. A proposta da oposição republicana é de que o aumento da dívida seja feito em duas etapas. Assim, Obama teria que enfrentar esse mesmo embate em plena campanha eleitoral, em 2012. Além disso, a elevação estaria atrelada a um programa de corte de gastos do governo, o que contribuiria para derrubar a popularidade do presidente. O Senado americano discute agora se vota ou não a proposta dos democratas, partido de Obama, que prevê um aumento da dívida que valha até 2012. Essa proposta, no entanto, foi rejeitada neste sábado em votação simbólica na Câmara. Ainda neste sábado, uma carta assinada por 43 dos 47 republicanos do Senado foi divulgada afirmando que eles não votarão a favor de um plano democrata. Uma das possibilidades para a solução do impasse é justamente o que tem causado o conflito no Congresso: um plano sobre o teto da dívida que seja aprovado tanto pelos republicanos quanto pelos seus rivais democratas. Esse plano, além de aumentar o limite de endividamento do país, hoje em US$ 14,3 trilhões, precisaria possibilitar o reajuste das contas do governo dos EUA em longo prazo, explica o coordenador do curso de Negócios Internacionais e Comércio Exterior da Fundação Getúlio Vargas (FGV), Evaldo Alves. “Em condições normais, o ideal seria chegar a um acordo e, como decorrência, a uma aprovação de um plano de contenção de gastos e aumento de impostos (...). Só que os EUA estão passando por uma época em que começa a existir um grande radicalismo político, nenhum lado quer abrir mão (...). É um diálogo entre surdos”, avalia o especialista. Próximos passos - Reid marcou para este domindo uma "votação teste" de seu plano. Ela pode ser usada para que se chegue a um texto compromisso entre os republicanos, a Casa Branca e a liderança da casa. Se isso ocorrer, o Senado deve fazer uma votação processual. São necessários 60 votos para passar dessa fase. Depois disso, uma nova votação será feita na segunda-feira -mas, se todos os senadores concordarem, ela pode ser antecipada. A lei então voltaria à Câmara dos Representantes. Os deputados podem concordar com as alterações feitas pelo Senado e então passar a lei adiante para que Obama, provavelmente na terça-feira, a assine, evitando o calote. Também há a possibilidade de a Câmara alterar a lei e a mandá-la de volta ao Senado. E se não houver acordo? - Caso o Congresso não chegue a nenhum acordo até terça, outra possibilidade seria que o presidente Obama elevasse o teto da dívida por meio de um decreto, por exemplo. O professor Arthur Bernardes do Amaral, da PUC-RJ, explica, porém, que Obama só poderia tomar uma atitude arbitrária em casos extremos. “Só pode em caso de segurança nacional. Ele não poderia fazer isso ordinariamente, só extraordinariamente.” Caso esta seja a escolha do presidente dos EUA, Amaral diz que “as consequências políticas seriam muito graves”. “Ele seria acusado de arbitrariedade. (...) O país foi fundado em cima do princípio de combater a tirania. Se o Obama agir como um autocrata, vai passar por cima da divisão do poder.” Isso, na opinião do professor, poderia comprometer uma tentativa de reeleição em 2012. Possível calote - Apesar de considerada remota pelos especialistas ouvidos pelo G1, a possibilidade de calote da dívida americana coloca em cheque a classificação de pagador mais seguro do mundo. “Nos mercados financeiros, já estaria o caos no dia seguinte (...). Isso sinalizaria a incapacidade dos EUA de fazerem um acordo, o que, em longo prazo, é preciso. Um calote seria um sinal de que nem mais nos EUA a coisa acontece. Geraria uma incerteza, já que para todos os investidores do mundo inteiro, o título americano é o mais seguro do mundo”, afirma o professor de Economia da Universidade de São Paulo (USP), Carlos Eduardo Soares Gonçalves. FONTE: AGÊNCIAS INTERNACIONAIS

sábado, 30 de julho de 2011

Projeto de saúde indígena criado no Amazonas será ampliado para todo o País

Um projeto implantado em áreas indígenas do Amazonas e Roraima para realizar testes rápidos para sífilis, HIV e hepatite será estendido a todo o País pelo Ministério da Saúde (MS).
A idealizadora e coordenadora do projeto, a médica amazonense Adele Benzaken, da Fundação Alfredo da Matta, encerrou, na última sexta-feira, 29, em Brasília, o Treinamento de Multiplicadores para a Implantação de Testes Rápidos em Áreas Indígenas no Brasil.
Para ela, um dado importante é que com a implantação dos testes, mortes de muitas crianças poderão ser evitadas pelos riscos trazidos pela Sífilis. No total, mais de 70 profissionais envolvidos na atenção à saúde indígena de todas as regiões do País, participaram do treinamento em Brasília.
O projeto, executado desde 2008 no Estado com financiado da Fundação Fundação Bill & Mellinda Gates, atende a uma população sem acesso aos exames de laboratórios, explica a médica, destacando a importância desses exames para detectar doenças como o HIV, transmissor da aids, e a sífilis que em mulheres grávidas pode causar desde o aborto, má formação congênita do feto e até a morte dele.
Distritos - Segundo Adele, o projeto abrangeu nove Distritos Sanitários Indígenas (Dseis), dos quais oito são do Amazonas e um de Roraima, testando mais de 46.643 indígenas, envolvendo 500 profissionais da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), treinados para fazer os testes, sob a coordenação dos profissionais da Fuam.
Pelos métodos tradicionais, os pacientes indígenas precisavam ser removidos para as áreas urbanas para a coleta de sangue e análise no laboratório com resultados demorando, em média, 15 dias.
Com o testes rápidos, poucas gotas de sangue são suficientes para um diagnóstico confiável das três doenças, em menos tempo: 20 a 30 minutos, na própria aldeia é obtido o resultado. No total, foi revelada uma prevalência de 1,5% de casos de sífilis e 0,09% de HIV entre os indígenas testados nas áreas.
Já no Vale do Javari, os testes revelaram uma prevalência de 12% de sífilis em uma das aldeias do Javari, é possível presumir que a doença, do tipo congênita, seja uma das principais causas das mortes de crianças recém-nascidas.
Como os dados gerais de mortes na região apontam que pelo menos 30% das crianças recém-nascidas morrem vítimas de doenças como malária, hepatite, entre as causas pode também estar a sífilis. Com os casos positivos para HIV e hepatites B e C, os pacientes são removidos para centros de referências do Sistema Único de Saúde (SUS), em municípios próximos das aldeias onde vivem.
Indígena - O programa atende a uma população de mais de 45 mil indígenas que vivem no Amazonas e Roraima, alguns em aldeias remotas ou situadas em locais de difícil acesso.
Aproximadamente, 55% da população indígena do Amazonas e Roraima já fizeram os exames nos seguintes distritos: Alto Solimões (sede em Tabatinga-AM), Alto Rio Negro (sede em São Gabriel da Cachoeira-AM), Manaus (AM), Parintins (AM), Purus (sede em Lábrea-AM), Médio Solimões (sede em Tefé-AM), Vale do Javari (sede em Atalaia do Norte-AM), Leste Roraima e Yanomami (RR).
No Vale do Javari, os testes revelaram uma prevalência de 12% de sífilis em uma das aldeias, o que leva a presumir que a doença, do tipo congênita, seja uma das principais causas das mortes de crianças recém-nascidas, diz Adele. FONTE: PORTAL A CRÍTICA

Corpos de brasileiros mortos no Peru chegam neste domingo, diz empresa

Os corpos do engenheiro Mário Gramani Guedes e do geólogo Mário Augusto Soares Bittencourt, encontrados mortos no Peru na quarta-feira (29), chegarão ao Brasil na madrugada deste domingo (31), de acordo com a Leme Engenharia, empresa em que eles trabalhavam.
Após dois dias desaparecidos, os corpos deles foram encontrados na Região de Jaén, no Norte do Peru a 800 quilômetros de Lima. A empresa informou que contratou um perito para examinar os corpos e coletar material para análise suplementar no Brasil. Os resultados preliminares, divulgados pela perícia peruana na quinta-feira (28), não esclareceram o que matou os brasileiros e sinais de violência não foram identificados. O engenheiro Mário Bittencourt e o geólogo Mário Guedes estavam realizando um trabalho de estudo. Após se distanciarem da equipe em um levantamento de campo, eles foram dados como desaparecidos. Ainda de acordo com a empresa, Mário Bittencourt será sepultado em Belo Horizonte e Mário Guedes, em São Paulo (capital). A data do sepultamento ainda será definida pelas famílias. Causas da morte - Familiares de Mário Gramani Guedes e Mário Augusto Soares Bittencourt ainda procuram respostas para o ocorrido e contestam a primeira versão da polícia peruana, de que os dois teriam sofrido hipotermia. "A região não era tão fria e estava apenas a 800 metros do nível do mar, não justifica uma hipotermia”, diz o sobrinho de Mario Bittencourt, Felipe Bittencourt. Ainda de acordo com o sobrinho, um diplomata foi ao local onde os corpos foram encontrados e relatou que a trilha não era fechada, o que, para a família, contradiz a idéia que eles tenham se perdido na região. “Provavelmente este caso irá ficar sem explicação”, lamenta o sobrinho. Os resultados preliminares divulgados pela perícia peruana não esclareceram o que matou os brasileiros e sinais de violência não foram identificados. De acordo com Felipe, alguns jornais locais do Peru noticiaram que os brasileiros poderiam ter sido mortos por campesinos peruanos contrários a construção de uma hidrelétrica. “Essa possibilidade provavelmente será levada em conta no inquérito policial”, diz. FONTE: G1

Avança no Congresso proposta que criminaliza MP3

Cadeia para quem compartilhar sua rede de banda larga de internet wi-fi com os vizinhos, compartilhar músicas pelo bluetooth do aparelho celular ou usar softwares para desbloquear mídias de DVDs e assisti-las no computador. É isso o que pode acontecer caso seja aprovado na Câmara o Projeto de Lei 84/99 (conhecido como PL Azeredo) que tramita em caráter de urgência e pode ser votado a partir da terça-feira.
O PL nasceu no Senado, onde foi aprovado rapidamente e de forma obscura. Quando chegou na Câmara, recebeu o apelido de AI-5 digital e foi posto como substitutivo a um projeto do ex-deputado Luiz Piauhylino. “O preocupante é que, agora, a proposta tramita com urgência. Isso significa que já entra na pauta de votação assim que a Câmara voltar do recesso parlamentar – ou seja, na próxima terça, quando recomeçam as sessões. Se for aprovado, o que representaria um retrocesso, iria direto para sanção presidencial”, diz Guilherme Varella, advogado do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) – que ) lançou uma campanha contra o projeto, com abaixo-assinado (na página www.idec.org.br/campanhas/facadiferenca.aspx?idc=24) contra a proposta. Polêmica - O PL é bastante polêmico ao limitar a disseminação de informações na rede. A proposta trata de crimes cibernéticos e criminaliza práticas comuns de internautas como digitalizar e guardar suas músicas num MP3 player ou computador – mesmo que o consumidor tenha passado para computador as músicas de um CD que comprou. “Além disso, seria considerado criminoso o consumidor que compartilhasse com seus vizinhos seu acesso à internet através de redes Wi-Fi ou que utilizasse plenamente serviços de voz sobre IP na rede, como o Skype”, diz Varella. Até a prática e usa softwares para destravar e poder assistir a DVDs bloqueados (que só rodam no DVD player) no computador seria crime. “Nesse caso, a proposta prevê detenção de 1 a 3 anos para quem fizer isso. Ou seja, o consumidor não teria nem a permissão para usar como deseja o produto que comprou.” Para juntar provas necessárias para incriminar o consumidor, o projeto prevê ainda que os provedores de internet retenham mais que o necessário das informações sobre os históricos de navegação dos consumidores na rede. “Em caso de ‘crimes ou violações’ da lei, os provedores teriam a responsabilidade de denunciar o consumidor, que passaria a ser um criminoso. Isso é preocupante no cenário brasileiro em que inexiste uma lei de proteção de dados pessoais. Vale lembrar que, na internet, praticamente todas as ações passam por relações de consumo (desde o comércio eletrônico até às redes sociais). Portanto, devem valer os princípios do Código de Defesa do Consumidor de transparência e boa-fé, e não de monitoramento e restrição de direitos, como quer o projeto”, diz o advogado Varella. Além do Idec, a Associação Brasileira de Defesa do Consumidor (Pro Teste) também teme que a proposta limite a liberdade dos consumidores na internet. “Lógico que é importante se monitorar a segurança na internet, violações aos direitos autorais, mas sem abusos. Mas não se pode criminalizar práticas comuns dos internautas, como digitalizar músicas. Antes, é preciso uma discussão do assunto com a sociedade”, diz Maria Inês Dolci, coordenadora institucional da Pro Teste. Varella concorda: “É essencial garantir os direitos na internet antes de criminalizar as condutas. Assim, antes do PL 84/99, é preciso aprovar o Marco Civil da Internet e a lei de proteção de dados”. FONTE: O ESTADÃO

sexta-feira, 29 de julho de 2011

NA TELONA: "Capitão América" renova personagem dos quadrinhos

Heroi criado sob medida para inflar o patriotismo norte-americano durante a 2ª Guerra Mundial, em 1941, o Capitão América ainda não teve muita sorte nos cinemas, como se viu numa sofrível versão "Capitão América", em 1990, de Albert Pyun.
Vinte e um anos depois, o personagem reencarna numa versão luxuosa, com muitos efeitos especiais e também na versão 3D, "Capitão América: O Primeiro Vingador", de Joe Johnston, o experimentado diretor de "Rocketeer", "Jumanji" e "Parque dos Dinossauros 3". O filme circula em versões convencionais e 3D, dubladas e legendadas. O patriotismo original injetado pelos criadores do gibi, Joe Simon e Jack Kirby, está compreensivelmente atenuado, um sinal dos tempos de crise econômica no pós-guerra do Afeganistão e guerra do Iraque. Mas a energia heróica ressurge intacta no corpo inicialmente franzino de Steve Rogers (Chris Evans, o Tocha Humana de "Quarteto Fantástico"). O rapaz do Brooklyn nova-iorquino quer porque quer alistar-se e lutar contra os nazistas, em 1941. Mas ninguém deixa. Pudera. Com um corpinho raquítico e uma enorme lista de doenças anteriores, ele é sistematicamente dispensado. A coisa muda quando ele se encontra com o cientista alemão dr. Erskine (Stanley Tucci), que enxerga nele a cobaia ideal para um soro, em tese capaz de moldar super-soldados, e que foi testado uma única vez - com alguns efeitos colaterais, já que gerou Johan Schmidt (Hugo Weaving), o Caveira Vermelha, um vilão que acha Hitler pouco e comanda uma organização paralela, a temível Hidra. Submetido à experiência, Steve transforma-se num soldado forte e bombado. Apesar disso, não é enviado ao campo de batalha, como sonhava. O coronel Philips (Tommy Lee Jones) não quer nem ouvir falar disso. E o fortão acaba transformado por um senador no garoto-propaganda Capitão América, que percorre os EUA para ajudar a vender bônus de guerra junto com uma trupe de garotas. Com a guerra no seu auge, não tarda a aparecer uma ocasião para que Steve ignore solenemente as ordens do coronel, com a total cumplicidade da agente Peggy Parker (Hayley Atwell, de "O Sonho de Cassandra"). Sozinho com sua força excepcional e um escudo metálico que usa com destreza, ele invade a fortaleza do Caveira Vermelha, resgatando cerca de 400 soldados aliados, entre eles, seu melhor amigo, Bucky Barnes (Sebastian Stan). Com certeza, não é o fim do Caveira e do seu comparsa, o cientista dr. Zola (Toby Jones), que juntos se apoderaram de uma incrível fonte de energia, o polímero de carbono, capaz de alimentar armas de altíssimo poder de destruição. Só o escudo do Capitão América resiste a esse impacto. Na versão 3D, ficam valorizadas algumas cenas de ação, sendo uma das melhores a primeira missão de Steve, correndo descalço pelas ruas de Nova York para capturar um bandido, catando-o até debaixo d'água, num submarino. As outras são o ataque à fortaleza do Caveira Vermelha que resulta no resgate dos 400 soldados e a longa e eletrizante sequência aérea final. Quem busca diversão, não tem do que reclamar. E quem gostou deste filme, já pode esperar a sequência, "Os Vingadores", em produção, e que junta o Capitão América com o Homem de Ferro, Thor e outros personagens da Marvel em nova aventura, que será lançada em 2012. FONTE: CINEWEB

VOO 447: Para o diretor do BEA, pilotos poderiam ter evitado tragédia

A queda do voo 447 da Air France, que ia do Rio a Paris no dia 1º de junho de 2009, poderia ter sido evitada. É o que avalia o chefe Escritório de Investigações e Análises (BEA) da Aviação Civil da França, órgão oficial encarregado das investigações do acidente. Para Jean-Paul Troadec, os pilotos da aeronave poderiam ter evitado a tragédia, apesar do congelamento das sondas Pitot. Troadec falou a imprensa nesta sexta-feira, dia em que o BEA divulgou o relatório em que aponta a sequência de falhas que culminaram no acidente.
"A situação era salvável", afirmou Troadec. No relatório, o BEA indica os pilotos não adotaram o procedimento adequado após os primeiros problemas detectados durante o voo: perda de indicadores de velocidade - devido ao congelamento das sondas Pitot - e perda de sustentação da aeronave. "Os pilotos não identificaram a situação de perda de sustentação", apesar do alarme sonoro que se ativou durante 54 segundos, informa o documento.
O diretor do BEA afirmou ainda que o relatório final sobre as investigações da tragédia ficará pronto somente no primeiro semestre de 2012. "Todos os dados obtidos exigem uma análise mais sistemática que demanda muito tempo", declarou Troadec.
Outros representantes da BEA afirmaram ainda que os pilotos não tinham treinamento para lidar manualmente com a aeronave em altas altitudes. A agência recomenda que a tripulação passe a ser submetida a exercícios referentes ao comando manual dos aviões e a como evitar os "stalls" em altitudes elevadas. "Parece óbvio que a tripulação não reconheceu a situação em que estava, por qualquer razão, e que mais treinamento teria ajudado", acrescentou Paul Hayes, diretor de segurança da consultoria britânica Ascend Aviation.
Justiça - A definição sobre a causa do acidente – se falha humana ou técnica – será determinante para a batalha judicial travada entre os envolvidos no caso. A Air France e a EADS, fabricante do Airbus, são alvo de investigações e processos criminais, além dos pedidos de indenização feitos pelos familiares das vítimas.
A companhia aérea divulgou uma nota nesta sexta-feira alegando que os pilotos tiveram dificuldades no voo porque os sistemas de alerta, chamados de “stall” eram ligados e desligados de forma intempestiva e enganosa. "A esta altura, não há razão para questionar a capacidade técnica da tripulação", comentou a Air France.
O advogado Olivier Morrice, que representa familiares de vítimas na França, questiona a interpretação do relatório em referência aos pilotos. "Essa foi talvez uma maneira de o BEA liberar as empresas das suas responsabilidades", disse à agência Reuters. "Se não houvesse uma falha nos sensores de Pitot, os pilotos não teriam sido colocados em uma situação tão complicada."
O acidente - A aeronave Airbus 330 caiu quando fazia a rota Rio de Janeiro-Paris e matou 228 pessoas. O relatório parcial divulgado em maio indicava que a queda durou exatos 3 minutos e 30 segundos. O documento revelado nesta sexta aponta que, ao observarem o congelamento dos sensores Pitot, os pilotos não adotaram o procedimento adequado, o que provocou a perda de velocidade e de sustentação do avião.
Nas primeiras declarações, o BEA reconhecia a falha nos sensores, mas dizia que somente a análise das caixas pretas poderia confirmar o real motivo do acidente. O material que registra os parâmetros de voo e as conversas na cabine dos pilotos foi recuperado no início de maio, depois de passar 23 meses a 3.900 metros de profundidade no Oceano Atlântico. FONTE: REUTERS e AFP

Dívida dos EUA: Senado vai agir para conseguir votação neste fim de semana

O líder da maioria democrata no Senado americano, Harry Reid, afirmou nesta sexta-feira que tomará as medidas necessárias para obter uma votação sobre um texto de compromisso com o objetivo de elevar o teto da dívida e evitar um default por parte dos Estados Unidos.
"Esta é provavelmente nossa última oportunidade de salvar este país do default", disse Reid, cuja iniciativa pode ser votada na madrugada de domingo.
Concretamente, Reid deverá dar por finalizados os debates a fim de habilitar uma primeira votação de procedimento, que pode ocorrer até a 01H00 local de domingo (02H00 de Brasília), sobre o projeto elaborado sob sua direção.
Uma segunda votação será realizada na segunda-feira às 07H30 (08H30 de Brasília), antes de sua passagem final na terça-feira, data limite na qual os EUA cairão em default se não aumentarem o limite de sua dívida, indicou um líder democrata.
Na noite de quinta-feira, os republicanos da Câmara de Representantes adiaram a votação de um plano para reduzir o déficit, enquanto a crise política americana afeta os mercados a cinco dias de uma eventual moratória.
O plano alternativo do Senado apresentado por Reid economizaria 2,2 trilhões de dólares em 10 anos, segundo o Escritório de Orçamento do Congresso americano (CBO).
Semanas de discussões não bastaram para chegar a um acordo sobre um plano de redução do déficit acompanhado por um aumento do teto da dívida, que em maio alcançou seu limite legal de 14,294 trilhões de dólares, ou seja, perto de 100% do PIB. FONTE: FRANCE PRESSE

Perda de memória na velhice pode ser recuperada, diz estudo

A perda de memória na velhice pode ser recuperada se atender as necessidades moleculares dos circuitos neurais, segundo especialistas norte-americanos que estudaram a atividade dos neurônios de primatas.
Pesquisadores da Escola de Medicina da Universidade de Yale, liderados por Amy Arnsten, avaliaram as respostas de seis macacos jovens, de média idade e velhos, de acordo com as tarefas atribuídas pelos cientistas para medir a memória a curto prazo.
Segundo a publicação dos analistas na última edição da revista "Nature", nos macacos de idade avançada faltou o constante disparo de neurônios no córtex pré-frontal (PFC), uma área do cérebro muito importante para o funcionamento da memória.
Essa redução dos níveis de disparo de neurônios pode ser contornada se conseguir situar o PFC em um meio ambiente neuroquímico bom como o encontrado nos macacos mais jovens.
Assim, a integridade fisiológica dos neurônios velhos pode ser restabelecida se forem atendidas as necessidades moleculares dos circuitos neurais, segundo os cientistas.
Arnsten lembra que o funcionamento da memória é importante para as tarefas diárias, inclusive para planejar coisas com tempo e para a aprendizagem.
No processo de envelhecimento habitual, essas funções diminuem, o que acarreta problemas cognitivos como o esquecimento e a distração.
Para observar as alterações fisiológicas, Amy Arnsten e seus colegas gravaram as tarefas atribuídas aos macacos e descobriram que a resposta dos padrões de ativação dos neurônios do PFC à apresentação dos sinais não variavam com a idade.
No entanto, o disparo de neurônios durante o período de atraso --o tempo entre a apresentação de um sinal e a resposta-- mostrou uma grande redução com a idade.
Contudo, esses neurônios podiam ser parcialmente restabelecidos aos níveis de disparo de jovens adultos quando os analistas bloqueavam dois circuitos neurais específicos nos neurônios do PFC. FONTE: EFE

Promotoria acusa Testemunhas de Jeová de discriminação

O Ministério Público Federal no Ceará entrou com ação civil pública para impedir a igreja Testemunhas de Jeová de praticar suposta discriminação contra "ex-fiéis".
A ação, protocolada na última semana, foi motivada por representação do servidor público Sebastião Oliveira, 53, que foi expulso da religião. Depois disso, ele diz que passou a ser rejeitado por outros fieis por orientação da igreja.
O objetivo da prática, de acordo com a procuradora Nilce Rodrigues, é fazer com que o "ex-fiel" "caia em si e retorne a [religião de] Jeová".
Oliveira diz que foi expulso após escrever artigos em jornais sobre suas crenças. A orientação da religião é que apenas representantes oficiais se manifestem publicamente sobre a doutrina, conforme a Procuradoria.
Oliveira diz que perdeu seus amigos, pois a religião exige que um fiel só tenha relações com quem tem a mesma crença.
Ainda segundo o ex-fiel, colegas de trabalho "viraram a cara" e ele passou a andar só de carro pelo bairro para evitar a humilhação de ser ignorado por vizinhos. Nem com a irmã, que é da religião, conversa mais.
Segundo a procuradora, investigação comprovou que publicações da religião incentivam a discriminação contra ex-fieis e outras testemunhas confirmaram a orientação.
Rodrigues diz que a prática é discriminatória e que ninguém pode exercer pressão para manter "alguém filiado a uma entidade religiosa".
A ação, contra a Associação Torre de Vigia de Bíblias e Tratados, que representa as Testemunhas de Jeová no Brasil, e a Associação Bíblica e Cultural de Fortaleza, representante no Estado, pede pena de pagamento de multa de R$ 10 mil por cada ato de discriminação identificado.
Foi pedido que a igreja não divulgue mais orientações sobre a forma de tratar "ex-fiéis" com discriminação.
Por meio de seu porta-voz, Walter Freoa, a igreja Testemunhas de Jeová afirmou que não se manifestaria. FONTE: FOLHA ONLINE

Comercial proibido da Nova Schin

As cervejas continuam sofrendo com o Conar este ano. Foi proibida a exibição do comercial de TV Nova Schin – Festa Junina.
A propaganda, exibida no mês passado, foi considerada inapropriada por conter expressões como “cagão” e “filho d’uma égua”. A Nova Schin ainda pode recorrer da decisão. FONTE: RADAR ON-LINE

quinta-feira, 28 de julho de 2011

Overbooking: MP entra com ação para evitar abusos

O Ministério Público Federal em São Paulo entrou com ação na Justiça para obrigar as companhias aéreas que operam em Cumbica a mudar algumas de suas práticas de overbooking. O MP quer que as empresas emitam um documento que ateste a impossibilidade de o passageiro embarcar por causa da prática – permitida – de vender mais passagens do que as poltronas existentes em um avião. Caso não o façam, as empresas podem ser multadas em 10 000 reais. O dinheiro será revertido ao passageiro.

O MP também quer que com o documento na mão o passageiro possa obrigar as empresas a reacomodá-los em voos próprios ou de terceiros, reembolsem-o ou prestem o serviço por outro meio de transporte – conforme, ressalte-se, rezam regras da própria Anac.

As companhias também devem prestar todo o auxilio ao passageiro, como fornecer alimentação e acomodação adequadas, hospedagem e acesso à internet conforme o tempo de espera. FONTE: RADAR ON-LINE

Estudante brasileiro ganha medalha de ouro em Olimpíada Internacional de Informática

Pela primeira vez, um estudante brasileiro conquistou medalha de ouro na Olimpíada Internacional de Informática. Aluno da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), na Paraíba, Felipe Abella Cavalcante Mendonça de Souza terminou a competição, que este ano foi na Tailândia, como terceiro colocado geral, com 598 de 600 pontos possíveis.
Mais três brasileiros conquistaram medalhas na olimpíada, todas de bronze. No total de medalhas, o Brasil superou concorrentes como a Inglaterra, França, o Canadá e a Alemanha, equipes com tradição na competição, segundo a Sociedade Brasileira de Computação (SBC).
Os estudantes brasileiros foram selecionados durante a Olimpíada Brasileira de Informática, organizada pela SBC e pelo Instituto de Computação da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). A equipe do Brasil concorreu com mais de 300 estudantes, de cerca de 80 países. FONTE: AGÊNCIA BRASIL

FLAGRANTE: Em Mônaco, loira no volante é perigo constante

Você sabe que está tendo um dia ruim quando seu veículo bate em um monte de outros carros. Mas seu dia pode ser ainda pior caso isso aconteça em uma das mais ricas e glamorosas cidades do mundo: Monte Carlo, em Mônaco. Não seria exagero afirmar que 50 por cento dos carros desse principado custam bem mais que um carro de preço médio que rodam por aí. No último final de semana, uma mulher dirigindo um Bentley Azure conseguiu, infelizmente, bater em uma coleção deles. Primeiro ricocheteando um Mercedes-Benz S-Class, em seguida, um Aston Martin, depois num Porsche 911, e, finalmente, parando em uma Ferrari 430. Todos os carros custam cerca de US $ 1 milhão. FONTE: BRASIL NEWS com informações CAR ADVICE/G1

Maurício de Sousa anuncia a criação de um Parque da Mônica em Manaus

Maurício de Sousa, criador dos famosos personagens da 'Turma da Mônica', revelou em seu twitter pessoal que pretende lançar um Parque Temático em Manaus com personagens exclusivos da Amazônia.
Na manhã desta quinta-feira, 28, o cartunista fez as seguintes declarações em seu twitter pessoal (@mauriciodesousa): "falando em parques temáticos, nossa divisão de planejamento está fechando outras áreas para estudo. uma delas: MANAUS.", Seguido de "para esse projeto de Manaus até criamos uma família de personagens: os amazônicos. que pretendemos lançar mundialmente em desenhos e filmes".
Desde o fechamento do 'Parque da Mônica', no Shopping Eldorado em São Paulo, em fevereiro de 2010 (após 17 anos de funcionamento), o cartunista vem planejando reabri-lo em outro local. O Parque, que contava com mais de 30 atrações em 10 mil m² de área coberta e climatizada, foi fechado por reivindicação do estabelecimento comercial, que, segundo a assessoria, "não atendia mais a expectativas do shopping e que o shopping buscava alternativas de atrair consumidores mais atualizadas".
Ainda no ano passado, Maurício chegou a divulgar em seu twitter que a atração deve reabrir em 2012 no Shopping Nova 25, na Avenida das Nações Unidas, 20.025, na Marginal de Pinheiros, mas a notícia de uma filial no Norte do país é novidade. Além do Parque tradicional, já houve duas filiais da atração, uma no Rio de Janeiro - no Sopping Città America, que funcionou de 200 até 2005 - e outro em Curitiba - no Shopping Estação, que funcionou de 1998 até 2000. FONTE: PORTAL D24AM

ONU arrecada US$ 252 milhões em 8 dias para combater fome na África

O Programa Mundial de Alimentos (PMA) arrecadou US$ 252 milhões para combater a seca e a fome no Chifre da África desde que a ONU declarou estado de crise em duas regiões do sul da Somália no último dia 20 de julho.
"Estamos vendo como o mundo está se unindo para ajudar a cortar o aumento dos níveis de fome e desnutrição no Chifre da África", afirmou o subdiretor de Relações Externas e Mobilização de Recursos do PMA, Ramiro Lopes da Silva, em comunicado emitido nesta quinta-feira por este programa das Nações Unidas.
O PMA ressaltou que, além dos doadores tradicionais, países emergentes como Brasil, Arábia Saudita e nações do Oriente Médio realizaram um esforço significativo para contribuir à luta contra a fome.
O comunicado destacou em particular a doação do reino saudita, que, com os US$ 50 milhões fornecidos, dará um grande impulso à operação do PMA na Somália que tenta distribuir alimentos especiais que ajudem a combater a desnutrição de 600 mil crianças deste país.
Além disso, o PMA recebeu US$ 2,7 milhões em doações de companhias privadas e particulares.
No dia 20 de julho, a ONU declarou estado de crise de fome nas regiões meridionais somalis de Bakool e Lower Shabelle, mas não acredita que a situação crítica se estenda para além da Somália na região, apesar da dificuldade alimentícia que afeta o sul da Etiópia e o norte do Quênia.
A seca que castiga o Chifre da África -a pior na região nos últimos 60 anos, segundo a ONU- e seus devastadores efeitos mantêm em situação crítica cerca de 11 milhões de pessoas. FONTE: EFE

Cientistas esclarecem um dos mistérios da coroa do Sol

Um estudo publicado nesta quinta-feira explica por que a coroa do Sol alcança temperaturas centenas de vezes superiores a partes do astro que encontram-se muito mais perto do núcleo, que produz o calor.
Para aquecer a coroa solar a vários milhões de graus e acelerar a centenas de quilômetros por segundo os ventos solares que se propagam em todas as direções, inclusive em direção à Terra, é preciso energia, escrevem Scott McIntosh, do Centro Nacional Americano de Pesquisa Atmosférica, e outros pesquisadores na revista Nature.
A temperatura alcança aproximadamente 6 mil graus na superfície do Sol e dois ou três milhões de graus na coroa, apesar desta última se encontrar muito mais longe do núcleo do astro, onde ocorrem as reações nucleares que produzem o calor.
Hannes Alfven, um físico sueco que recebeu o prêmio Nobel em 1970, estimou que há ondas que transportam esta energia por linhas do campo magnético que percorrem o plasma (gás com partículas carregadas com eletricidade) da coroa. Até agora não havia sido possível detectar a quantidade de ondas deste tipo necessárias para produzir a energia requerida.
Imagens de alta definição ultravioleta captadas com muita frequência (a cada oito segundos) pelo satélite da Nasa Solar Dymanics Observatory (SDO) permitiram à equipe de Scott McIntosh detectar grande quantidade destas ondas Alfven.
As mesmas se propagam em grande velocidade (entre 200 e 250 quilômetros por segundo) no plasma em movimento, indica em um comunicado o professor Marcel Goossens, da Universidade Católica de Lovaina, que participou da pesquisa.
Estas ondas, cujo fluxo energético localiza-se entre 100 e 200 watts por quilômetro quadrado, "são capazes de produzir a energia necessária para propulsar os rápidos ventos solares e assim compensar as perdas de calor das regiões menos agitadas da coroa solar", estimam os autores do estudo.
No entanto, isto "não basta para prover os 2 mil watts por metro quadrado necessários para abastecer as zonas ativas da coroa", acrescentam na Nature.
Para isso, seriam necessários instrumentos com maior resolução especial e temporal "para estudar todo o espectro de energia irradiada nas regiões ativas".
Além disso, seria preciso "entender como e onde estas ondas são geradas e dissipadas na atmosfera solar". FONTE: AFP

Boeing reativa lobby para venda de caças ao Brasil

O presidente da Boeing internacional, James McNerney Jr., vem ao Brasil na próxima semana em mais uma visita para tentar avançar nas negociações para a venda dos caças F-18 Super Hornet. Apesar de o governo brasileiro ter suspendido qualquer decisão sobre a compra dos caças até o início de 2012, a avaliação dos americanos é que este segundo semestre é o momento de convencimento.
A data da visita de James McNerney Jr. ainda não foi divulgada pela embaixada americana. O CEO da Boeing viaja especificamente para Brasília, mas sua agenda ainda não está fechada.
A compra dos caças foi suspensa pela presidente Dilma Rousseff logo ao assumir o governo, em janeiro deste ano, por conta do ajuste fiscal. No mesmo momento, a presidente deixou claro que nenhuma das ofertas está fora do páreo e os equipamentos americanos e os suecos Saab Gripen seriam considerados - apesar da preferência pelos caças franceses Rafale demonstrada pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e pelo ministro da Defesa, Nelson Jobim.
O recuo do governo brasileiro acendeu o alerta na França, que, depois de meses de conversa entre Lula e o presidente Nicolas Sarkozy, já dava como certo o negócio de R$ 12 bilhões. Ao mesmo tempo, elevou o interesse dos americanos, que viram no recuo brasileiro a chance de retomar as negociações. O assunto foi tratado na visita do presidente Barack Obama, em março. FONTE: O ESTADÃO

Dos 572 deputados federais, apenas 28 foram a todas sessões

Os deputados federais precisam ir à Câmara apenas três dias durante a semana. Ainda assim, 95% deles não conseguiram cumprir com seus compromissos em Brasília, neste primeiro semestre. Dos 572 parlamentares, apenas 28 compareceram a todas sessões. Quinze deles são novatos, incluindo os famosos Romário (PSB-RJ)e Tiririca (PR-SP). O levantamento foi feito pelo site "Congresso em Foco".
Quando o político não tem justificativa para a falta (por exemplo: saúde, missão oficial e compromisso partidário) em sessões que há votação de projetos, a ausência é computada e há desconto no salário. No primeiro semestre de 2011, somente 55 dias foram usados para realizar sessões para a apreciação de matérias.
Veja a lista completa dos deputados mais assíduos, publicada pelo “Congresso em Foco”.
No ranking dos mais presentes em plenário por estado, São Paulo é o campeão, com nove deputados. Em segundo lugar, vem o Rio de Janeiro, com três representantes, Maranhão, Minas Gerais e Paraná têm dois deputados na lista, cada um. Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso do Sul, Pará, Piauí, Santa Catarina, Sergipe e Tocantins aparecem apenas uma vez na lista de mais assíduos.
Quando a classificação é por partidos, o mais faltão é o PT. Dos 86 deputados, apenas um, Jesus Rodrigues (PI), não teve nenhuma falta. O partido mais assíduo é o PDT, com seis deputados presentes na lista. O PMDB tem cinco parlamentares, seguido do PR e PSB, com três políticos. DEM e PSDB tem dois, enquanto PcdoB, PRB, PTB, PTC, PtdoB e PV são representados apenas uma vez. FONTE: YAHOO! NOTÍCIAS

Leão Ariel, com paralisia, não resiste a tratamento e morre em São Paulo

O leão Ariel, que ficou conhecido no país devido à luta de seus criadores para que ele voltasse a se movimentar, morreu por volta de 13h30 desta quarta-feira (27). O animal vivia em Maringá (PR) e estava em tratamento em São Paulo, mas não resistiu. A informação foi confirmada por telefone por Raquel Borges, dona do animal.
Impedido de andar devido a uma doença degenerativa, Ariel estava com dificuldades para se alimentar e respirar. O animal foi submetido a um tratamento inédito para tentar restaurar os movimentos das patas.
O leão tinha três anos de idade, e apresentou os primeiros problemas de locomoção em julho do ano passado. Ele não conseguia ficar de pé e precisava de ajuda para se movimentar e ser tratado.
Ele foi então transferido para São Paulo neste mês para passar por um tratamento inédito, nunca feito em animais, conhecido como plasmaférese --que consiste na remoção das células sanguíneas que causam a degeneração dos movimentos. Ele estava recebendo doações de plasma sanguíneo de outros leões.
Mais cedo, em nota oficial, a fisioterapeuta Livia Pereira havia informado que o leão tinha passado por um exame de raio-X para saber se a dificuldade respiratória poderia estar sendo causada por uma pneumonia. Mas Pereira declarou que seus pulmões não apresentavam esse problema.
"Descobrimos que seu pulmão está bem, mas ele está com acúmulo de líquidos na pleura, que é uma película que reveste o pulmão e a parede do tórax. O Ariel está recebendo suporte respiratório com oxigenioterapia. Faremos a punção do líquido que está na pleura para que ele consiga respirar melhor e a alimentação parenteral garantirá que ele não fique mais fraco ou desnutrido", explicou naquele momento a fisioterapeuta.
O leão também passou a ter convulsões e medicamentos foram aplicados para que o animal não voltasse a sofrê-las. FONTE: UOL

quarta-feira, 27 de julho de 2011

Avião de carga cai no mar na Coreia do Sul

Um avião de carga da Asiana Airlines caiu no mar, perto da ilha Jeju, no sul da Coreia do Sul, depois de apresentar problemas mecânicos, disseram autoridades e a mídia na quinta-feira (horário local).
O Boeing 747, com duas pessoas a bordo, viajava do aeroporto Incheon, de Seul, com destino à China. A agência de notícias Yonhap informou que o avião voltava da ilha de Jeju devido a problemas mecânicos.
Nenhum sobrevivente foi encontrado, disse a polícia. FONTE: REUTERS

Falta de acordo da dívida nos EUA coloca América Latina em risco

A falta de um acordo sobre o aumento do teto da dívida dos EUA coloca em "grave risco" o crescimento da América Latina e do Caribe, que são os segundos titulares em ativos em dólares, atrás apenas da China, informou nesta quarta-feira a Cepal (Comissão Econômica para a América Latina e Caribe).
"Ainda que a América Latina e o Caribe tenham demonstrado que estão melhores preparados do que no passado para enfrentar uma deterioração do cenário internacional, caso não se resolva o problema da dívida pública americana, coloca-se em grave risco o crescimento e a resistência da região", afirmou a Cepal em um comunicado.
Segundo a Cepal, a região acumula em reservas internacionais mais de US$ 700 milhões, e os EUA "são o principal sócio econômico da região", sobretudo para o México e para os países da América Central e do Caribe.
"Um percentual muito significativo dos fluxos financeiros e de investimento provém dos EUA. Igualmente, a maior parte das remessas que aliviam a situação de muitas famílias pobres de nossa região provém do trabalho de latino-americanos e caribenhos na economia americana."
A demora do Congresso dos EUA em atingir um acordo "poderia ter um forte impacto no valor dos ativos, nas taxas de câmbio e no nível de atividade global e, portanto, na demanda dos bens e serviços que a região [América Latina] produz e exporta."
Nesta quarta-feira, a Casa Branca reafirmou a possibilidade de um acordo "essencial e possível" no Congresso entre democratas e republicanos para aumentar o teto da dívida pública e lutar contra o déficit, seis dias antes da data limite para qual os EUA podem entrar em moratória.
Para 2011, a Cepal prevê que as economias da América Latina crescerão a uma taxa de 4,7%, no momento sem sinais de um contágio da crise europeia, embora haja pressão inflacionária. FONTE: FRANCE PRESSE

Anúncios com fotos retocadas de Julia Roberts são proibidos no Reino Unido

Dois anúncios de cosméticos que usavam fotos alteradas por computador foram proibidos no Reino Unido sob a acusação de que eram 'enganosos'.
Os anúncios, das marcas Lancôme e Maybelline, da empresa L'Oreal, traziam fotos da atriz Julia Roberts e da modelo Christy Turlington manipuladas por computador.
A decisão foi tomada em resposta à denúncia da parlamentar Jo Swinson, do partido Liberal Democrata britânico, que afirmou que as propagandas "não são representativas dos resultados que os produtos podem alcançar".
O órgão regulador da publicidade britânica, Advertising Standards Authority (ASA, na sigla em inglês), concordou que as imagens eram exageradas e violavam seu código de conduta.
Obrigada a retirar as propagandas de circulação, a L'Oreal admitiu ter retocado as imagens, mas negou que as duas propagandas fossem enganosas.
Autoimagem - Swinson disse que, apesar de alguns retoques serem aceitáveis, os dois anúncios em questão eram "maus exemplos de propaganda enganosa" e poderiam contribuir para problemas com a autoimagem dos consumidores.
"Deveríamos ter alguma honestidade nos anúncios publicitários e isso é exatamente o que a ASA está aqui para fazer. Estou contente que eles tenham apoiado estas denúncias."
"Há um quadro mais abrangente, em que metade das mulheres jovens, entre 16 e 21 anos, dizem que consideram fazer cirurgias cosméticas e estamos vendo o número de distúrbios alimentares mais do que dobrar nos últimos 15 anos", afirmou.
O diretor executivo da ASA, Guy Parker, disse à BBC que os retoques no computador eram uma "questão de gradação" e que os anúncios só serão proibidos se forem enganosos, danosos ou ofensivos.
"Se os publicitários forem muito longe ao usar retoques e outras técnicas de pós-produção para alterar a aparência das modelos e se isso correr o risco de ser enganoso para as pessoas, então está errado e nós proibiremos os anúncios."
Segundo Parker, as imagens da L'Oreal foram banidas porque a empresa não foi capaz de mostrar exatamente o quanto retocou as fotografias originais - um pré-requisito para anúncios de produtos cosméticos.
"Neste caso, a L'Oreal não nos deu as provas, então não tivemos escolha a não ser apoiar a denúncia."
A empresa francesa admitiu que a imagem de Christy Turlington, que promovia uma base "anti-envelhecimento", foi alterada para "clarear a pele, limpar a maquiagem, diminuir sombras escuras ao redor dos olhos, deixar os lábios mais lisos e escurecer as sobrancelhas".
No entanto, a L'Oreal disse que a imagem refletia precisamente os resultados que o produto poderia ter na pele.
O anúncio da Lancôme, segundo a empresa, mostrava Julia Roberts em sua "pele naturalmente saudável e brilhante". Eles disseram ainda que o produto anunciado precisou de 10 anos para ser desenvolvido.
Em 2010, a ASA rejeitou as denúncias sobre outro anúncio da L'Oreal de um produto para o cabelo, com a cantora britânica Cheryl Cole, dizendo que os benefícios do produto não haviam sido exagerados. FONTE: UOL

ERRAMOS!

Segundo o leitor Rodrigo Carvalho a foto que ilustra a matéria “Após demitir, Sport promete dar psicólogo para goleiro que deu voadora em vascaíno”, publicada no dia 26, não corresponde ao goleiro Gustavo, de 18 anos. Trata-se, na verdade, do goleiro Gustavo Ramon, de 33 anos, que passou pelo Sport Clube do Recife em 2006. Obrigado, Rodrigo!! BRASILNEWS

Fifa marca início da Copa do Mundo de 2014 para o dia 12 de junho

A Fifa anunciou nesta quarta-feira, em evento realizado na Marina da Glória, na zona sul do Rio, as datas da Copa das Confederações de 2013 e da Copa do Mundo de 2014, que serão realizadas no Brasil. O anúncio foi feito pelo secretário geral da entidade, Jerome Valcke, no mesmo lugar onde, no próximo sábado, será feito o sorteio das Eliminatórias do Mundial.
No evento que também contou com a presença do presidente da Fifa Joseph Blatter, Valcke anunciou que a Copa das Confederações será disputada entre os dias 15 e 30 de junho de 2013, enquanto a Copa do Mundo foi agendada para acontecer entre 12 de junho e 13 de julho do ano seguinte. A Fifa ainda não anunciou as sedes da próximo Copa das Confederações, mas a tendência é a de que Rio (Maracanã), Belo Horizonte (Mineirão), Porto Alegre (Beira-Rio), Brasília (Estádio Nacional) e Salvador (Fonte Nova) abriguem os duelos da competição, que é a mais importante do calendário do futebol antes da realização da Copa de 2014. O SORTEIO - Além de anunciar as datas das duas importantes competições que serão disputadas no Brasil, a Fifa divulgou nesta quarta a distribuição das seleções nos potes do sorteio no qual serão retiradas as bolas com os nomes dos países e definirão a trajetória que cada um deles irá traçar nas Eliminatórias do Mundial nos cinco continentes do planeta. A Fifa explicou que as seleções foram alocadas em cinco zonas - África, Ásia, Américas do Norte, Central e Caribe, Europa e Oceania - de acordo com o ranking da entidade, lembrando que os todos as seleções das Eliminatórias da América do Sul jogarão num mesmo grupo, em turno e returno - por ser país-sede, o Brasil não precisará disputar o qualificatório do Mundial. Já na zona europeia, Portugal foi colocado no primeiro pote, como cabeça de chave ao lado da campeã mundial Espanha, da vice-campeã mundial Holanda e de Alemanha, Inglaterra, Itália, Croácia, Noruega e Grécia. No segundo pote europeu estão França, Montenegro, Rússia, Suécia Dinamarca, Eslovênia, Turquia, Sérvia e Eslováquia. Neste continente, ainda existem outros cinco potes com nove seleções nacionais cada e um com oito. FONTE: D24AM