quarta-feira, 29 de junho de 2011

Remédio para osteoporose é eficiente contra vírus da gripe

Pesquisadores da Universidade de Hong Kong identificaram no pamidronato, droga utilizada para o tratamento da ostesosporose, a capacidade de combater também o vírus da gripe. De acordo com o estudo, publicado no Journal of Experimental Medicine, o medicamento seria eficiente no combate a diversas variedades do vírus, entre elas a gripe A e o H5N1, também conhecido como gripe aviária.
Atualmente, as drogas agem diretamente no vírus da gripe. Com o passar do tempo, porém, esses medicamentos se tornam ineficientes, uma vez que os vírus se adaptam às drogas, sofrendo mutações e criando resistência. O uso do pamidronato, no entanto, consegue resolver esse problema, já que ele tem ação direta no sistema imunológico do homem. A droga é eficiente em aumentar o nível de células T gama/delta, que conseguem reconhecer as células que foram infectadas pelo vírus da gripe e, em seguida, matá-las. “A droga ativa e aumenta dramaticamente esse grupo de células-T”, diz Malik Peiris, microbiologista chefe da Universidade de Hong Kong e membro da equipe de pesquisadores. Imunização humana — Para criar um ambiente real de pesquisa, os cientistas substituíram totalmente o sistema imunológico dos camundongos usados no estudo. “Eles receberam o sistema imunológico completo de uma pessoa, se tornando um modelo realista para o teste de vacinas e drogas”, diz Peiris. Em seguida, os animais foram divididos em três grupos e infectados com o vírus H1N1 (gripe suína), com o H5N1 e com o H9N2 (gripes aviárias). Em todos os grupos, os camundongos que foram tratados com o pamidronato se recuperaram rapidamente, enquanto aqueles que não receberam tratamento morreram em poucos dias. De acordo com Peiris, o uso do medicamento poderá se tornar crítico durante pandemias, época em que a criação e a distribuição de vacinas não conseguem ser rápidos o suficiente. FONTE: VEJA ONLINE

terça-feira, 28 de junho de 2011

Genes associados à magreza podem levar a problemas no coração

Genes que estão associados a pessoas magras têm ligação com problemas cardíacos e diabetes tipo 2, condições que normalmente são vinculadas ao excesso de peso.
A associação entre as variantes genéticas e as doenças se mostrou mais frequente entre homens segundo o estudo feito pelo Conselho de Pesquisa Médica, no Reino Unido.
A conclusão ao qual os cientistas chegaram sugere que variantes do gene IRS1 reduzem a gordura sob a pele, mas não têm efeito sobre a gordura presente nas vísceras, em torno de órgãos como o coração e o fígado --muito mais perigosa.
O trabalho, publicado na revista científica "Nature Genetics", envolveu estudos genéticos com 76 mil pessoas.
A chefe do estudo, Ruth Loos, pesquisadora da Unidade de Epidemiologia do Instituto de Ciências Metabólicas, em Cambridge, na Inglaterra, disse que os pesquisadores ficaram intrigados quando perceberam a associação genética a doenças.
"Não são apenas os indivíduos obesos que podem estar predispostos a essas doenças metabólicas. Indivíduos magros não devem pressupor que são saudáveis com base em sua aparência", alertou Loos.
O médico Iain Frame, diretor de pesquisas da entidade de auxílio a diabéticos Diabetes UK, disse que o estudo pode "esclarecer por que 20% das pessoas com diabetes do tipo 2 sofrem da condição apesar de terem um peso saudável".
"[A pesquisa] também é uma mensagem clara de que pessoas magras não podem ser complacentes em relação à sua saúde", alertou.
Sobre o novo estudo, o médico Jeremy Pearson, um dos diretores da British Heart Foundation, entidade britânica de combate às doenças do coração, comentou: "Esses resultados reforçam a ideia de que, para os riscos ao coração, é particularmente importante não apenas quão obeso você é, mas sim onde você deposita a gordura.
"A gordura armazenada internamente é pior para você do que a armazenada sob a pele", acrescentou. "Entretanto, isto não elimina o fato de que ser obeso é ruim para a saúde do seu coração, então, devemos continuar tentando ficar magros e em boa forma física." FONTE: BBC BRASIL

Tripulação deixa ISS após ameaça de choque com lixo espacial

Os seis membros da tripulação da ISS (Estação Espacial Internacional) foram forçados nesta terça-feira a deixá-la e seguir para a nave Soyuz devido à proximidade de restos de lixo espacial, informou a agência Interfax, citando uma fonte espacial russa.
"Restos espaciais foram localizados muito tarde para que a estação espacial fizesse uma manobra para evitá-los. Os seis membros da tripulação receberam a ordem de subir a bordo da nave Soyuz", indicou a fonte.
O lixo orbital passou a 250 metros da estação, e a tripulação que havia se refugiado na nave de socorro pôde voltar à estação, indicou a agência.
Segundo uma porta-voz do TSOuP (centro de controle russo de voos espaciais), quando a ISS se vê ameaça por restos de lixo espacial, a tripulação recebe ordem para ir a bordo das naves de resgate e poder fugir da estação, caso necessário. "Trata-se de um procedimento normal de evacuação em caso de necessidade, e os astronautas têm instruções permanentes nesse sentido", explicou.
Três russos, dois americanos e um japonês fazem parte atualmente a tripulação da ISS. FONTE: FRANCE PRESSE

Governo Obama defende projeto para legalizar jovens imigrantes

Membros do gabinete do presidente Barack Obama defenderam nesta terça-feira uma proposta de legalização de jovens imigrantes nos Estados Unidos, na primeira audiência sobre um projeto legislativo realizada no Senado.
O denominado "Dream Act" abriria um novo caminho de legalização para os jovens que chegaram crianças aos Estados Unidos e que podem comprovar, atualmente, um bom histórico escolar e um bom comportamento social.
"Não estamos falando de uma anistia em massa. É um assunto urgente para esses jovens", respondeu a secretária de Segurança Interna, Janet Napolitano, a perguntas de um senador republicano oposto ao projeto, Chuck Grassley, durante uma audiência.
"O Dream Act faria dos Estados Unidos um país mais forte", disse o líder da bancada democrata, Dick Durbin, recordando que o projeto está no Congresso levando tombos há uma década.
O Dream Act voltou a ser introduzido em 11 de maio passado por senadores democratas, apesar de seu fracasso na legislatura anterior, quando a então minoria republicana e um grupo de democratas dissidentes paralisaram o debate do projeto.
Segundo a Casa Branca, milhares de estudantes se formam anualmente na escola secundária, sem ter seus papéis em regra.
O Dream Act prevê que, para pedir a regularização, o jovem deve comprovar que chegou aos Estados Unidos com menos de 15 anos, demonstrar bons antecedentes sociais, apresentar diploma e realizar dois anos de serviço ou educação militar.
A reforma poderia beneficiar imediatamente 726.000 jovens, segundo cálculos do Instituto de Política Migratória.
Mas a lei permite legalizar indivíduos de até 35 anos de idade, criticou o senador republicano, John Cornyn.
Durbin explicou que é para compensar a década perdida, durante a qual os jovens que se formam não conseguem encontrar trabalho, porque não possuem documentos. FONTE: FRANCE PRESSE

Família real de Mônaco desmente fuga de noiva antes de bodas

O palácio real de Mônaco negou veementemente que a noiva do príncipe Albert teria desaparecido uma semana antes do casamento, conforme publicado em um jornal francês nesta terça-feira.
O semanário "L'Express" divulgou em seu site que Charlene Wittstock, que vai se casar com o chefe do principado da Riviera Francesa no sábado, foi ao aeroporto na cidade próxima de Nice na semana passada para embarcar em um voo só de ida para a África do Sul, onde viveu grande parte de sua vida.
Foi necessária "uma persuasão infinita" por parte do príncipe e de sua equipe para convencer a ex-campeã de natação, de 33 anos, a mudar de ideia, disse a revista.
"Esses rumores servem apenas para prejudicar gravemente a imagem do monarca, e a da senhorita Wittstock, e prejudicar esse evento feliz", disse uma porta-voz do palácio em comunicado, negando as alegações.
Um advogado do casal, Thierry Lacoste, também negou as informações e disse ao jornal Le Figaro que havia começado a tomar medidas legais contra o "L'Express".
"Isso é loucura, tudo falso", disse Lacoste ao jornal. "Esse rumor está circulando há três semanas... Eu estive com o príncipe e Charlene Wittstock em Paris três dias atrás, e posso prometer a vocês que está tudo bem."
Milhares de convidados, inclusive dezenas de chefes de Estado, devem comparecer à cerimônia em Mônaco, no sábado.
O chefe da Casa de Grimaldi, de 53 anos, filho do príncipe Rainier 3º com a atriz de Hollywood Grace Kelly, conheceu Wittstock em 2000 enquanto presidia o evento internacional de natação em que ela estava competindo.
Albert governa a pequena cidade-Estado, cercada nos três lados pela França, desde a morte de seu pai, em 2005. FONTE: REUTERS

Brasil lidera ação por Estado palestino, diz dirigente da OLP

O Brasil é um parceiro central na campanha pelo reconhecimento do Estado palestino, que será levada às Nações Unidas em setembro.
A afirmação é de Nabil Shaath, um dos principais dirigentes e negociadores palestinos. Segundo ele, o Brasil manteve a política do governo Lula de angariar apoio internacional ao reconhecimento da Palestina.
"O Brasil nos ajudou e continua ajudando", disse Shaath ontem em Ramallah, durante conversa com correspondentes estrangeiros. "O governo de Dilma Rousseff está seguindo os passos do nosso querido amigo Lula da Silva".
Nesta semana, a OLP (Organização para Libertação da Palestina) oficializou a decisão de pedir o reconhecimento do Estado palestino na ONU, em setembro.
A formulação exata do pedido ainda está sendo definida, mas basicamente os palestinos querem que a ONU reconheça seu Estado nas fronteiras pré-1967, para que a Palestina seja aceita como membro da organização.
O plano é fortemente criticado por Israel, que abriu uma contraofensiva diplomática para tentar frustrá-lo.
Para o governo israelense, trata-se de uma ação unilateral que viola um dos princípio dos acordos assinados com os palestinos --o de que a solução do conflito deve ser obtida em negociações.
Os Estados Unidos também já disseram que são contrários à iniciativa, mas Shaath manifestou esperança de que o país não use seu poder de veto contra o plano no Conselho de Segurança da ONU em setembro.
Após avaliar o pedido, o Conselho de Segurança decidirá em votação se recomenda a adesão da Palestina como membro da ONU. Caso isso aconteça, os palestinos precisariam da aprovação de pelo menos dois terços dos votos da Assembléia Geral (128 países).
Shaath calcula que esse número será alcançado com facilidade, pois até o momento 117 países já declararam apoio à declaração palestina. Na América Latina, somente Colômbia e México não atenderam ao pedido.
Apesar das duas exceções, o continente latino-americano é considerado um exemplo pela liderança palestina.
"Nosso maior sucesso é a América Latina. O Brasil desempenhou um papel importante ao nos ajudar a obter o reconhecimento dos países sul-americanos", disse Shaath. "O presidente Lula tem toda a minha gratidão por ter sido o fator proeminente para obter o suporte da América Latina. E continuamos a ter esse apoio."
Em dezembro do ano passado, menos de um mês antes de deixar o poder, Lula enviou uma carta à Autoridade Nacional Palestina declarando que o Brasil reconhece o Estado palestino nas fronteiras anteriores à Guerra dos Seis Dias(1967), que incluem Cisjordânia, Gaza e Jerusalém Oriental.
Vários países da América do Sul seguiram o exemplo do Brasil, o que Shaath atribuiu em grande parte ao esforço do ex-presidente.
Shaath contou à Folha que na semana da posse de Dilma, Lula organizou encontros de vários líderes latino-americanos com o presidente palestino, Mahmoud Abbas. "Graças a Lula, saímos da posse com o apoio de mais oito países", disse. FONTE: FOLHA ONLINE

quinta-feira, 2 de junho de 2011

Cinco dicas para usar o celular com segurança

Com o anúncio da Agência Internacional de Pesquisa sobre o Câncer, braço da Organização Mundial da Saúde, de que as ondas eletromagnéticas emitidas pelos celulares podem causar tumores cerebrais, o que fazer com os aparelhos? Ainda é seguro continuar falando pelo celular?
Uma das primeiras pesquisadoras a afirmar que os celulares podem causar câncer, a americana Devra Davis, PhD e professora de epidemiologia na Universidade de Pittsburgh, dá algumas dicas de como usar com segurança os celulares em seu livro Disconnect - The Truth About Cell Phone Radiation, What the Industry Has Done to Hide It, and How to Protect Your Family (Desconecte – A verdade sobre a radiação dos celulares, o que a indústria fez para escondê-la, e como proteger sua família), lançado em setembro de 2010. Para Devra, não é preciso jogar o celular fora. Basta saber usá-lo (ela mesmo mantém seu aparelho, mas usa com um kit hands-free). Veja abaixo suas principais recomendações: 1. Mantenha fora do alcance das crianças O uso de celular pode causar um tipo específico de câncer, o glioma, que atinge o cérebro. Crianças são mais suscetíveis às mutações genéticas causadas pelas ondas do celular por ainda não possuírem a barreira hemato-encefálica (que protege o cérebro) totalmente formada. Quanto mais jovens, mais vulneráveis. Por isso o ideal é evitar o uso nessa faixa etária; 2. Use fones de ouvido Usar fones de ouvido aumenta a distância entre o aparelho e o corpo e reduz a exposição à radiação; 3. Não carregue junto ao seu corpo Mesmo que não esteja sendo usado, o celular emite radiação. Deixe na bolsa ou na mochila; 4. Não deixe o celular sob o travesseiro Enquanto você dorme, o celular não deixa de emitir radiação eletromagnética. Mantenha-o a uma distância segura; 5. Cuidado com o sinal fraco Segundo Devra Davis, em standby ou com o sinal fraco é quando o celular emite mais radiação. Evite o uso durante este período.Segundo a Organização Mundial de Saúde, "usar o telefone em áreas com boa recepção também diminui a exposição, pois permite que o telefone transmita com menor potência." FONTE: VEJA ONLINE

Governo pressiona estados a reduzir ICMS de energia

Para pressionar os estados a reduzir o Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), o governo está concluindo um levantamento mostrando que a tributação muda muito de uma unidade da Federação para outra. Rondônia, por exemplo, cobra no máximo 17% de seus consumidores residenciais. Já Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso e Rio de Janeiro aplicam uma taxação 30%.
Os técnicos investigam o que determina essa disparidade e buscam argumentos para defender uma tributação menor. Por exemplo: o Amapá não cobra ICMS na eletricidade das residências que consomem até 100 megawatts por hora (MWh) e, nas demais faixas de consumo, a alíquota é de 12%, a mais baixa do país. Já o vizinho Amazonas cobra 25% em todas as contas de luz. Além do Amapá, mais cinco estados (Alagoas, Maranhão, Mato Grosso, Pará e Roraima) dão isenção de ICMS para quem consumir até 100 megawatts por hora. Já Amazonas, Bahia, Rio Grande do Sul e Santa Catarina não dão isenção alguma. O objetivo é tentar, ao menos, buscar um alinhamento nos níveis de tributação mais baixos, se não uma redução. O governo federal já indicou que pretende reduzir os próprios tributos incidentes sobre a conta de luz, como o PIS, a Cofins e vários outros encargos, num movimento simultâneo com o dos governadores. A redução do ICMS na eletricidade integra a lista de temas que o governo federal apresentou aos governadores, como parte das discussões da reforma tributária. Os pontos de interesse, porém, não coincidem. Enquanto os Estados querem redução da taxa de juros de sua dívida com o Tesouro Nacional e uma participação maior na divisão do bolo tributário nacional por meio do Fundo de Participação dos Estados (FPE), o governo federal defende redução do ICMS cobrado na eletricidade, nas telecomunicações, nos combustíveis, nos remédios e nos alimentos da cesta básica. FONTE: AGENCIA ESTADO

Maurren Maggi é campeã sul-americana no salto em distância

A campeã olímpica Maurren Maggi faturou nesta quinta-feira o título do Campeonato Sul-Americano de Atletismo, realizado na cidade de Buenos Aires, na Argentina, da prova do salto em distância. Para conquistar a medalha de ouro, a brasileira alcançou 6,52 metros no seu melhor salto.
Este foi o sexto título sul-americano de Maurren Maggi. A também brasileira Keila Costa ficou com a medalha de prata e a colombiana Caterine Ibarguen faturou o bronze Ambas saltaram 6 45 metro, mas Keila garantiu o segundo lugar por ter atingido a distância antes. "Ao longo de tanto trabalho estou super satisfeita e feliz com o meu resultado e com o hexa", afirmou Maurren. "Estou muito feliz, apesar de não ter feito o melhor salto, já que aqui está muito frio. No geral, acabei gostando bastante da competição e dos saltos de todas as adversárias. Foi uma disputa em alto nível e estou bastante feliz com mais um título", concluiu. Além do título desta quinta-feira, Maurren já havia vencido neste ano o Festival de Saltos, o GP São Paulo de Atletismo e o GP Brasil de Atletismo, no Rio de Janeiro. A brasileira também faturou a medalha de prata na etapa de Doha da Diamond League e o bronze no GP Belém de Atletismo. FONTE: AGENCIA ESTADO

Microsoft apresenta sistema operacional Windows 8

A Microsoft apresentou detalhes de seu novo sistema operacional Windows 8 em conferências de tecnologia nos Estados Unidos e em Taiwan.
Em apresentações na conferência D9 em Palos Verdes, na Califórnia, e na feira de computação Computex, em Taiwan, executivos da Microsoft mostraram uma tela inicial com visual que lembra a do Windows Phone 7, com "pastilhas" ativas manipuladas por movimentos dos dedos sobre a tela. "É um Windows completo", disse Julie Larsson-Green, vice-presidente corporativa do Windows Experience, que reconheceu que a estética foi inspirada no sistema operacional para celulares, embora tenha sido ajustada para "aproveitar o espaço que oferece uma tela maior". Segundo a empresa, a nova versão funcionará em diversos tipos de equipamentos, de computadores tradicionais a notebooks e tablets, com acesso tanto pelos comandos de tela de toque quanto pelo sistema tradicional de teclado e mouse. A previsão é que o novo Windows seja lançado em 2012. Mais detalhes devem ser fornecidos na conferência que a Microsoft organizará em setembro na Califórnia. A empresa declarou em Palos Verdes que não estava "fora do jogo" dos tablets. "O fato de já terem se passado um ou dois anos da chegada do iPad não importa de fato. Há muita infraestrutura já instalada", disse Adrian Crisan, diretor de engenharia da divisão Vaio e de aparelhos móveis da Sony nos Estados Unidos, a jornalistas em Taipé, na quinta-feira (2). "Hoje a Apple é a primeira em uma categoria, e a Microsoft primeira em outra, e isso resultará em uma corrida na qual os consumidores comprarão aquilo de que gostarem", acrescentou. FONTE: EFE

Russo morre após pedir para ser enterrado vivo por boa sorte

Um russo de 35 anos morreu após pedir a um amigo que o enterrasse vivo por uma noite, acreditando que isso traria a ele boa sorte e uma longa vida.
O homem havia tido a ideia ao ler em um site na internet uma lista de supostas receitas populares para melhorar a qualidade de vida. Uma das sugestões era passar uma noite em um caixão fechado debaixo de terra. Segundo relato do jornal "Komsomolskaya Pravda", o homem cavou então um buraco no chão, na cidade de Blagoveschchensk, próximo à fronteira com a China, e instalou um caixão de madeira improvisado com dutos de ar para ventilação. Ele levou consigo cobertores e um celular para emergências, e pediu ao amigo que o enterrasse e o viesse buscar no dia seguinte. Quando o amigo chegou para resgatá-lo, porém, encontrou-o morto. CHUVA - A principal hipótese para o revés é que a chuva forte que caiu na região durante a noite tenha interrompido os dutos de ar para o caixão e teria possivelmente também danificado o celular, que não foi acionado. Segundo a polícia, o homem pode ter morrido afogado ou de hipotermia. Segundo o correspondente da BBC em Moscou Steve Rosenberg, o caso não é o primeiro do tipo a acontecer na Rússia. No verão passado, um homem da região de Vologda, no noroeste da Rússia, pediu a um amigo para enterrá-lo vivo para que ele pudesse enfrentar e superar o medo da morte. Mas ele foi encontrado morto uma hora e meia mais tarde, esmagado pelo peso da terra. A prática parece estar se popularizando entre os russos. Vários blogs no país trazem histórias sobre autossepultamentos supervisionados. Até mesmo o jornal estatal "Rossiskaya Gazeta" publicou recentemente uma reportagem sobre o tema. FONTE:BBC BRASIL

Anatel pode liberar TV a cabo para teles

O conselho diretor da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) deve aprovar hoje regras que abrem o mercado de TV a cabo para as operadoras de telefonia.
Com isso, a agência se antecipa à aprovação de projeto de lei federal (PLC 116) que acabará com a restrição. Segundo a Lei do Cabo, as teles não podem, sozinhas, distribuir sinais de TV fechada. Por isso, a Telefônica adquiriu a TVA; a Oi, a WayTV. Mas o serviço não foi massificado e acabou ultrapassado pela TV via satélite (DTH), que já responde por quase metade dos assinantes de TV por assinatura no país. Em outros países, ocorreu o contrário. A regulação abriu o mercado de cabo para qualquer operador. Nos EUA, 98% dos domicílios estão conectados por fibras ópticas ou cabos coaxiais. Caso a proposta final da Anatel seja aprovada hoje, a agência acabará com o limite de licenças de TV a cabo no país. As teles poderão solicitar autorizações e pagarão R$ 9.000 a cada pedido. Antes, havia uma licitação e os valores eram milionários. Justamente por isso, surgiram questionamentos jurídicos. Alguns representantes de emissoras alegam que não poderiam ter seus ativos (licenças) "reduzidos a pó". Nos bastidores, algumas empresas alegam que a agência não tem poder para, por meio de regulamento (decisão administrativa), pôr fim a restrições definidas por uma lei federal (Lei do Cabo). A Folha apurou que, por isso, há chances de que entrem na Justiça. Para levar as mudanças adiante, a agência está respaldada por parecer da Procuradora Especializada, um braço da AGU (Advocacia-Geral da União) na Anatel. Segundo o documento, ao qual a Folha teve acesso, a confrontação entre a Lei do Cabo, de 1995, e a LGT (Lei Geral de Telecomunicações), de 1997, abre espaço para que a agência decida sobre o tema independentemente da aprovação do PLC 116. A Anatel também exercerá papel de fiscalização não somente dos aspectos técnicos da distribuição de sinais mas também do conteúdo. Passará a monitorar o cumprimento dos níveis de conteúdo nacional nos canais de livre programação. Hoje, ao menos 1% da programação semanal precisa ter conteúdo regional. A agência também controlará a relação comercial entre programadores e prestadores. A contratação de programação gerada no exterior deverá sempre trazer um dos canais em língua portuguesa composto por obras cinematográficas ou produções brasileiras independentes. Segundo o PLC 116, essa missão seria da Ancine. FONTE: FOLHA.COM

Para ter 'internet de 1º mundo' país deve investir R$ 150 bi

Um estudo inédito da consultoria LCA revela que será preciso investir R$ 150 bilhões até 2020 para nivelar a internet brasileira com a de países europeus oferecendo pacotes de, no mínimo, 2 Mbps (megabits por segundo). A cifra representa 63% de todo o investimento já realizado pelo setor desde a privatização, em 1998.
O levantamento, que será divulgado hoje durante o Telebrasil, evento promovido pela Associação Brasileira de Telecomunicações, traçou cenários possíveis a partir do cruzamento de variáveis como velocidade das conexões e tempo para massificação dos acessos. O cenário mais modesto que aumenta os acessos mas ainda não massifica o serviço prevê investimentos de R$ 50 bilhões até 2014 e, neste caso, a velocidade de conexão não chega a 1 Mbps (megabit por segundo). Com esse aporte não seria cumprida a meta inicial do PNBL (Plano Nacional de Banda Larga) de levar internet a 68% dos domicílios do país --algo que poderia ocorrer com R$ 150 bilhões, cenário mais ousado. MUDANÇAS - Em todas as simulações, a consultoria considera a participação das operadoras móveis. A Folha apurou que elas estarão na mesa de negociação com o Ministro Paulo Bernardo (Comunicações) aderindo ao "novo PNBL". É assim que o programa está sendo chamado após a mudança de rumo na Telebras que, com o novo presidente (Caio Bonilha), atuará como fornecedor complementar de infraestrutura para as operadoras privadas --fixas e, agora, também as móveis. Na versão anterior do PNBL, a Telebras tinha um papel central. Tanto que poderia competir com ofertas de varejo onde as teles não tivessem interesse comercial. A Folha apurou que esse discurso teve de mudar porque o governo percebeu que teria de injetar recursos inexistentes no orçamento para poder levar sozinho o plano adiante caso as teles não aderissem ao programa. Pela primeira vez, um estudo dá ideia do nvestimento necessário para fazer sair do papel o plano que foi idealizado pelo ex-presidente Lula e transformado em um dos pilares de seu governo pela presidente Dilma. FONTE: FOLHA.COM

EUA avaliam risco de trombose por uso de anticoncepcional

A FDA (agência que regula remédios e alimentos nos EUA) está revisando os resultados de dois estudos que mostraram que existe um risco maior de formação de coágulos sanguíneos em mulheres que tomam anticoncepcional contendo o hormônio drospirenona.
As pílulas mais vendidas pelo grupo farmacêutico alemão Bayer, YAZ e Yasmin, contêm a substância. Ambas são vendidas no Brasil. A agência reguladora disse que está avaliando os resultados contraditórios de estudos anteriores e analisando os riscos e benefícios de contraceptivos que contêm o hormônio. Em abril, dois estudos publicados no "British Medical Journal" indicaram que medicamentos como YAZ e Yasmin duplicam ou triplicam o risco de coágulos sanguíneos graves em relação aos anticoncepcionais orais de gerações anteriores. No começo de maio, foi noticiado que a Bayer enfrenta uma ação nos EUA pela morte de uma adolescente por um coágulo supostamente vinculado ao anticoncepcional YAZ. OUTRO LADO - Em nota enviada à Folha, a Bayer informou que "a FDA observou que as pacientes não devem parar de tomar contraceptivos orais contendo drospirenona sem primeiro falar com seu profissional de saúde". A empresa também afirmou que o risco de tromboembolismo venoso em mulheres que usam contraceptivos orais contendo drospirenona é comparável ao observado em relação às demais pílulas de controle de natalidade estudadas. "A análise que a Bayer faz do material de evidências científicas disponíveis em relação à drospirenona continua a apoiar a sua avaliação atual sobre a segurança dos seus contraceptivos orais. Essa avaliação é corroborada por descobertas clínicas consistentes ao longo de um período de 15 anos e pelos resultados de estudos de até dez anos de pós-comercialização que sustentam que o risco de tromboembolismo venoso é comparável com qualquer contraceptivo oral estudado, independentemente da progesterona." A farmacêutica ressaltou que "o risco de tromboembolismo venoso consta das bulas oficiais submetidas pela Bayer à Anvisa". FONTE: REUTERS

Cientistas preveem tratamento eficaz para Alzheimer em 5 anos

Dentro de uns cinco anos haverá um tratamento eficaz para o Alzheimer, que devolveria as faculdades mentais às pessoas acometidas pela doença, afirmaram cientistas. O problema atinge um terço dos maiores de 85 anos no mundo.
"Penso que estamos quase prontos para fazê-lo [ter um tratamento eficaz], acho que em cinco ou seis anos existirá", disse o cientista japonês Kiminobu Sugaya, que participou no Panamá da "Conferência Internacional sobre Novas Descobertas do Cérebro". Os cientistas correm contra o tempo para encontrar um tratamento para esta doença neurológica que leva à perda progressiva da memória e da linguagem, e para a qual não há cura por enquanto. Há estudos muito avançados que demonstram que aumentando o número de células no cérebro de um paciente é possível deter o Alzheimer, explicou Sugaya, professor de neurociência da Universidade Central da Flórida, nos Estados Unidos.
Para isto, seriam necessárias células-tronco, tiradas da etapa pré-natal de uma pessoa, que teriam que ser transplantadas ao paciente caso ele tenha Alzheimer. "Se você aumenta o número de células [no cérebro do paciente] é possível deter a doença", explicou Sugaya, que estuda o problema há quatro décadas. O objetivo é que as células-tronco se transformem em neurônios saudáveis e substituam os doentes, algo que Sugaya disse ter testado com sucesso em ratos. "O grande desafio na próxima etapa é ter remédios que detenham a doença e impeçam o acúmulo da toxina beta-amiloide no cérebro", disse Daniel Chain, presidente da empresa americana Intellect Neurosciences Inc., dedicada ao estudo do Alzheimer.
A beta-amiloide é uma proteína que se acumula no cérebro dos doentes de Alzheimer, criando uma espécie de emaranhado que dificulta a comunicação entre as células, explicou. "Penso que dentro de cinco anos haverá remédios no mercado para reverter o Alzheimer", disse Chain, explicando que eles não só deteriam o avanço da doença, como também poderiam restaurar os danos no cérebro do paciente. "Nenhum dos fármacos que estão disponíveis hoje no mercado são eficazes contra a doença", acrescentou o especialista americano. Os medicamentos "são administrados [ao paciente] para melhorar sua vida diária, mas não estão fazendo nada no cérebro para retardar o avanço da doença", reforçou a cientista panamenha Gabrielle Britton. "O maior desafio agora é poder identificar um biomarcador [uma proteína ou um gene] que nos permita dizer, 'esta pessoa vai ter Alzheimer', para lidar com a doença desde cedo", acrescentou Britton, pesquisadora do Centro de Neurociências do Panamá. Os especialistas asseguram que o Alzheimer têm um componente genético em 10% dos casos. Segundo afirmou Britton, metade dos maiores de 85 anos no mundo sofrem de algum tipo de demência, e a mais comum entre elas é o Alzheimer. A doença deve seu nome ao psiquiatra e neurologista alemão Alois Alzheimer (1984-1915), que no começo do século 20 identificou seus sintomas e a degeneração que causa no cérebro. FONTE: FRANCE PRESSE

Barco com refugiados afunda e mais de 200 estão desaparecidos

Um navio que levava refugiados da Líbia afundou na terça-feira na costa de Túnis, capital da Tunísia, deixando dois mortos e entre 200 e 270 desaparecidos.
As autoridades divulgaram o naufrágio nesta quinta-feira, em meio aos esforços de salva-vidas e militares para resgatar os refugiados, que tentavam chegar à ilha italiana de Lampedusa. O barco estava lotado, com cerca de 800 passageiros, e encalhou na terça-feira em um banco de areia localizado a cerca de 36 km da ilha tunisiana de Kerkennah. O mar agitado associado ao desespero dos passageiros, que tentavam embarcar em pequenas lanchas salva-vidas enviadas pelas equipes de socorro, fez com que o navio afundasse. A guarda-costeira tunisiana conseguiu resgatar 570 imigrantes, que foram levados para o acampamento de refugiados de Shucha, que fica a oito quilômetros da da fronteira entre a Tunísia e a Líbia. Milhares de imigrantes do norte da África estão fugindo da onda de revoltas rumo à Lampedusa, criando uma crise humanitária na pequena ilha de 5.000 habitantes. FONTE: AGENCIAS INTERNACIONAIS

quarta-feira, 1 de junho de 2011

Homem e mulher das cavernas invertiam papel social, diz estudo

Um estudo sobre os primeiros ancestrais humanos que viviam nas cavernas Sterkfontein e Swartkrans, na África do Sul, mostra que as mulheres invertiam seu papel social e abandonavam o núcleo original para unirem-se a outro, enquanto os homens permaneciam no lugar onde nasciam.
A pesquisa, publicada no último número da revista "Nature", é sem precedentes porque relata a existência de uma estrutura social pré-histórica. A prática feminina de deixar o grupo original para acompanhar o de seus companheiros é comum em algumas culturas. Esse mesmo padrão é verificado entre chimpanzés e bonobos, mas a maioria dos outros primatas, como os gorilas, o comportamento é o oposto. As fêmeas ficam com o grupo no qual nascem e os machos mudavam para outros lugares. ANÁLISE - Os pesquisadores geralmente encontram dificuldades para entender como os primeiros hominídeos usavam a terra e se moviam pelo território somente com a análise morfológica e filogenética. Liderado pela paleoantropóloga da Universidade do Colorado (EUA) Sandi Copeland, o grupo do estudo atual usou um indicador geoquímico --isótopos de estrôncio que se encontram no esmalte dental-- para determinar os movimentos dos hominídeos. Foram analisadas dentes e restos de oito espécies Australopithecus africanus e mais 11 Paranthropus robustus, grupos que viveram entre 1,7 milhão e 2,4 milhões de anos. Ambos viveram em savanas arborizadas, provavelmente se alimentando com uma mistura de frutas, grama, sementes e nozes. Segundo a análise, apenas 10% dos machos se originaram fora de um raio de 30 quilômetros quadrados, contra mais da metade das fêmeas. Em outras palavras, os homens só se aventuravam, e raramente, a mais de alguns quilômetros de suas cavernas. O estudo também contesta o senso comum sobre como os primatas deixaram de se locomover em quatro patas e tornaram-se bípedes para percorrer grandes distâncias em busca de abrigo e comida. Os indícios sugerem que os machos limitaram suas viagens às atividades de caça e coleta. Ou seja, a mudança para a posição ereta pode ter sido influenciada por outras necessidades. FONTE: AGENCIAS INTERNACIONAIS

Desempregado usa últimas economias para pedir emprego por outdoor

Desesperado após meses de desemprego, um irlandês de 26 anos resolveu pedir emprego por meio de um anúncio em um outdoor.
Feilim Mac An Iomaire usou suas últimas economias para pagar 2.000 euros (cerca de R$ 4.560) pela instalação de um outdoor no centro de Dublin por duas semanas. O outdoor traz a mensagem "Salve-me da Emigração" e mostra Mac An Iomaire com uma mala na mão e olhando uma paisagem que reúne vários símbolos famosos de cidades internacionais, como a estátua da Liberdade, em Nova York, o Big Ben, em Londres, e a Ópera de Sydney. Mac An Iomaire, que tem experiência em vendas e marketing, voltou à Irlanda em agosto do ano passado, após um ano trabalhando na Austrália, e desde então já concorreu a mais de cem empregos diferentes, sem sucesso. A Irlanda passa por uma série crise financeira, que obrigou o país a recorrer à ajuda internacional no ano passado. Estima-se que haja 400 mil pessoas sem trabalho no país e que até 50 mil irlandeses devem emigrar neste ano para buscar trabalho em outros lugares. ÚLTIMA JOGADA - A campanha de Mac An Iomaire é acompanhada também por uma página no Facebook e uma conta no Twitter. Em um post no Facebook, ele explicou a razão de ter decidido por um caminho tão incomum para buscar trabalho. "Depois de ter tentado e fracassado por meses, e exausto com os caminhos tradicionais de busca de emprego, decidi fazer uma última jogada de dados para permanecer na Irlanda antes de ser forçado a procurar trabalho em outro lugar e me desenvolver profissionalmente", afirmou. Ele disse ter recebido algumas respostas positivas e ofertas de ajuda para a apresentação de seu currículo, mas nenhuma oferta concreta de emprego até agora. Ele afirmou ainda que esperava permanecer na Irlanda para "ser parte da recuperação do país". FONTE: BBC BRASIL

Estrutura rara no coração faz estudante sobreviver a tiro no peito

Um estudante norte-americano sobreviveu a um tiro no peito graças à estrutura “muito rara” de seu coração, segundo o médico que o atendeu. Gabriel Mendigutia foi ferido pela namorada com uma arma de ar comprimido, a uma distância de pouco mais de dez metros. Ele mesmo a havia desafiado a disparar, aparentemente por brincadeira.
A bala de chumbo perfurou o coração de Gabriel e se alojou num músculo de suas costas. Ela bloqueou o ramo interventricular anterior da artéria coronária esquerda, o que poderia causar um infarto. No entanto, a anatomia “muito rara” de seu coração fez com que o sangue circulasse pelo lado oposto da artéria e impediu que ele tivesse problemas mais graves. Além disso, a bala não atingiu nem o esôfago nem a traqueia, o que também poderia provocar sequelas. O médico Nicholas Namias, do Hospital Jackson Memorial, em Miami, considerou um “milagre” que tantos fatores o tenham favorecido. As informações são do portal “Sun Sentinel” e do jornal “Miami Herald”. FONTE: G1

Camadas internas da Terra contêm organismos multicelulares, diz estudo

Uma equipe de cientistas detectou pela primeira vez, em uma mina da África do Sul, organismos multicelulares nas camadas mais profundas da biosfera terrestre. O estudo, publicado no último número da revista "Nature", apresenta uma nova perspectiva a respeito da biodiversidade sob a superfície do planeta.
Abaixo da crosta terrestre, a biosfera alcança profundidades de até três quilômetros, e abriga uma ampla variedade de organismos unicelulares. Até agora, no entanto, os cientistas pensavam que os organismos multicelulares não sobreviveriam nesse ambiente devido às altas temperaturas, à falta de oxigênio e ao espaço limitado. No entanto, a equipe do geólogo da universidade de Princeton (EUA) Tullis Onstott detectou diversos vermes nemátodos, incluindo uma espécie desconhecida - batizada de Halicephalobus mephisto (foto) -, entre 0,9 e 3,6 quilômetros abaixo da superfície terrestre, em uma rachadura formada pela água no interior de uma mina. Essas criaturas, que medem cerca de meio milímetro, suportam altas temperaturas, se reproduzem de maneira assexuada e se alimentam preferencialmente de bactérias. Os testes com carbono-14 indicam que a rachadura na qual os nemátodos foram encontrados se formou há entre 3 mil e 12 mil anos. Os resultados da pesquisa indicam que os ecossistemas localizados sob a superfície terrestre são mais complexos do que se acreditava até agora e podem causar grandes implicações na busca de vida em outros planetas. FONTE: EFE

Relacionamentos amorosos reduzem risco do vício em drogas, diz estudo

Ter um relacionamento amoroso feliz e estável pode ser o suficiente para diminuir o risco de se viciar em drogas, segundo um estudo feito com animais e divulgado na edição deste mês da revista especializada Journal of Neuroscience.
As drogas viciam porque agem em uma área do cérebro conhecida como “sistema de recompensas”, que também controla nossa vontade de comer e fazer sexo. Basicamente, esse sistema serve para garantir que nós façamos aquilo que é essencial para nossa sobrevivência. É por isso que sexo e comida dão prazer. As drogas alteram o funcionamento dessa região do cérebro e fazem o organismo sentir que precisa de algo que faz mal. Os relacionamentos estáveis formados na vida adulta também agem nessa região e podem proteger o cérebro de vícios, acreditam cientistas da Universidade Federal da Flórida, nos Estados Unidos. No estudo, os pesquisadores estudaram o efeito das anfetaminas no cérebro de exemplares de arganaz-do-campo, um pequeno roedor típico da América do Norte que é monogâmico e forma casais para a vida toda. Segundo o estudo, os machos da espécie que tinham uma companheira mostraram menos interesse na droga do que os "solteiros". Seus cérebros liberaram as mesmas quantidades de endorfina, o hormônio do prazer, mas aqueles que não estavam em um "relacionamento" ficaram mais suscetíveis aos seus efeitos. FONTE: G1

Missa em memória das vítimas do voo 447 reúne cerca de 100 pessoas

A missa em memória pelos 2 anos do acidente com o voo 447 da Air France, que matou 228 pessoas ao cair no mar na rota Rio-Paris, reuniu cerca de cem pessoas na Igreja Nossa Senhora da Paz, em Ipanema, Zona Sul do Rio. O culto, na manhã desta quarta-feira (1º), foi celebrado pelo padre Omar Raposo e teve como tema esperança. A homenagem foi organizada pela Air France.
Por volta das 11h, dois ônibus chegaram à porta da igreja, trazendo as famílias das vítimas que estão hospedadas num hotel em São Conrado, na Zona Sul. São parentes de vários estados do Brasil e uma família da Argentina. Uma das primeiras a chegar foi Esther Van Sluijs, que perdeu a filha Adriana, jornalista da Petrobras, no acidente. Confessando que o "emocional ainda fica complicado", ela diz que confia plenamente nas investigações sobre a causa da queda do avião e que "a Air France tem sido uma mãezona". Já o presidente da Associação de Vítimas Brasileiras, Nelson Faria Marinho, que perdeu um filho no acidente e acompanha as investigações sobre o caso, preferiu não comparecer. Um forte esquema de segurança foi montado para a entrada das famílias na igreja. Todos os parentes foram escoltados à saída do ônibus e usavam crachás fornecidos pela organização do evento. A imprensa foi mantida à distância e, apesar da orientação dos organizadores, de que a missa seria restrita às famílias, alguns moradores do bairro entraram na igreja sem restrições. À saída da missa, emocionado, José Macário Fausto de Mello dizia que era "doloroso ver esse filme de novo". Ele perdeu o filho Carlos Eduardo, casado com Bianca, que também morreu no acidente. Ele disse confiar nas investigações sobre a causa da tragédia, e tem esperança de que os investigadores façam um bom trabalho para trazer conforto às vítimas. Já sua mulher, Maria Ester Lopes, mãe de Carlos Eduardo, comovida, disse apenas que preferia que os corpos não fossem retirados do mar. Após a missa, que durou 45 minutos, parentes das vítimas seguiram para o Parque Penhasco Dois Irmãos, no Leblon, Zona Sul da cidade, onde depositaram flores junto ao memorial das vítimas da tragédia. FONTE: G1

Touro de 2 metros e 1,5 tonelada é o maior da Inglaterra

Com quase 2 metros de altura e 1,5 tonelada, o touro chamado "Field Marshall" é considerado o maior da Inglaterra e virou atração em uma fazenda no condado de Somerset. Mas, após dez anos, o animal será aposentado por seu dono, Gary Bowden. Apesar do tamanho assustador, a filha de Bowden se apegou ao animal. Sophie, de três anos, ajuda alimentá-lo. FONTE: G1

Brasil e Colômbia farão plano conjunto para a fronteira

Os governos brasileiro e colombiano estão preparando um plano conjunto para intensificar a fiscalização da fronteira entre os dois países, disse nesta quarta-feira o ministro Nelson Jobim (Defesa).
No dia 24 de junho, ele se reúne com o seu par da Colômbia em Bogotá. A ideia, segundo Jobim, é fazer acordos do tipo com todos os países que fazem fronteira com o Brasil, começando por Venezuela, Bolívia, Paraguai e Peru. Ainda neste mês a Polícia Federal e as Forças Armadas deverão fazer uma operação especial de fiscalização em 'cinco ou seis pontos' da fronteira do Brasil com outros países. De acordo com ele, os detalhes da ação, chamada "Operação Ágata", serão fechados no começo da semana que vem. Outra operação, de nome 'Sentinela', está sendo preparada para intensificar o monitoramento. FONTE: FOLHA.COM

Twitter lança serviço de fotos e melhora sua busca

O Twitter anunciou um serviço próprio de compartilhamento de fotos próprio nesta quarta-feira (1º). A notícia havia sido adiantada pelo blog TechCrunch na segunda-feira (30).
"Milhões de pessoas compartilham fotos todos os dias, e nós vamos facilitar esse processo", disse a equipe do microblog no blog oficial da empresa. A previsão é de que, nas próximas semanas, seja implementada a função que permite que o usuário associe uma foto a um tuíte por meio do Twitter.com. Anteriormente, era preciso fazer o uso de serviços alternativos, como o Twitpic e o Yfrog, para fazer o mesmo processo. Os usuários dos aplicativos oficiais para smartphone do Twitter também terão a função "em breve", segundo a equipe do microblog. A companhia também afirma que está negociando com as operadoras para que os usuários que não têm smartphones possam enviar fotos por meio de mensagens do tipo MMS. BUSCA - Também nesta quarta-feira, o Twitter anunciou uma nova versão de sua ferramenta de buscas. "A nova pesquisa não só irá trazer tuítes mais relevantes, como também irá mostrar vídeos e fotos relacionados à sua busca", diz a equipe do Twitter. Os usuários de Firefox ganharam uma vantagem. Agora, eles precisam apenas digitar a hashtag ou o nome de usuário procurado na barra de endereços para que seja aberta a página de resultados de busca. FONTE: FOLHA.COM

Embaixador iraniano culpa pilotos por bloqueio a avião de Merkel

Convocado para prestar esclarecimentos, o embaixador iraniano em Berlim, Alireza Sheikhattar, afirmou nesta quarta-feira que o bloqueio imposto ao avião oficial da chanceler alemã, Angela Merkel, na véspera foi consequência de um erro técnico dos pilotos alemães.
As autoridades iranianas retiveram no ar durante duas horas na madrugada desta terça-feira o avião oficial da chanceler alemã. O Airbus A-340 foi obrigado a retornar e sobrevoar o espaço aéreo da Turquia até receber a permissão para atravessar o território do Irã, obtida com a ajuda da mediação turca. O episódio se transformou em um incidente diplomático entre os dois países. Em declarações à televisão estatal iraniana em inglês PressTV, Sheikhattar o diplomata negou que se tratasse de uma ação política e acusou a imprensa de exagerar "um fato normal" para criar divergências. "Quando perguntei às autoridades de aviação, me disseram que o sinal que os pilotos costumam dar às torres de controle como código de entrada [no espaço aéreo] foi errado. Deram o sinal de saída e, por isso, não puderam entrar", explicou. "Este tipo de incidente ocorre de vez em quando em muitos países." O diplomata disse ainda que o incidente foi solucionado em 20 minutos, versão que também sustenta o porta-voz da diplomacia iraniana, Ramin Mehmanparast. Berlim, no entanto, assegura que a aeronave teve que dar voltas em círculo durante duas horas no espaço aéreo turco antes de ser autorizada a prosseguir sua viagem para a Índia. Ontem, o ministro alemão das Relações Exteriores, Guido Westerwelle, considerou "absolutamente inaceitável" o episódio. "É uma falta de respeito com a Alemanha", lamentou em um comunicado. O avião da chefe do governo alemão, batizado como Konrad Adenauer em homenagem ao primeiro chanceler federal, cobria seu primeiro voo após ser reformado nas oficinas da companhia alemã Lufthansa em Hamburgo. Um segundo avião oficial alemão que transportava o restante da delegação alemã que participará da primeira cúpula entre Índia e Alemanha cruzou o espaço aéreo do Irã sem problemas --o que alimentou os rumores de uma retaliação à chanceler Merkel. FONTE: EFE

Escritor defende que internet deixa usuários mais distraídos

Como outras milhões de pessoas, o escritor norte-americano Nicholas Carr achou a sedução da internet difícil de resistir --até que ele notou que estava ficando cada vez mais difícil de se concentrar.
Ele demonstrou suas preocupações na dissertação de título "O Google está nos tornando estúpidos?". E, no seu último livro "The Shallows", Carr explora em profundidade a preocupação sobre o que a internet está fazendo com o nosso cérebro. "A sedução da tecnologia é difícil de resistir", diz o escritor. Mas ele acha que está na hora de começar, ao menos, a tentar. Em um discurso dado na semana passa no Fórum Digital de Seul e em uma entrevista com a France Presse, Carr falou novamente sobre suas preocupações sobre como as tecnologias têm afetado o jeito com que as pessoas pensam e sentem. Cada tecnologia que surgiu ao longo da história --como o mapa ou o relógio-- mudou o jeito como as pessoas pensam, mas Carr vê um perigo específico na internet. Enquanto a internet traz enormes benefícios ao trazer grandes quantidades de informação em alta velocidade, ela também distrai e encoraja mudanças rápidas de foco, segundo Carr. "Nós recebemos tanta informação, tão rápido, que estamos em um estado congnitivo constante de sobrecarga", diz o escritor. FONTE: FRANCE PRESSE

HP faz recall mundial de notebooks para reposição de baterias

A HP convoca nesta quarta-feira proprietários de alguns modelos de notebook HP/Compaq para a reposição das baterias. O recall mundial envolve computadores vendidos entre agosto de 2007 e julho de 2008. A empresa não soube informar quantos fazem parte da convocação.
Os modelos afetados são: HP Pavillion dv2000, dv2500, dv2700, dv6000 e dv6500, dv6700, dv9000, dv9500, dv9700, dx6000, dx6500 e dx6700; Compaq Presario A900, C700, F700, V3000, V3500, V3700, V6000, V6500 e V6700; HP Compaq: 6510b, 6515b, 6520s, 6710b, 6710s, 6715b, 6715s e 6720s; HP G6000 e G7000. Segundo a empresa, as baterias "podem superaquecer, provocando riscos de incêndio e queimaduras". A recomendação é de que o proprietário remova a bateria imediatamente e entre em contato com a HP. "Mesmo as baterias validadas anteriormente devem passar por nova validação", diz. Os donos dos notebooks devem acessar o www.hp.com.br ou ligar para (11) 4004-7751 ou 0800-709-7751 nas demais localidades 0800-709-7751. A empresa orienta a digitar "5" para programas especiais e, após isso, digitar o código "709" para direcionamento. Segundo o Procon-SP, ps consumidores que já passaram por algum acidente causado pelo defeito apontado poderão solicitar, por meio do Judiciário, reparação por danos morais e patrimoniais, eventualmente sofridos. "Caso o consumidor encontre dificuldade em efetuar os devidos reparos [falta de peças, demora na conclusão dos serviços, etc.] poderá procurar a Fundação Procon-SP", diz em nota. FONTE: FOLHA.COM

Alemanha registra 365 novos casos de contaminação por E.coli

O centro de controle de doenças da Alemanha registrou 365 novos casos de contaminação por Escherichia coli (E. coli) nesta quarta-feira, enquanto as autoridades lutam para desvendar a origem do surto de uma perigosa variante da bactéria.
E. coli é encontrada em grandes quantidades no sistema digestivo de humanos, vacas e outros mamíferos. Ela se propaga principalmente pela comida, pela água contaminada ou pelo contado com animais doentes e foi responsável por muitos casos de contaminação alimentar, mas na maioria dos casos causa dores estomacais não letais. Os sintomas típicos da infecção pela bactéria são febre moderada e vômito. Em alguns casos, há diarreia com sangue nas fezes. A maioria dos pacientes se recupera em cerca de sete dias. Um quarto dos novos casos na Alemanha envolve, contudo, pacientes com Síndrome Hemolítico-Urêmica (SHU), séria complicação causada por uma toxina produzida por uma variedade da E. coli. A toxina destrói as hemácias (células vermelhas do sangue) e provoca insuficiência renal. Nos casos mais severos, a síndrome provoca convulsões e problemas graves no sistema nervoso. Segundo o Instituto Robert Koch, agência nacional de saúde alemã, 470 pessoas sofrem da síndrome até esta quarta-feira. Na véspera, eram 373 casos. A Alemanha tem, em média, 50 a 60 casos de SHU por ano. Destas, quase cem pessoas sofrem sintomas graves e potencialmente fatais da doença. Além disso, 1.064 casos de contaminação por E.coli foram registrados desde o começo de maio na Alemanha. Na véspera, o saldo era de 796. A OMS (Organização Mundial de Saúde) disse que casos da doença foram registrados ainda na Áustria, Holanda, Dinamarca, Noruega, Espanha, Suécia, Suíça e Reino Unido. Apenas dois casos, contudo, são de pessoas que não estiveram no norte da Alemanha recentemente. Esta perigosa variante da E.coli foi responsável ainda pela morte de 15 pessoas na Alemanha e uma na Suécia. A ministra de Agricultura Ilse Aigner disse que os cientistas estão trabalhando sem folga para encontrar a fonte da doença, que teria se espalhado pelo continente em vegetais crus. "Centenas de testes foram feitos e as agências responsáveis determinaram que a maioria dos doentes comeram tomates, pepinos e alface e são do norte da Alemanha", disse Aigner. "Os Estados que conduziram testes precisam agora seguir o caminho [dos vegetais] para descobrir como os pepinos, tomates e alface chegaram aqui". CRISE DIPLOMÁTICA - A chamada crise do pepino resultou em uma crise diplomática para a Alemanha, acusada pela Espanha de se precipitar ao dizer que os pepinos espanhóis seriam a fonte primária da bactéria. Nesta quarta-feira, a ministra Aigner rejeitou as críticas de Madri de que o governo acusou falsamente os pepinos espanhóis de serem os responsáveis pelo surto, depois que alguns legumes testados deram positivo para E.coli. "Havia E. coli nos pepinos espanhóis", disse Aigner. "Portanto, pelas regulações europeias, um alerta rápido precisava ser emitido". Na véspera, Cornelia Prüfer-Storks, responsável pela secretaria de Saúde de Hamburgo, disse que um laboratório comprovou que o tipo de bactéria encontrado em dois pepinos espanhóis comercializados em Hamburgo não coincide com o tipo encontrado nos pacientes --uma variedade especialmente agressiva e resistente a antibióticos. Resta ainda avaliar os resultados em um pepino espanhol e um de origem desconhecida, também recolhidos no comércio de Hamburgo. Prüfer-Storks foi a primeira a acusar o legume espanhol de ter causado o pior surto da bactéria já visto na Alemanha. A Espanha alertou ontem que vai querer indenizações pelo alerta "precipitado e sem fundamento" diante de danos ao setor hortifrutigranjeiro espanhol que chegam a 200 milhões de euros, segundo cálculos dos produtores espanhóis. FONTE: AGENCIAS DE NOTICIAS

Polícia apura se ex-BBB foi morto em assalto ou por vingança

Imagens feitas por um cinegrafista amador mostram a chácara do ex-big brother André Luis Gusmão de Almeida, o Caubói, do BBB 9, morto pelas costas dentro da casa do caseiro em Aluminío, no interior de São Paulo, na madrugada desta quarta-feira (1º).
A delegada Luciane Regina Bachir Toledo e o investigador Marcelo Coutinho disseram na tarde desta quarta que a vítima levou um tiro na nuca e a bala ficou alojada sob a pele na região do crânio. O projétil deverá ser retirado pelo Instituto Médico-Legal (IML) de Sorocaba, onde o corpo do ex-BBB está, para que a perícia do Instituto de Criminalística (IC) possa tentar identificar de qual calibre de arma ele saiu. A investigação trabalha com duas hipóteses para explicar o assassinato do ex-BBB: que ele tenha sido morto durante um assalto ou por vingança. FONTE: G1

Nova regra para cartão de crédito começa a valer hoje

Começa a valer nesta quarta-feira (1º) as novas regras do Conselho Monetário Nacional (CMN) para os cartões de crédito. As administradoras vão ter de reduzir de cerca de 80 para cinco as tarifas cobradas sobre os novos cartões de crédito.
Também haverá aumento de 10% para 15% no pagamento mínimo do valor das faturas, subindo a 20% em 1º de dezembro deste ano. para pagamento de compras de bens e serviços, com anuidade mínima, e que deve ser oferecido por todos os bancos; e o cartão diferenciado, que pode ser associado a benefícios e recompensas como bônus e pode ter tarifas mais elevadas. As cinco tarifas que poderão ser cobradas em todos os cartões são anuidade, emissão de 2ª via, saques em dinheiro, pagamento de contas e pedido de aumento emergencial de limite de crédito. A mudança está na Resolução 3.919 do Conselho Monetário Nacional (CMN), que sintetizou sugestões de normatização resultantes de mais de dois anos de diagnóstico, apurado pelo BC e outras áreas do governo, em especial do sistema nacional de defesa do consumidor, vinculado ao Ministério da Justiça. FONTE: VALOR ONLINE